Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Veja 5 benefícios de rebolar a pelve

Veja 5 benefícios de rebolar a pelve

Os benefícios de dançar rebolando vão muito além da diversão! A circundução da pelve (nome técnico dado ao movimento de levar o quadril para trás, para frente e para os lados) ajuda a fortalecer os músculos da região do quadril e do assoalho pélvico e ainda pode facilitar o parto natural. Isso sem contar nas sensações de prazer e bem-estar provocadas pela liberação de endorfina e no aumento da consciência corporal, que costuma fazer toda a diferença na autoestima da mulher.

 

Veja também: Exercícios para a vagina podem melhorar o prazer sexual das mulheres

 

A seguir, o Só Delas te explica melhor esses benefícios. Confira!

 

  1. Rebolar fortalece os músculos ao redor do quadril

 

Dançar rebolando potencializa o controle muscular abdominal e ajuda a relaxar as articulações do quadril, o que gera um fortalecimento dos músculos da região e melhora características como flexibilidade e equilíbrio. 

 

  1. Libera endorfina

 

Como toda atividade física, rebolar a pelve e o quadril estimula a liberação de endorfina, que é uma substância conhecida por inibir o estresse e proporcionar as sensações de prazer, bem-estar, satisfação e felicidade. 

 

  1. Contribui para a autoestima da mulher

 

Rebolar a pelve contribui para a consciência corporal da mulher e tende a aumentar a sua autoconfiança, inclusive na hora do sexo. Isso gera uma melhora na autoestima e pode até mesmo facilitar a chegada ao orgasmo feminino

 

  1. Fortalece o assoalho pélvico

 

O assoalho pélvico é um grupo de músculos voluntários e involuntários que ajudam a sustentar os órgãos abdominais e pélvicos. Exercitar essa região aumenta o controle sobre a musculatura do local e combate problemas como a incontinência urinária e fecal. 

 

No entanto, para alcançar esses resultados, é importante contar com a ajuda de fisioterapeutas pélvicos e apostar em exercícios específicos que visam contrair e relaxar os músculos internos do assoalho pélvico. 

 

  1. Facilita o parto normal

 

Fortalecer os músculos da região pélvica e aprender a controlá-los melhor pode facilitar a abertura para o parto normal. Esses exercícios devem ser feitos com acompanhamento profissional e, é claro, respeitar os limites do corpo de cada mulher.  

 

Os movimentos da pelve devem ser feitos com atenção para evitar lesões 

 

Exagerar nos exercícios ou realizá-los sem consciência do próprio corpo pode acabar gerando complicações indesejadas, como lesões na lombar ou sobrecargas nos órgãos pélvicos. Por isso, respeite os seus limites e faça os movimentos com gentileza e cuidado! Se estiver insegura, é sempre válido recorrer à orientação de profissionais como professores de dança e fisioterapeutas.

PRODUTOS
Relacionado

CAREFREE® TodoDia
CAREFREE® TodoDia

semprelivre_bottom1_dance_new

  • VOCÊ SABIA?
    Ih, choveu! Veja ideias do que fazer para se divertir com as amigas mesmo dentro de casa
    Tem dias que a gente combina de sair com as amigas, mas a previsão do tempo não colabora..
  • VOCÊ SABIA?
    6 coisas que você precisa saber antes de viajar com seus amigos
    Fazer uma viagem acompanhada de amigos é uma das melhores coisas da vida! Se divertir, pa..
  • VOCÊ SABIA?
    4 coisas que passam pela sua cabeça antes de chegar ao primeiro encontro
    Por mais que a gente seja confiante, o primeiro encontro com o carinha interessante sempre..
  • VOCÊ SABIA?
    Vai passar o dia na praia? Veja o que levar na bolsa!
    No verão, tudo o que a gente mais quer é relaxar, se divertir e ficar com aquele bronzea..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >