Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

PRIMEIRA VEZ

PRIMEIRA VEZ

image_icon_white: 
image_icon_pink: 
image_icon_green: 
image_icon_blue: 

Que tipo de lugar escolher para um date com o carinha do Tinder?

Você finalmente conhece um cara super legal no Tinder, conversaram durante semanas… Até que finalmente combinam de sair. E agora, para onde ir? A escolha do lugar ideal pode ser bem importante para que esse date seja um sucesso! Se você ainda não conheceu ele pessoalmente, uma dica é escolher lugares públicos, com outras pessoas presentes. Muitas são as opções, e elas vão depender principalmente do gosto de vocês. Para te ajudar nesse momento, o Só Delas preparou algumas sugestões, confira!


 

Barzinho: descontraído e animado

 

Se vocês querem conversar bastante e conhecer um ao outro, um bar pode ser um lugar ideal. Sabe aqueles barzinhos mais sofisticados, mas que não chegam a ser um restaurante? Com certeza vai causar uma boa impressão, além de ser um ambiente descontraído e animado. Uma bebida e um bom petisco serão companhias perfeitas para esse primeiro contato com o boy!

 

Cinema: um programa mais romântico

 

Ir ao cinema pode ser uma ótima opção para o primeiro encontro com o carinha que você conheceu pelo aplicativo. Depois, vocês podem ir para algum lugar conversar e se conhecerem melhor. Além de ser um programa super romântico, com o escurinho e o barulho da pipoca ao fundo, depois do filme vocês não terão problemas em arranjar assunto, já que poderão discutir o que assistiram. O tipo de filme ideal vai depender do gosto dos dois. Uma comédia romântica pode ser um clichê, mas tem como ponto positivo o fato de que provavelmente não deixará ninguém decepcionado. Outra alternativa são os filmes de terror ou suspense, se preferirem um pouco mais de emoção! O local é perfeito para dar uns beijos, se você quiser. Caso contrário, não tem mistério, é só deixar claro que quer prestar atenção no filme.

 

Restaurante: garante um bom papo

 

Nada mais romântico do que sair para jantar a dois! Mas almoçar também pode ser uma boa escolha. Um restaurante temático, como de comida japonesa ou italiana, por exemplo, são ótimos para a ocasião. Mas não esqueça de conferir se ele também gosta desse tipo de prato! Além disso, escolha um lugar que não tenha uma fila muito grande, pode ser uma situação chata precisar ficar esperando por muito tempo. O ambiente do restaurante também é muito importante nessa decisão, escolha um com o clima agradável e de preferência mais íntimo, para que vocês consigam conversar sem problemas.
 

Pontos turísticos: conheçam juntos a cidade
 

Que tal dar uma de turista? Vocês podem ir a museus, lugares ao ar livre, parques, praias, ou qualquer outro local famoso em sua cidade. Uma ideia é escolher um ponto que algum dos dois nunca tenha ido! Com uma paisagem bonita e um clima agradável, será um ótimo passeio! Só tome cuidado para não ir em dias e horários que esteja muito lotado! Também não é bom escolher locais muito afastados, o trajeto demorado pode ser um pouco chato.

5 coisas que acabam com as chances de um segundo encontro

Vocês passaram algum tempo se comunicando pelas redes sociais, curtindo a foto um do outro, trocando mensagens diariamente (e várias vezes ao dia), até que enfim rolou o convite para um encontro. O momento é marcado por aquele friozinho na barriga, afinal, será que vocês vão se dar tão bem assim? Mas é importante lembrar que essa também é a hora de conhecer melhor o boy e tentar descobrir se é uma relação que possa ter futuro e vale a pena investir. No entanto, algumas vezes isso pode não sair como o planejado. Para ajudar você a analisar as situações, o Só Delas separou cinco coisas que acabam com as chances de um segundo encontro.

 

Quando o cara só sabe falar sobre a ex

 

É a primeira saída como um casal, e não adianta, todas ficam loucas para saber mais sobre o cara e querendo também falar sobre si. E quando nada disso rola? O tempo todo em que vocês estiveram juntos, o assunto só foi sobre a ex. Ele explicou, contou, relatou cada defeito e momento ruim com a garota. Sabendo ou não quem é a ex, você não é obrigada a ficar ouvindo esse discurso. Dessa forma ele só mostra falta de respeito com ela - e com você também. Se isso aconteceu no primeiro encontro, existe uma boa probabilidade de não ter um segundo.

 

Quando ele só sabe falar de si mesmo

 

Talvez a ex não seja a pauta preferida dele, mas em compensação o boy só enxerga o próprio umbigo. Infelizmente, existem aquelas pessoas que o ego não cabe dentro do restaurante (ninguém merece). Você se arrumou, ficou ansiosa e animada para chegar o momento e ele só sabe falar de si mesmo. Um relacionamento bom e saudável é aquele em que o casal compartilha coisas e sabe escutar. Quando começou assim com o pé esquerdo, é bom nem esperar os próximos capítulos.

 

Quando você descobre que ele é machista

 

Montar todo o roteiro de conversas na sua cabeça e contar cada segundo pelo date, todo mundo já passou por esse momento. Mas então, tudo vem por água abaixo quando você percebe um defeito (ENORME): ele é machista. Assim como todas as mulheres, você merece respeito e tem seus direitos (século XXI já). Caso o cara seja desse grupo, não pense duas vezes, bola para frente e deixe ele falando sozinho (é furada, corre).

 

Quando ele destrata alguém na sua frente

 

Chegou o dia do encontro e você toda animada para sair pela primeira vez com o possível futuro amorzinho. Acaba que não acontece bem como era o esperado. Sabe aquela famosa frase de mãe: ninguém é superior a ninguém. Existem boys que podem não ter absorvido isso direito. Geralmente, você logo percebe isso na maneira que ele trata outra pessoa, pode ser o garçom ou porteiro, por exemplo. Falta de educação e respeito não dá né? Pode dar bye bye e mandar energia para ele conseguir evoluir para ser um humano melhor.

 

Quando o cara te interrompe em todos os assuntos

 

Além de querer saber muito mais sobre ele, o primeiro encontro é o momento de você fazer um pouco de propaganda para o seu lado. Não é para inventar nada, seja você mesma e, acima de tudo, sinceridade sempre. No entanto, ele não deixou você completar quase nenhuma frase. Com certeza, isso é um sinal de que está perdendo vários pontos e ele não verá você novamente.

5 situações que toda menina passa quando se apaixona pela primeira vez

Todo mundo vai se apaixonar alguma vez na vida. Mas dizem que do primeiro amor a gente nunca esquece… A sensação de querer estar com a pessoa o tempo todo e o frio na barriga são clássicos de quando se apaixona pela primeira vez. A escola, os trabalhos, ou qualquer parte chata do seu dia passam a fazer menos diferença. Você anda com um sorriso no rosto o tempo todo e está sempre de bom humor. Se identificou? O Só Delas listou 5 situações que toda menina já passou nesse momento!

 

1 - Fala pelo Whatsapp 24 horas por dia

 

Mesmo que vocês tenham se visto recentemente, assim que se separam já começam a mandar mensagens um para o outro. Avisam sobre todos os passos do dia e conversam o tempo todos sem que o assunto acabe. Se ele demora mais de 5 minutos para visualizar, você já se desespera! “Será que aconteceu alguma coisa?” Não é que você queira controlar a vida dele, é que você está apaixonada e não para de pensar nisso 24 horas por dia.



 

2) Manda cartinhas românticas sem motivo especial

 

Quando você se apaixona pela primeira vez, não sabe o que fazer com esse sentimento e precisa colocar ele para fora. Começam então as cartinhas de amor, declarações e presentes românticos, mesmo sem nenhuma data comemorativa específica. É claro que as palavras de amor vêm acompanhadas de corações e fotos dos melhores momentos dos dois juntos. Hoje em dia, as cartinhas podem ser substituídas também por mensagens românticas e declarações nas redes sociais.





 

3) Faz muitos planos sobre o futuro juntos

 

Vocês podem se conhecer há pouco tempo, mas você já tem planos para os anos futuros juntos. Começa planejando passar o Natal e Ano Novo, depois pensa naquela viagem romântica de férias… Quando vê, você já está planejando o casamento e já sabe até os nomes dos seus filhos. Vamos com calma! Planejar é bom, mas é melhor não criar expectativas tão altas e aproveitar para viver o momento.





 

4) Quer estar junto o tempo todo

 

Quando estamos apaixonados, a vontade de estar com a pessoa querida é enorme. Principalmente quando estamos passando por essa situação pela primeira vez, e os sentimentos são todos novos e intensos. Os dois passam a maior parte do tempo possível juntos, e só se desgrudam quando é extremamente necessário. Um está sempre na casa do outro e quando seus amigos não te encontram já imaginam onde deve estar. Mas atenção! Não esqueça que cada um de vocês tem suas responsabilidades, além de seus próprios gostos e amigos. É muito bom estar com quem a gente gosta, mas cuidado para não viver a vida do outro e esquecer da sua!



 

5) Acha que nunca mais vai gostar de alguém assim

 

A situação mais clássica na primeira paixão é acreditar que vai ser para sempre. Você acha aquela pessoa incrível e não consegue mais imaginar sua vida sem ela. Por mais que isso realmente possa acontecer, não necessariamente vai ser assim. Se os dois terminam, você pensa que sua vida nunca mais será a mesma, e que nunca vai se apaixonar de novo. Relaxa! Todo mundo passa por isso na sua primeira paixão. Mas tenha certeza de que outras ainda estão por vir, e podem ser ainda melhores!



Cometeu algum erro no trabalho? Saiba como sair dessa situação

Ter uma boa relação com seu chefe e colegas é fundamental para a sua carreira profissional. E quando você comete um erro, o que fazer? Essa é uma situação comum, que acontece com todo mundo pelo menos uma vez na vida. Afinal, ninguém é perfeito né? Saber como sair dessa situação da melhor forma é o mais importante. Existem maneiras de minimizar as consequências dessa falha e evitar que sua imagem profissional seja abalada. Veja as dicas que o Só Delas preparou para te ajudar a lidar com esse momento de crise!


 

1 - Avalie a situação

 

Primeiro pense qual é a dimensão do erro cometido. É importante avaliar quais as possíveis consequências que ele pode trazer para seu trabalho, ou se pode ser solucionado rapidamente. Seja qual for a resposta, mantenha a calma e pense com cuidado, mas não demore.

 

2 - Conte a verdade

 

A melhor saída possível é contar a verdade e explicar a situação para seu superior. É importante esclarecer o contexto em que aconteceu, mas não tente inventar justificativas para o problema, como falta de tempo por exemplo, apenas fale com sinceridade e de forma objetiva! Independente se alguém tiver conhecimento do ocorrido ou não, é importante falar logo ao seu chefe, pois assim o problema pode ser resolvido mais rapidamente, resultando em menos consequências negativas. Seria no mínimo desagradável que ele ficasse sabendo do ocorrido pela boca de outras pessoas.

 

3 - Assuma a culpa

 

Uma atitude importante nesse momento é assumir o seu erro. Se foi você a responsável pela situação, não coloque a culpa em outros membros da equipe ou até mesmo no seu próprio chefe, isso vai apenas piorar a situação! Assuma sua responsabilidade e encare as consequências.  

 

4 - Proponha soluções

 

Se a solução do problema criado estiver ao seu alcance você pode apresentá-la ao seu chefe no momento em que for contar o que ocorreu. Com isso, você estabelece uma relação de confiança com ele. Caso você não saiba solucionar, peça ajuda! Seja humilde e pergunte o que pode fazer para ajudar a resolver a falha.

 

5 - Acredite em você

 

Não deixe que essa situação faça com que você se sinta incapaz de fazer seu trabalho. Saiba quais são os seus pontos fortes e use-os a seu favor! Foque no seu trabalho e em todas as coisas boas que você já realizou e não deixe essa situação te abalar.    

 

6 - Aprenda com os erros

 

Depois de relatar o equívoco e trabalhar da melhor maneira possível para solucioná-lo, é hora de refletir sobre o que aconteceu. Pense o que pode ter ocasionado o erro e quais atitudes pode tomar para evitar que ocorra novamente. Depois de refletir e mudar as suas atitudes, vire a página e siga em frente!

Como pedir à sua mãe para o namorado dormir na sua casa?

Tudo está uma maravilha com o boy. Mas, parece que o tempo juntos sempre é pouco e vocês só querem mais e mais. Então, surge a ideia de “quer dormir lá em casa?”. Porém, você lembra que precisa da autorização de uma pessoa muito importante: sua mãe. Antes que pense, isso não precisa ser o fim do mundo ou dar início a um grande nervosismo. Lembre-se sempre que o mais importante é ser sincera. Além disso, ela já esteve nesse mesmo lugar que você. Para dar uma ajudinha nesse momento, o Só Delas separou algumas dicas para dar tudo certo como o planejado!

 

Aborde de forma sutil para saber a opinião dela sobre o assunto

 

Às vezes, pode parecer complicado para você pensar em uma maneira de abordar esse assunto com a sua mãe pela primeira vez. Ela entende que em algum momento essa hora iria chegar conforme o relacionamento entre você e o seu namorado foi ficando mais sério. Antes de já fazer o pedido oficial, comente com ela que isso aconteceu com uma amiga e que foi a primeira vez que o namorado dormiu na casa dela. A partir daí você poderá ver como sua mãe reage sobre a situação e ficará mais calma para pedir. Entretanto, esteja pronta para reações negativas. Daí você vai precisar contornar isso dando uma pausa na ideia para voltar a tocar no assunto um tempo depois, tá?

 

Que tal uma troca?

 

Pode ser uma ideia de convencimento para sua mãe. Pedir para o namorado dormir na sua casa é um grande passo para o relacionamento, tanto com ele quanto com ela. É um momento que envolve a confiança entre as duas. Por isso, quando fizer o pedido e ver que ela está pensando sobre a resposta, tente oferecer uma troca. Sugerir ajuda em alguma tarefa de casa, por exemplo, seria como uma compensação por ela ter liberado o boy dormir com você (até porque, a casa é dela né?). Mostre-se responsável e acabará conseguindo ganhar esse voto.

 

Abre o jogo com ela!

 

Você pode pensar em diversas maneiras de como introduzir o pedido em uma conversa com sua mãe. No entanto, nada irá substituir a verdade. Seja sincera com ela, mostre o quanto quer que ele durma com você e, acima de tudo, que respeita as regras dela. Além disso, deixe claro que não pensa em inventar algum tipo de mentira para conseguir o que quer. Se você está preocupada com esse momento é porque preza pela relação entre vocês. A mãe é com quem podemos contar em todos os momentos, e ela sempre está ali para ajudar. É importante que vocês tenham um diálogo sincero e cada uma relate a sua opinião.

 

Viu como tudo vai dar certo no final? Não deixe que o medo acabe estragando seus planos. Você pode e deve ser sincera com sua mãe, sempre!

Xii... Primeiro almoço com a sogra? A gente te dá dicas para sair tudo bem!

Você e o boy estão começando o namoro e ainda naquela fase do famoso “tudo são flores”. Até que então ele propõe aquele típico almoço para que você conheça a mãe dele. E agora? Não precisa se desesperar! O nervosismo só vai conseguir atrapalhar sua cabeça e atitudes - e você não quer passar a impressão errada, né? A mãe do seu namorado está curiosa para saber quem conquistou o coração dele. Além disso, com certeza ela também está nervosa para esse momento. Para dar uma ajuda nesse grande encontro, o Só Delas separou dicas para que tudo saia bem.

 

Nada como um presentinho

 

Você está entrando não só na casa como na vida dessa família agora. E acredite, conquistar a mãe do boy é essencial. Isso vai ajudar muito dentro do namoro também. Que tal levar um presentinho para esse grande encontro? A atitude está longe de ser “puxa-saco”, mas sim uma forma de gentileza e carinho. Não é preciso gastar todo seu salário também, a dica é perguntar ao boy qual é a flor favorita dela, por exemplo, ou se ela curte uns chocolatinhos. Assim você já chega acertando!
 

 

A eterna dúvida da roupa

 

Se você já passa horas indecisa pensando no que vestir, nesse dia a dúvida vai bater em dobro. Mas calma, não pira! Pense numa roupa que te deixe confortável, isso é o mais importante. Uma dica é rever algumas fotos suas nas redes sociais e lembrar de um look que você usou e se sentiu linda! Repita! Assim você não vai ficar preocupada com alguma peça incomodando. E ainda será menos uma inquietude nos seus pensamentos.
 

 

Nada de ficar apenas concordando, converse!

 

Você é a sortuda que está namorando o filho dela! A sogra vai querer saber cada detalhe seu. Deixe a conversa fluir normalmente, sem nervosismo na hora de responder ou criar um roteiro perfeito na sua cabeça (assim não vai rolar). Além disso, preste atenção no que ela está dizendo. Percebendo que você está interessada, rapidamente você ganhará pontinhos a mais no coração da sogrinha.

 

 

 

Prestativa é o seu sobrenome

 

Nada como oferecer uma ajudinha. Mesmo que ela insista que não, fale e mostre-se pronta para dar uma mão. É uma maneira eficaz de revelar-se educada. Ser solícita é ótimo para mostrar que você não está ali apenas para ver os outros fazerem tudo ao seu redor. A sogra vai perceber que pode contar com você.


 

Seja você mesma!

 

Sem inventar mentirinhas bobas, como dizer que sabe cozinhar de tudo e, no entanto, você não sabe nem fritar um ovo. A sogra quer conhecer você como realmente é, o seu caráter. Ela está preocupada com a felicidade de seu filho e quer o melhor para ele. Ser verdadeira é a melhor maneira de impressioná-la. Mostre como e quem você realmente é, e logo ela irá apaixonar-se também.

 

Tem vontade de saltar de asa delta? Tudo o que você precisa saber antes da decisão

Voar de asa delta sem dúvidas é uma atividade emocionante. Para os iniciantes, é possível realizar um voo com o acompanhamento de um instrutor, que controla o percurso e dá as indicações necessárias. Podendo atingir até 100 km por hora, o vôo duplo não deixa de ser uma experiência de tirar o fôlego. Ficou animada? Confira tudo o que você precisa saber sobre essa prática antes de tomar sua decisão!


 

Tem limite de idade?

 

No Brasil, o voo de asa delta é indicado apenas para maiores de 16 anos. No entanto, menores de 18 anos precisam ser acompanhados por um responsável legal para praticar essa atividade.

 

Voar de asa delta é perigoso?

 

Se realizado com uma empresa de confiança, dentro das condições climáticas ideais, o salto de asa delta não é uma atividade perigosa. Os acidentes que já aconteceram envolvendo esse esporte foram em sua maioria com pilotos experientes, voando sozinhos. Certifique-se de que a empresa que irá realizar seu voo seja séria, e não precisa se preocupar com perigo!

 

Quanto tempo dura o voo?

 

O tempo de duração do voo duplo está relacionado às condições do tempo no dia, mas costuma durar em média 20 minutos. Vôos muito longos podem ser desconfortáveis para quem está experimentando pela primeira vez. Antes de saltar, acontece um treinamento com exercícios para se familiarizar com a asa no solo, e praticar como se movimentar na hora de correr e frear com ela. Mas calma, na hora do voo tudo vai ser feito com o auxílio do instrutor!

 

É importante escolher roupas leves e confortáveis

 

A escolha do que vestir é um elemento importante para aproveitar essa experiência da melhor forma possível. É importante usar roupas leves, de preferência peças de ginástica, como calça legging, shorts largos e camiseta por exemplo, acompanhadas de um tênis confortável. O importante é se sentir à vontade! Caso esteja no inverno, é uma boa ideia levar um casaco, pois o vento pode se tornar um incômodo.

 

O clima pode influenciar no voo de asa delta

 

É ideal agendar seu voo com certa antecedência, mas os planos vão depender das condições meteorológicas do dia escolhido. Mesmo que o dia pareça estar bonito e ensolarado, ventos fortes ou fracos demais para voar podem fazer com que seja preciso remarcar o seu voo.

 

E se na hora eu quiser desistir?

 

Sentir medo de uma experiência nova é normal! Tente lembrar da sua vontade de viver essa nova aventura. Os instrutores serão responsáveis por passar a confiança necessária para você realizar o voo, mas caso ainda assim na hora H você não queira mais, não se envergonhe! Não tem nada demais ficar nervosa, e desistir é um direito seu. Você pode ir para casa e voltar em outro dia, ainda mais preparada e animada para viver esse momento :)

Minha primeira menstruação: veja experiências reais de diferentes meninas sobre esse dia

A menstruação é um momento que marca a vida de todas as meninas. Cada uma vive esse dia de um jeito diferente. Tem quem lembre do acontecimento com muita risada, tem quem ache que foi um mico e só queria esquecer, e tem meninas que passaram por isso de forma muito tranquila. Como não tem uma hora ou dia marcado para a primeira menstruação chegar, somos sempre pegas de surpresa e, geralmente, em situações meio complicadas. O Só Delas conversou com três meninas que contaram suas experiências inusitadas sobre a menarca. Vem ver! :)

 

Larissa Foli: presentão de aniversário

 

Algumas meninas acabam menstruando mais cedo que outras, e foi isso que aconteceu na história da Larissa. Um dia antes de seu aniversário de dez anos ela recebeu esse belo presente. “Eu estava no colégio e quando vi aquilo na minha calcinha não associei com menstruação! Pensei que estava machucada ou doente”, relata. A vergonha era tanta que acabou não contando para ninguém para pedir uma ajudinha, é mole? É muito comum isso acontecer, mas não é preciso ter medo de menstruar. 

 

No entanto, assim como fazia todos os anos, Larissa conta que foi ao shopping para comprar roupa nova para usar no seu aniversário. A cada peça que experimentava no provador, por conta do nervosismo, ela conferia se estava tudo bem entre suas pernas. “O pior é que de minuto em minuto minha tia abria o provador para ver a roupa em mim. Eu ficava tentando esconder e só consegui ficar mais nervosa!”, lembra a jovem. Já de volta para casa, ela explicou que ficou horas em pé no chuveiro porque imaginava que assim tudo iria sair. A notícia só foi contada no final da noite para sua mãe, e implorou para que a informação não saísse dali. “No segundo seguinte ela ligou para a família inteira!”, diz. Qual mãe nunca fez isso, não é mesmo?

 


Foto: arquivo pessoal/Larissa Foli

 

Stephanie Tonenberg: Um petit gateau entre as pernas?

 

No dia do ocorrido, Stephanie conta que estava em um restaurante. Depois de se deliciar com o prato principal, decidiu completar a refeição com um um belo petit gateau de sobremesa. Tudo aconteceu normalmente até chegar a hora de ir embora. Antes, resolveu ir ao banheiro com a companhia de sua amiga. Ao abaixar a calça, viu algo estranho em sua calcinha. “Quando vi aquilo falei com minha amiga, que estava de fora da cabine, que tinha petit gateau na minha calcinha”, conta Stephanie. Logo, sua amiga questionou se não poderia ser outra coisa. Sem saber ao certo também, ela decidiu cheirar o tecido. “Estava com cheiro de sangue e eu não entendi nada mesmo”, comentou Stephanie. Ao chegar em casa, a jovem, com 11 anos na época, pediu ajuda para a mãe e mostrou o que tinha acontecido. Foi aí que descobriu que, na verdade, era só menstruação. Enquanto respirava aliviada em saber o que era, sua mãe pulava de alegria que a filha agora era uma mocinha.

 


Foto: arquivo pessoal/Stephanie Tonenberg

 

Ana Beatriz Carvalho: “De onde veio tanta tinta?”

 

A primeira menstruação de Ana Beatriz veio quando ela tinha 10 anos. Tudo aconteceu na escola, quando estava no sexto ano. Cumprindo com uma atividade de personalizar uma blusa para um projeto do colégio, Ana passou o dia concentrada pintando e colando miçangas no tecido. Foi quando estava para ir embora que percebeu sua cadeira toda manchada de vermelho. “Eu logo pensei que alguém a teria sujado de tinta, ou já estava ali e não tinha percebido nada!”, conta ela.  Ana passou a mão em sua legging do uniforme, para verificar se estava tão suja quanto a cadeira. A jovem foi correndo para o banheiro se trocar e quando abaixou a calça percebeu que a menstruação estava por toda sua calcinha. A sorte foi que sua amiga tinha um absorvente para salvá-la. Ela conseguiu trocar-se e ir para casa. “Foi muito embaraçoso porque eu fiquei achando que era tinta!”, relata.
 

Foto: arquivo pessoal/Ana Beatriz Carvalho 

 

A primeira menstruação é uma visita bem inesperada e, por isso, pode causar diversos episódios engraçados, como esses. E aí? Como foi com você?

A primeira briga com a melhor amiga: 7 situações que toda amizade já passou

Poucas situações são tão difíceis quanto estar brigada com a melhor amiga. Toda amizade acaba passando por essa prova em algum momento. As duas vivem grudadas e sabem tudo da vida uma da outra, mas, por algum motivo, acabam se desentendendo. Chato, né? Vocês podem até prometer nunca mais se falar, mas se forem melhores amigas de verdade, com certeza vão sair dessa situação ainda mais próximas! Resumimos neste post alguns momentos pelos quais toda amizade já passou.

 

1. Você saiu da discussão já querendo mandar uma mensagem

 

Tudo que acontece com você, ela é a primeira pessoa para quem você pensa em mandar aquela mensagem no celular. Acontece que agora a situação a envolve e vocês acabaram de brigar: mandar mensagem para quem então? A vontade é de falar um monte de coisas ainda, mas como os ânimos ainda estão exaltados, talvez não seja a melhor hora. Espere a poeira abaixar e tente reestabelecer um contato aos poucos.

 
 
 

2. Todo mundo continua perguntando da vida dela para você

 

As duas costumam saber tudo sobre a vida uma da outra. Quando seus pais ou amigos não conseguem falar com você, mandam mensagem para ela, e vice-versa. Depois da briga, todos continuam perguntando sobre ela para você, que não aguenta nem ouvir mais esse nome. Só que é até difícil dizer que vocês brigaram, ninguém acreditaria!

 

 

3. Você não sabe para quem contar as novidades ou quem marcar em posts no Facebook

 

Sabe aquele assunto que só as duas entendem? Aquela fofoca que você só pode confiar para sua melhor amiga? A série que vocês assistem juntas? Surgem novidades sobre todos os assuntos que vocês compartilham. Aquele meme que a mão já coça pra marcar o nome dela? Você até pega o seu celular para contar, mas lembra que não estão se falando.

 
 
 

4. Seu crush finalmente manda mensagem e você precisa de ajuda para responder

 

Você tira print da conversa e manda no seu grupo de amigas, mas nenhuma delas sugere uma resposta boa o suficiente. Sua melhor amiga com certeza saberia o que falar nessas horas. Como você vai resolver isso sem ela? Impossível.

 
 
 

5. Você stalkeia a vida dela em todas as redes sociais

 

Se ela posta algum vídeo no Stories, você é a primeira a visualizar. Passa o dia atualizando o Twitter e entra no Facebook só para conferir se ela está online. Mas você não curte nada que ela posta, é claro. Afinal de contas você está chateada e não quer dar o braço a torcer. Ela que venha falar com você, oras!

 
 
 

6. Fica pensando se ela encontrar uma nova melhor amiga

 

Você viu que no fim de semana ela postou foto com amigas diferentes e seu coração só faltou sair pela boca. Como assim ela está se divertindo com outras pessoas?!!! Você permanece ali quietinha, sem curtir ou comentar nada, torcendo apenas para que seja uma questão social e não que ela tenha descoberto novas amigas e esquecido de você de vez.

 
 
 

7. Morrem de saudade e vão dar um jeito em tudo

 

Não adianta… Ela não é melhor amiga à toa! Vocês têm um elo muito forte e nada nem ninguém vai quebrar isso. Uma hora vocês não aguentam mais de saudade e decidem colocar o orgulho de lado em favor dessa amizade. Você manda aquela mensagem combinando de se encontrarem para conversar e resolver tudo, além de aproveitar todo esse tempo perdido. <3

 

Vai dividir um apê com o namorado? Tudo o que você precisa saber sobre essa experiência antes de se mudar!

O relacionamento foi ficando sério, você só pensa em poder ficar mais tempo ao lado do amado e, então, vocês decidem que chegou a hora de morarem juntos. Dividir o apartamento com o namorado é uma decisão muito importante para ambos. E não se trata apenas de estar debaixo do mesmo teto e se vendo todos os dias. A rotina vai mostrar que vai muito além disso e, se não houver comprometimento de ambos, as coisas podem não ser tão incríveis como vocês sonharam. Pensando nisso, o Só Delas trouxe diferentes fatores para vocês pesarem na balança sobre essa experiência antes de se mudar.


 

Os dois desejam a mesma coisa?

 

Não há dúvidas de que morar juntos é um grande passo na relação, além de ser uma experiência nova para o casal. Antes, cada um tinha sua casa e agora, o “meu” se torna “nosso”. Por isso, é muito importante que os namorados conversem  tudo que puderem sobre o assunto. Não pode ser uma decisão precipitada, afinal, dormir sob o mesmo teto todos os dias requer uma rotina diferente e - às vezes - a necessidade de abrir mão de certas coisas. Será que um não está aceitando apenas para agradar o outro? Avaliem bem isso e conversem abertamente, ambos precisam estar dispostos a fazer funcionar e manterem-se na mesma sintonia.

 

É ficar juntos, não grudados

 

Geralmente, os casais que não se encontram todos os dias são acostumados a fazer tudo que puderem juntos. Quando vocês começarem a dividir a mesma casa, ambos se tornam donos. No entanto, é importante ressaltar que a convivência dentro do mesmo espaço não pode sufocar nenhum dos dois. O companheirismo também inclui entender e respeitar o espaço alheio, mas sem se trancar no seu próprio “mundinho”. Isso contribui para entender melhor o que é estar na companhia do outro.


 

Hora de fazer as contas

 

Coloque na ponta do lápis uma estimativa dos gastos que terão ao juntar ao escovas de dentes. O casal deve ter consciência de quanto possuem disponível todos os meses e quais são as preferências de pagamentos. Uma dica é estabelecer um dinheiro fixo todo mês que cubra todas as despesas, com uma margem para imprevistos. Assim, vocês evitam diversas conversas sobre a falta de dinheiro e dores de cabeça.


 

Tarefas divididas sim

 

As responsabilidades sobre todas as necessidades de uma casa continuam, morando sozinho ou acompanhado. A diferença é que agora você e seu companheiro podem entrar num acordo. De repente você é do tipo que prefere lavar a louça e ele é do tipo que passa roupa super bem. O casal deve fazer um planejamento e ter uma parceria para cumprir com as tarefas domésticas. Encontrem um equilíbrio de modo que nada seja deixado de lado e nem sobrecarregue nenhuma das partes.


 

Decisões compartilhadas


 

Vamos supor que você morava sozinha e, então, o boy se juntou com você no seu espaço. Entenda que agora o apê pertence a ambos - e as escolhas que envolvem o dia a dia de vocês também. Dividir a vida com outra pessoa é também entender que as decisões caberão aos dois tomarem juntos. Passar por cima da opinião do outro só trará discussões. Por isso, é imprescindível manter o respeito entre vocês e a harmonia do lar. Desde fazer as compras do mês até escolher a cor da parede, a conversa entre o casal precisa acontecer para entrar em um consenso.

Pages

Latest News

  • Esportes que são a cara do verão! Prepare-se para novas experiências nessa temporada
    Dias ensolarados, altas temperaturas e horário de verão. Para completar, ainda temos os...
  • A água salgada "corta" a menstruação quando entramos no mar?
    A relação entre menstruação e praia gera dúvidas em muitas mulheres. É claro que não há...
  • Estou com um corrimento marrom: o que pode ser e como devo tratar?
    Secreção vaginal ou corrimento? Eis a questão que deixa muitas meninas com dúvidas. Para...
  • Posso engravidar se eu tomar o anticoncepcional atrasado?
    Eita! Passou a hora de tomar a pílula anticoncepcional e você nem percebeu. “Se eu tiver...
  • Transpiração na região íntima: como conter o desconforto?
    Sim. Transpiração na vagina é algo completamente natural e todas têm! O suor na região...
  • Desvendamos 5 mitos sobre menstruação no verão!
    Quer aproveitar o verão ao máximo, mas está preocupada com os dias de menstruação? Pode...
  • Posso entrar na água de absorvente interno? Consultamos uma ginecologista para saber!
    Você não precisa deixar de aproveitar seu dia de sol porque está menstruada. A solução da...
  • Com que frequência você troca o sutiã? Veja cuidados importantes durante o verão para...
    Para muitas meninas, o sutiã é uma peça de uso diário. Por mais discreto que seja, ele é...
  • SEMPRE LIVRE® Adapt Plus se adapta ao seu corpo e te deixa mais segura e confortável na...
    Já se foi o tempo em que a menstruação era vista como algo negativo na vida das mulheres...
  • 5 frases de mulheres extraordinárias para inspirar um pouco o seu dia
    Empoderamento feminino, autoestima, sororidade... Esses são alguns dos termos mais...
  • Pílula combinada: saiba mais sobre seus benefícios e quem deve usá-la
    Blim, blim! É 9 horas da noite e toca o alarme: “Hora de tomar a pílula”, pensa a menina...