Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

VOCÊ SABIA?

VOCÊ SABIA?

image_icon_white: 
image_icon_pink: 
image_icon_green: 
image_icon_blue: 

Uma lista de inspiração de objetos e decoração para quem é apaixonada por flamingos

Depois da febre dos objetos de unicórnio, o bichinho decorativo da vez é o flamingo. A ave charmosa e cor-de-rosa aparece em itens que vão do papel de parede aos objetos de cozinha, trazendo um visual mais divertido para a casa. Separamos algumas fotos para você se inspirar!

 

Papel de parede ajuda a renovar a decoração do quarto ou sala

 

O papel de parede é uma ótima opção para quem deseja dar um novo visual às paredes, mas não quer gastar muito com tintas ou pagar alguém para pintar. O adesivo pode substituir a pintura e deixar o cômodo mais sofiscado.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Miller Homes UK (@millerhomesuk) em

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Walls By Me - Wallpapers (@wallsbyme) em

 

Para quem gosta da ideia de ter flamingos estampados na parede, fique sabendo que o estilo tropical está em alta e cai superbem para o quarto ou a sala.  

 

Louça de cozinha divertidas para amar cozinhar

 

Para quem curte uma decoração fun, a cozinha se tornou um ambiente com muitas oportunidades de fofurices. Utensílios coloridos, estampados e, principalmente, com formatos inusitados deram uma nova cara ao cômodo. Até quem não é muito íntimo das panelas agora pensa em decorar a cozinha e colocar a mão na massa.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Skinny Flamingo (@skinnyflamingos) em

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Shopping adviser  (@weshopwisely) em

 

Almofadas de flamingo para sofás escuros

 

Para quem preferir investir na decoração mais discreta também é possível encontrar almofadas com estampas de flamingos. O contraste da ave rosada com sofás em tons cinza e chumbo fica incrível.  

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Pink Lemonz (@pink__lemonz) em

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Pump Up Decor (@pumpupdecor) em

 

Tapetes estampados dão descontração para o ambiente

 

Não é porque ficam no chão a todo tempo que os tapetes de banheiro e cozinha precisam ser apagadinhos. Você pode investir em versões estampadas e dar um ar descontraído para a sua casa.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Wevans Store (@wevans_store) em

 

Agenda do cuidado próprio: veja dicas de como fazer um bem a você mesma cada dia da semana

Estudar para as provas, tentar dormir cedo, dar atenção para a família, ter a vida social em dias: às vezes, a gente só queria que o mundo parasse um pouco para relaxar. Atualmente, é comum perceber o desgastes da pessoas, principalmente porque acabamos esquecendo de cuidar de nós mesmas também. Que tal separar um espaço só para você na sua rotina? Pensando em um momento para cada dia da semana, fizemos uma listinha de dicas para você começar a praticar. Cuide-se!


 

Segunda-feira

 

O primeiro dia da semana pode, às vezes, não ser uma tarefa fácil. Você fica ali, querendo mais do final de semana, mas a rotina começou mais uma vez. Para equilibrar o corpo e mente, que tal fazer uma meditação? Existem diversas opções de exercícios que podem ajudar você a restabelecer as energias!

 

Terça-feira

 

Sim, ainda tem alguns dias pelo frente para o final de semana. Mas, isso não é desculpa para você ficar atolada de afazeres. Como já deve ter ouvido falar de muitos médicos, a atividade física é essencial para a sua saúde. Por isso, reserve um tempo do seu dia para praticar algo, seja uma simples corrida ou aula de dança. Mexer o corpo é cuidar de si!

 

Quarta-feira

 

Já é o meio da semana. Muitas pessoas já estão esgotadas nesse momento, mas você ainda tem dois dias pelo frente. Não é para se desesperar, ok? Pelo contrário, recarregue suas baterias. Deixe todos os problemas de lado e vá comer algo gostoso. É um pequeno mimo que faz toda a diferença no seu dia.

 

Quinta-feira

 

Atualmente, esse dia já é o início do final de semana. É quando tem as estreias no cinema, o pessoal se reúne para o happy hour e o pique para a sexta-feira é alto. E você pode aproveitar para o seu momento de beleza. Faça as unhas, uma hidratação no cabelo ou uma massagem, que podem ser em casa ou dando um pulinho no salão. Você vai se sentir renovada!

 

Sexta-feira

 

Sim, você cumpriu todos os afazeres e tarefas, chegou o último dia da semana. É comum que a gente já esteja com a cabeça lotada e o cansaço lá em cima. Esses e outros fatores são uma porta para o estresse e desânimo. Uma boa prática é anotar as coisas boas do seu dia, mesmo que pequenas. Se alguém te fez um elogio ou uma gentileza, se você passou um tempo ao lado daquela pessoa que te faz tão bem, se fez carinho no seu cachorro, são várias possibilidades. No final do dia, releia sobre cada experiência e deixe os pensamentos bons tomarem conta. O mundo é um lugar legal sim!

 

Sábado

 

Hoje em dia, todo mundo tem quase que uma necessidade de verificar as redes sociais. Porém, aquela pequena checada pode virar horas e acabar vendo algo que não faz tão bem para você. Pensando nisso, fica um desafio: um dia inteiro sem redes sociais. Que tal? É uma prática de desintoxicação e que vai fazer muito bem para você. Aproveite o dia livre de mil outras formas, pois você é a prioridade.

 

Domingo

 

Domingo sempre é associado àquela tristezinha que bate no fim do dia por lembrar que em poucas horas começa tudo outra vez. É a hora perfeita para você ficar com você mesma e curtir. Nada melhor do que uma pipoca e guloseimas. Para completar, dê um play em algum filme inspirador. Assim você vai começar a nova semana cheia de entusiasmo!

Levando o básico: como arrumar uma mala pequena para viagens curtas

Muita gente é apaixonada por viagem mas tem horror a um momento específico: a hora de arrumar a mala. Quando o passeio é mais longo e você pode levar uma quantidade maior de roupas ainda é um pouco mais fácil, mas a situação complica quando é preciso fazer uma mala para uma viagem mais curta, tipo em um feriado prolongado ou uma viagem de uma semaninha. Afinal, como saber o que você vai precisar usar no momento, né? Se identificou? Então dá uma olhada nas nossas dicas de como arrumar uma mala pequena para esse tipo de viagem!


Faça uma lista do que precisa levar

 

Antes de começar a realmente fazer a mala, monte uma lista dos itens que você não pode deixar de levar para essa viagem. Isso pode parecer bobo, mas é importante planejar antes de sair colocando as roupas na bolsa sem pensar direito. Além disso, com uma lista é mais difícil que você esqueça alguma peça importante! O número de dias que você vai passar fora deve ser levado em conta nesse momento. Também vale pensar se você vai ter algum evento especial nessa viagem, se precisa de roupas mais arrumadas ou não.




 

Pesquise a previsão do tempo

 

Outro fator essencial nesse momento é dar uma conferida na previsão do tempo antes de escolher o que levar. Assim, você garante que estará levando roupas adequadas para o clima do lugar, e evita o problema de acabar levando várias opções e tendo que repetir a mesma - a única adequada para a temperatura. Muitas vezes, vamos para um lugar de praia e pensamos em levar apenas biquíni e shortinho, mas ao chegar lá descobrimos que à noite faz um vento muito frio, ou pior, que a previsão é de chuva. O mesmo vale ao contrário! Apesar das nossas expectativas, é melhor estar sempre pronta para encarar a realidade.



 

Prefira peças mais básicas

 

Na hora de pensar nos looks da viagem, é uma boa dar preferência às peças mais básicas, que combinam com mais opções. Além disso, invista em roupas que combinem entre si, para que você possa variar nas produções. Peças muito estampadas podem ser mais complicadas, então é melhor deixá-las de lado nesse momento - a não ser que seja uma roupa que você goste muito e faça questão de usar! Os sapatos então, é fundamental que sejam realmente itens curingas, que fiquem bem com quase tudo, dessa forma você não precisa levar muitas opções.




 

Separe tudo antes de colocar na mala

 

Uma dica na hora de colocar as roupas na mala é não ir enfiando todas de uma vez. Primeiro, separe tudo o que você precisa em cima da cama ou de uma mesa. Dessa forma, você consegue ter um olhar geral sobre tudo, pensar combinações, enxergar se está exagerando na quantidade de alguma peça… Quando tiver tudo pronto, aí sim é o momento de colocar tudo organizadinho na sua mala.




 

Enrole as roupas

 

Como podemos perceber, o planejamento é a parte mais importante do processo de arrumação. Agora finalmente chegou a hora de colocar tudo na mala! A maioria das roupas, como blusas, calças e vestidos, podem ser enroladas de forma que ocupem menos volume. Para os ítens de higiene, é sempre bom ter uma necessaire pequena reservada para levar esses itens. Os sapatos podem ser colocados dentro de saquinhos e posicionados em algum cantinho estratégico da mala. A dica é aproveitar todos os espaços.

 

Agora que você já sabe o que fazer, é só colocar na mala todos os itens essenciais e partir para a viagem!


 

Diário em tópicos: veja o que é e como fazer o famoso bullet journal

Tem gente que ama se organizar, fazer listas, escrever diários e andar com uma agendinha sempre na bolsa. Hoje em dia, muitos aplicativos já podem ajudar nessa tarefa, mas muitas pessoas ainda preferem a tradicional escrita à mão. Se você se encaixa nesse grupo, e principalmente se ama coisinhas de papelaria, você precisa experimentar o bullet journal! Ele funciona como uma mistura de agenda, listas de tarefas e diário, e já conquistou muitas pessoas. Entenda do que se trata e aprenda como começar a fazer o seu!

 

Para que serve o bullet journal?

 

O bullet journal também pode ser chamado de diário de tópicos, e serve não só para programar os planos futuros, mas também para organizar o presente e servir como um lugar de consulta sobre o passado. Ele é ideal também para quem costuma escrever várias listas, que acabam se perdendo em meio a tantos cadernos e blocos de notas no computador e celular. Nele você pode reunir anotações de compromissos importantes, tarefas do trabalho, planos de próximas viagens, controlar o seu orçamento, anotar filmes e livros que você quer assistir… A utilidade dele vai depender da sua vontade, e deve se adequar às suas necessidades.  

 

Saiba quais são os materiais necessários

 

A primeira coisa que você precisa para começar o seu bullet journal é um caderno. Ele não pode ser muito grande, porque você vai andar sempre com ele, mas também não muito pequeno, senão pode ficar desorganizado. O tipo de pauta também é uma decisão a ser tomada. Para quem está fazendo este diário pela primeira vez, é melhor apostar no caderno com pauta, que fica mais fácil para se orientar na hora de escrever. Ele pode ser quadriculado, com linhas retas, ou ainda do tipo pontilhado. Além disso, você vai precisar também de canetas coloridas ou marcadores de texto, que vão servir para organizar por cores. Post-it também podem ser usados!

 

Fazendo bullet journal

 

Agora que você já tem um caderno e canetas, está na hora de começar o trabalho. A primeira coisa que deve ser feita é uma espécie de sumário, aonde você vai anotando ao longo do tempo o número das páginas em que cada lista ou calendário vai ficar. Não esqueça que todas as páginas devem ser numeradas! Depois disso, você pode criar uma página com a legenda dos símbolos. Por exemplo, um círculo pequeno pode significar “tarefas a cumprir”, e um “x” marcar as tarefas que já foram feitas.

 

Agora chegou o momento de decidir as divisões que você vai usar no seu bullet journal. É interessante ter um calendário anual, para grandes eventos, um calendário mensal e uma lista de tarefas de cada mês. Depois, você pode também fazer um calendário semanal, e detalhar nele as tarefas e anotações de cada dia. Outro calendário muito comum é o de “hábitos”, no qual você pode montar o seu mês e usar cores diferentes para marcar em quais dias você foi na academia, leu um livro, saiu com os amigos… O que você quiser! Isso serve para você ter acesso aos seus hábitos de forma organizada, e saber caso precise mudá-los. Além disso, você ainda pode criar páginas para qualquer assunto que quiser, como lista de séries para assistir, lugares para conhecer…

 

Não é tão difícil assim!

 

Por mais que o diário em tópicos possa parecer um pouco complicado, ele não precisa ser assim! Você não precisa começar com nada muito elaborado ou cheio de desenhos, e o tempo que vai gastar com ele só depende de você. Ele não deve ser uma complicação na sua vida, mas sim o jeito de deixá-la mais prática e organizada!

 

Novidades na área: uma playlist com os melhores lançamentos musicais do primeiro semestre

Não há dúvidas de que uma música pode transformar seu dia. E, por isso, se pudéssemos estaríamos sempre com os fones nos ouvidos ou colocando o som no último volume no quarto. O bom é ser eclético, ouvir das mais antigas às mais novas, nacionais e internacionais. São diversos artistas e novidades para nossa playlist. Por isso, fizemos uma lista de top lançamentos até agora em 2018. Ainda temos muitos meses pela frente, mas já podemos relembrar quais músicas ganharam nossos corações até aqui.


1) O Sol - Vitor Kley

 

A música que dominou os rádios no primeiro semestre de 2018. É só andar pela rua que logo encontra alguém cantarolando a canção de Vitor Kley ou tocando em algum lugar. O jovem artista bombou no Brasil e alcançou seu primeiro hit. Ouça e não pare mais, a vontade de cantar é garantida.

 



 

2) Pantera Negra - Emicida

 

Emicida se tornou um dos principais nomes da música brasileira. E isso não é à toa. Suas músicas sempre atingem o topo das listas, como “Pantera Negra”. No início do ano com o lançamento do filme da Marvel de mesmo nome, o rapper fez uma letra falando da sua visão sobre o herói. Para completar, tem várias referências dos quadrinhos.

 



 

3) God’s Plan - Drake

 

Um dos álbuns de maior sucesso, Drake traz sua melhor música. A canção é de um rap pesado e conquista qualquer ouvido. O hit já é, com certeza, um dos melhores do ano. Além de contar com um clipe incrível, ninguém consegue parar de ouvir.

 



 

4) Ginga - IZA

 

A rainha nos presenteia com mais uma canção maravilhosa! Após explodir com “Pesadão”, IZA lançou um hit que não para de tocar, além de fazer parte da trilha sonora da novela “Segundo Sol”. Dá um play, entra na roda e ginga!

 



 

5) This Is America - Childish Gambino

 

Impossível não estar nessa lista. A canção conquista mais fãs a cada dia, tanto pelo seu ritmo como pelo clipe. O sucesso da música pode entrar como uma marca de 2018, especialmente por ter instigado discussões e teorias sobre o racismo nos EUA. A arte está aí para isso!
 



 

6) Fake Love - BTS

 

O sucesso do k-pop nesse lado do oceano não é uma novidade. Com diversos hits já nos favoritos da playlist, a banda BTS traz mais uma canção. Após dominar a Billboard, chegou a hora de dar uma chance para o novo estilo.

 



 

7) Fica Tudo Bem - Silva e Anitta

 

A cantora se arrisca em mais um projeto diferente, e deu super certo! A parceria com Silva, em seu novo álbum, traz uma música de amor muito contagiante. Para muitas, a canção consegue misturar bossa nova e pós-modernidade. Não deixe de conferir!

 

Desapega! Veja 4 dicas para saber o que eliminar ou manter no seu guarda-roupa

Quem nunca abriu o armário lotado e disse que não tem o que vestir? Essa é a realidade da maioria das garotas. E, para completar, quando vai ao shopping, adora sair com mais uma sacolinha. Entretanto, as reflexões sobre esse assunto estão trazendo mudanças para esse comportamento. Seja pela preocupação com o meio ambiente ou consumo, a prática do desapego está ganhando cada vez mais adeptas. Chegou a sua hora! Abra o armário, tire o que não usa e repense sobre o que deixar. Para dar uma ajuda, veja as dicas que o Só Delas separou!

 

Não serve mais: está fora!

 

Todo mundo tem aquela calça dentro do armário que não serve mais. Porém, você ainda mantém ali acreditando que um dia vai entrar novamente. Chegou a hora de tirar essa peça de vista. Além dessa, experimente de novo suas roupas, veja aquelas que são realmente confortáveis e estão cabendo. O restante? É o momento de achar um novo destino para elas. Pode ser doando ou fazendo um bazar com as amigas.




 

Peça estragada?

 

Sapato sem sola, blusa com furo, calça com zíper quebrado. É comum você acabar aguardando essas peças e promoter que um dia vai arrumá-lo. No entanto, é melhor tentar outra solução. Tire do seu armário as peças que estão danificadas (lembre-se que doar peças ruins não é legal) ou que perderam a utilidade. Para se desfazer delas, você pode optar por locais que fazem a reciclagem dos tecidos ou dar uma nova tarefa a ela, como transformar blusas velhas em panos de chão.




 

Nada a ver com o seu estilo

 

Quando a gente faz aquela limpa no armário, sempre achamos aquelas peças escondidas que já temos há anos. E, para completar, nem pensamos em usar mais. Até porque, com o passar do tempo, seu estilo e preferências mudam, assim como a moda se transforma a todo momento. Por isso, não adianta mais guardar, mesmo que seja por um apego emocional. Desapega e renove-se! Até porque, essas peças podem encontrar pessoas que combinem mais. Passe para frente e dê vida nova a elas!




 

Ainda é válido manter no guarda-roupa

 

Ela pode não ser tão nova assim, mas ainda é aquela roupa que você gosta e está sempre usando. As peças que você pode manter no armário ainda devem ser aquelas que, principalmente, cabem em você, são confortáveis, tem um caimento que dá aquela valorizada e estão em bom estado. Está liberado deixar essas queridinhas e sair por aí desfilando com elas!


O que fazer quando todas as suas cartas de amor são reveladas? "Para todos os garotos que já amei" estreia na Netflix

Toda menina poderia fazer uma lista de todos os garotos que já gostou. Mas, não são todas as vezes em que eles acabam sabendo sobre esses sentimentos. Para Lara Jean, a solução para colocar tudo de seu coração para fora era escrever cartas secretas de amor. No entanto, seus desabafos escritos acabam tomando o caminho que ela nunca imaginou: chegar às mãos desses garotos. Quer saber mais sobre essa confusão? O filme “Para Todos os Garotos que Já Amei” estreia dia 17 na Netflix. Você não pode perder e o Só Delas veio te deixar ainda mais ansiosa.




 

Às vezes, alguns segredos são descobertos

 

Com certeza, os roteiros que criamos em nossas cabeças sobre nossas vidas são muito melhores do que a realidade. E era assim que Lara Jean lidava com uma parte de sua vida: a amorosa. A personagem revela todos seus sentimentos através de cartas, que nunca foram enviadas (obviamente). São cinco ao todo: Peter, o garoto mais popular da escola; Josh, vizinho e ex da irmã mais velha; John Ambrose, amigo de infância; Lucas, que, na verdade, é gay; e Kenny, o garoto do acampamento. Entretanto, para a surpresa (e desespero) de Lara Jean, as cartas são enviadas aos seus destinatários. Agora, a jovem precisa lidar com essas grandes revelações e planejar um bom plano para sair disso. A solução? Um namoro de mentira com Peter. Mas, pode não dar tão certo quanto o planejado.

 

 

E tudo começou com uma coleção de livros

 

“Para Todos os Garotos que Já Amei” é o primeiro livro da coleção escrita por Jenny Han. “Ps. Ainda Amo Você” e “Agora e Para Sempre Lara Jean” são os outros dois que completam a história. As obras conseguiram o posto de best-sellers na lista do The New York Times. A popularidade e legião de fãs pela série pode ser relacionada com a personagem principal. Lara Jean é uma jovem como nós, cheia de inseguranças, crushes secretos e vida no ensino médio. Para completar, ela ainda tem que administrar sua relação com as duas irmãs, já que é a filha do meio. Nada diferente da vida de qualquer uma. E, por isso, entendemos bem os desejos e frustrações dela. Além disso, depois da notícia do envio das cartas, a gente precisa saber o que vai acontecer.
 

 

Mesmo com toda as confusões adolescentes, lembre sempre da família

 

Lara Jean vive com suas duas irmãs e seu pai. E a relação deles é um ponto fundamental na história. Principalmente após a morte da mãe, a família ficou ainda mais próxima. Não tem nada de relacionamentos de filmes, pelo contrário, você vai se identificar com diversas cenas entre eles (são bem realistas!). A caixa onde Lara Jean guarda as cartas foi um presente de sua mãe, mas isso não é a única maneira que elas ainda são ligadas. O pai faz questão de manter a cultura coreana ainda viva dentro de casa, para manter a memória e raízes da esposa. São comidas típicas e contato com os parentes que fazem o carinho entre eles crescer ainda mais. E nessa confusão toda do envio das cartas, já é de se esperar o envolvimento desses personagens e tentativa de ajudar Lara Jean. Basta saber como isso vai acontecer. Não deixe de assistir no dia 17, prepare a pipoca e a panela de brigadeiro!

4 youtubers cacheadas que são pura inspiração para você seguir agora

Por muito tempo os cabelos lisos foram vistos como padrão quase absoluto de beleza no nosso país. Recentemente esse conceito vem mudando, e cada vez mais mulheres brasileiras estão assumindo seus cachos. E cabelos cacheados exigem cuidados especiais... Algumas dicas são investir em produtos específicos, e conhecer bem qual o seu tipo de cacho. Se você está procurando inspiração para o seu, confira essa lista de youtubers cacheadas que nós separamos para você. Transição capilar, big chop, penteados e empoderamento são alguns dos assuntos tratados por elas!


 

1) Mari Morena

 

Mari Morena é uma das youtubers que vai trazer muita inspiração para as cacheadas! Seu canal fala não só de beleza, mas também de autoestima, feminismo, veganismo, sexualidade, moda e, principalmente, cabelo. A estudante de cinema traz dicas para cuidar dos cachos, como ensinar a secá-los no frio, e como fazer chapinha sem danificar o cabelo cacheado, por exemplo. Outros assuntos muito abordados em seus vídeos são o No Poo e Low Poo, que são métodos de lavagem capilar, além de receitinhas veganas! Mari posta vídeos no canal três vezes por semana: quartas, sábados e domingos.

 



 

2) Ana Lídia Lopes

 

Ana tem apenas 19 anos e mora em Unaí, Minas Gerais. No seu canal Apenas Ana, ela fala sobre beleza, comportamento, lifestyle e muita diversão! Depois de anos tentando esconder as raízes, ela resolveu iniciar a transição em 2014 e criou o projeto #VoltandoAosCachos, inspirando muitas meninas que começaram a também assumir seus cachos. E o sucesso continua até hoje! Ela também sobe vídeos três vezes por semana.

 



 

3) Jessica Andrade

 

A mineira Jessica mora atualmente em São Paulo e dá muitas dicas de beleza em seu site, principalmente sobre como cuidar dos cachos! Com o seu bordão “Oi gentêêêê!” ela começa todos os vídeos com muita animação, sempre buscando trabalhar o empoderamento das mulheres com vídeos toda terça e quinta. Uma novidade é que recentemente a Jessica ficou loira, por isso dá dicas de como cuidar do cabelo loiro tingido sem perder os cachos!

 



 

4) Gill Vianna

 

A maranhense Gill Vianna traz dicas para os cabelos crespos e cacheados. Seu canal começou com ela dando conselhos sobre o assunto para seu grupo de amigas. O sucesso foi tanto que ela resolveu expandir e inspirar outras meninas com seus conhecimentos sobre o assunto. Além de youtuber e blogueira, Gill atualmente é embaixadora de cosméticos e faz parcerias com diversas marcas. Ela busca, com seus vídeos, quebrar os padrões de beleza e inspirar mulheres. Ao contrário da maioria das brasileiras, ela diz sempre ter amado seus cachos e nunca ter usado químicas para alisar os fios! Outra curiosidade é que ela também tem vídeos com dicas voltadas especialmente para crianças com cachos.

 

O que é sororidade e como ela pode ser empregada no seu dia a dia?

Você pratica sororidade no dia a dia? A palavra é nova, sequer existe no dicionário português para se ter ideia, mas é mais fácil do que parece e faz um bem danado às mulheres. A ideia de que elas são rivais já é coisa do passado, e esse termo veio para ajudar a entender e identificar esse comportamento na sociedade. Sororidade, em resumo, é a união das mulheres em diferentes esferas da vida. É ter empatia e estender a mão para ajudar sempre que uma delas precisar. É algo que devemos praticar todos os dias!


O que é sororidade?

 

Segundo a definição do dicionário informal, sororidade é “a união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum”. E não há dúvidas de como esse conceito está ligado ao feminismo, que defende que mulheres e homens tenham os mesmos direitos. A procura por “o que é sororidade?” foi uma das mais buscadas no Google em 2017. A parte positiva dessa informação é a gente perceber como estamos caminhando juntas e que as pessoas estão buscando um mundo com mais empatia e igualdade.

 

Juntas somos mais fortes

 

Em uma sociedade construída e ainda marcada pelos fortes traços de machismo, patriarcado e capitalismo, é comum que a criação feminina seja caracterizada por formular uma rivalidade entre as mulheres. É só observar os padrões de beleza criados ou as necessidades de bens materiais para fazer parte de um grupo. Por isso, muito do olhar carinhoso e empático pela outra pode acabar se perdendo nesse caminho. Mas, entender sobre sororidade é um passo para fazer essa mudança. Afinal, é criando laços e sendo unidas que vamos conseguir alcançar nossos objetivos comuns. Girl power, certo?

 

Comece a praticar no seu dia a dia

 

Sororidade é um grande pontapé para uma transformação na realidade. E então, chegou a hora de implementar e praticar esse conceito. Sabe aquela olhada de rabo de olho? Ou aqueles julgamentos que surgem na cabeça? Pois é, são ações comuns entre as mulheres na sociedade. Para fortalecer o feminino, é preciso mudar cada uma dessas práticas.

 

Em vez  de criticar o peso da amiga ou desejar coisas ruins para a atual do seu ex, é a hora de você se colocar no lugar delas (empatia lembra?) e enxergá-las como iguais. Assim, você pratica algo bom em troca. E lembre-se, o bem sempre volta para você de forma melhor ainda! Cada uma é um elo e, juntas, fazemos a diferença. Procure elogiar mais as mulheres que te cercam, abra um sorriso para uma desconhecida na rua e não julgue o estilo ou físico de alguém. A sororidade é fundamental e precisa ser rotina nos dias atuais!

4 séries que ninguém comenta mas que valem a pena assistir

Quando você conversa sobre séries entre seus amigos não aguenta mais ouvir falar das mesmas? Sem contar que sempre fica com a sensação de que já assistiu tudo que poderia e agora te faltam opções? Calma, que tal pesquisar um pouquinho mais? Existem muitas produções de alto nível, com tramas envolventes e personagens que tiram seu fôlego, mas que a gente nem ouve falar, ficando um pouco fora dos holofotes. Por isso, o Só Delas reuniu 4 dicas de séries que merecem agora a sua atenção. Veja por qual delas você vai se viciar!


 

Miss Fisher’s Murder Mysteries (2012)

 

A série australiana é baseada nos 18 livros da série “The Phryne Fisher Murder Mystery Series”. A personagem principal é Phryne Fisher, uma mulher moderna que trabalha como dama-detetive, investigando e solucionando crimes na cidade de Melbourne. A série se passa na década de 20, que foi marcada pelas tragédias da Primeira Guerra Mundial e entrada das mulheres com mais participação na sociedade. À frente de seu tempo, Phryne estudou na Inglaterra, sabe pilotar aviões, dirigir e optou por não se casar (prepare-se para os romances).

 



 

Penny Dreadful (2014)

 

Se você é fã de ficção e personagens do mundo obscuro, pode dar um play. A série mistura terror e fantasia, entrelaçando histórias de literatura clássica, como Frankestein, Drácula e Dorian Grey, com seres místicos e lendas urbanas, como Jack Estripador. No meio da Inglaterra moderna, somos apresentados a essas aventuras protagonizadas pela dupla Sir Malcolm Murray e Vanessa Ives, que começam investigando o desaparecimento da filha de Malcolm, sequestrada por um sobrenatural. O nome da produção é uma referência às publicações de ficção e terror vendidas por centavos nas ruas inglesas no século XIX.

 



 

The Knick (2014)

 

Não poderia faltar uma série médica nessa lista. Nada dos clássicos “Grey’s Anatomy” e “House”, mas conheça o Dr. John W. Thackery (interpretado pelo muso Clive Owen <3) e os funcionários do Hospital Knickerbocker, conhecido como The Knick, em Nova York. Por se passar no início do século XX, a série mostra a luta das limitações médicas da época, tanto de conhecimento quanto da prática, e tentativa de solucionar a alta taxa de mortalidade. Enquanto o personagem principal lida com seus problemas pessoais de vício em cocaína e ópio, o companheiro de trabalho Dr. Algernon Edwards precisa batalhar para ter seu espaço e renome como um profissional negro dentro dessa sociedade racista.

 



 

The Newsroom (2012)

 

Quando a gente pensa em HBO logo relacionamos com a premiada “Game of Thrones”. No entanto, o canal também possui produções maravilhosas e mais escondidinhas. A série mostra um programa de produção jornalística para a TV, tratando a questão da transformação do mundo de notícias. Na história, você acompanha os bastidores do canal fictício, com as coberturas e problemas diários. Nos dias atuais, principalmente com o “boom” das redes sociais, a produção consegue trazer reflexões importantes sobre a mídia televisiva.

 

Pages

Latest News

  • Colocando DIU pela primeira vez? Tudo o que você precisa saber sobre esse dispositivo
    Está pensando em escolher o DIU como método contraceptivo? Antes da decisão é importante...
  • Menstruação de um jeito descomplicado: tudo o que você precisa saber sobre o sangramento
    O assunto menstruação é algo presente na vida de toda menina. Após a menarca, você...
  • Protetor diário e absorvente são a mesma coisa? Entenda as diferenças e saiba quando usar...
    O protetor diário e o absorvente externo são dois produtos que acompanham as mulheres...
  • Como é seu humor na TPM?
    Quando a TPM chega, como você geralmente fica?
  • Período fértil e ovulação são a mesma coisa? Entenda cada fase do seu ciclo menstrual
    Quando o assunto é ciclo menstrual, muitas garotas percebem que ainda possuem muitas...
  • Desenvolvimento de mamas: até qual idade isso acontece?
    A puberdade é um período marcado pelas mudanças no corpo dos jovens, tanto psicológicas...
  • Vomitar após tomar pílula anticoncepcional pode anular seu efeito?
    Há dias em que a gente não está se sentindo muito bem e o estômago fica embrulhado,...
  • Um guia completo sobre pílula anticoncepcional. Tire todas as suas dúvidas
    Não é uma novidade que a pílula anticoncepcional é um dos métodos mais populares. Desde...
  • O DIU precisa de uma manutenção após inserido no útero?
    Você já sabe que a camisinha é indispensável para as relações sexuais, especialmente por...
  • Cortes de cabelo com franja curta: todo mundo pode apostar nessa tendência!
    Entra ano e sai ano e as franjas continuam em alta. E o motivo é bem simples: elas deixam...
  • É possível menstruar sem ter ovulação?
    A menstruação é o marco do fim da puberdade para as garotas. E então, diversos novos...