Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Varizes no útero: o que são, sintomas e como elas podem afetar a sua saúde

Varizes no útero: o que são, sintomas e como elas podem afetar a sua saúde

Você já ouviu falar em varizes no útero? As varizes são veias dilatadas meio arroxeadas que surgem nas pernas e causam dor e inchaço. Mas você sabia que elas também podem aparecer no útero? Conhecidas como varizes pélvicas, elas surgem devido a dilatação e alongamento das veias da região da pelve e causam dor abdominal. Além do útero, elas podem afetar as trompas de falópio ou os ovários e é comum associá-las com a síndrome de congestão pélvica. Nós conversamos com a ginecologista Lívia Migowski para saber mais sobre o assunto e como elas podem afetar a saúde.

 

Varizes pélvicas são veias obstruídas que  surgem ao redor do útero, trompas e ovários

 

As varizes pélvicas são causadas pela obstrução das veias na pelve. Nosso corpo é repleto de veias que são responsáveis pela circulação do sangue no organismo. No entanto, em algumas situações,  esses vasos sanguíneos começam a ficar mais desgastados e com um aspecto retorcido e dilatado. Isso acontece porque o sangue tem mais dificuldade de passar por essas veias e acaba ficando acumulado. Por isso, é comum que as varizes tenham uma coloração meio roxa, semelhante a um hematoma. No caso das varizes pélvicas, a dra Lívia explica que a origem não é clara, mas os casos mais comuns costumam ser após gravidez por conta do aumento da dilatação de todas as veias do corpo da mulher. “A sobrecarga venosa que ocorre na gravidez e o estrogênio podem estar associados com o aparecimento das varizes pélvicas”. 

 

Síndrome de congestão pélvica e varizes pélvicas não são as mesma coisa 

 

As varizes pélvicas costumam ser muito associadas com a síndrome da congestão pélvica, mas a médica aproveita para esclarecer que, embora as varizes possam ser uma causa da síndrome, elas não são a mesma coisa. “A síndrome de congestão pélvica leva a dor pélvica por pelo menos 6 meses, que piora no período pré-menstrual, piora ao andar ou qualquer outro exercício que aumente a pressão intra-abdominal. O problema é que muitas vezes as mulheres apresentam varizes pélvicas, mas não apresentam nenhum sintoma”, esclarece. 

 

A síndrome  de congestão pélvica é caracterizada por um desconforto pélvico crônico e forte, geralmente após longos períodos em pé ou depois da relação sexual.  Ela acontece nas mulheres que apresentam as veias próximas aos ovários mais dilatadas. 

 

Varizes no útero podem causar dores semelhante a endometriose 

 

A dor pélvica é o sintoma mais comum nos casos de varizes no útero, mas o seu diagnóstico nem sempre é certeiro, principalmente pela semelhança com a endometriose. No entanto, a Dra Lívia afirma que apenas exames de imagem conseguem diferenciar as duas situações. “ A ultrassonografia é um bom exame para diagnóstico, que pode ser firmado pela presença de veia túrgidas e com refluxo durante o exame. Tomografia e ressonância também podem ajudar no diagnóstico”. Segundo a médica, a congestão pélvica costuma é um diagnóstico de exclusão, ou seja, mesmo que a mulher tenha varizes pélvicas no exame de imagem, só é dado o diagnóstico de varizes após excluir todas outras causas de dor, como endometriose. 

 

Varizes podem causar embolia pulmonar e dores durante a relação sexual 

 

As varizes no útero não são perigosas, mas é preciso ficar atenta para a formação de coágulos no interior dessas veias, pois elas têm como função transportar o sangue para o coração. Se o caminho estiver muito obstruído, pode causar problemas graves, como embolia pulmonar, e precisa ser tratada. Em alguns casos, as varizes também podem provocar dor nas relações sexuais. 

 

Mesmo assim, no geral, as varizes não apresentam sintomas muito graves, mas algumas mulheres podem sentir desconfortos, como dor abdominal,sensação de peso na região pélvica e até incontinência urinária. 

 

 Tratamento depende da intensidade dos sintomas das varizes no útero e seus riscos para a saúde 

 

As varizes não tem cura natural e se os sintomas não forem intensos, é possível conviver com elas sem nenhum problema. Nas mulheres que apresentam dor pélvica, a Dra Lívia explica que as varizes podem ser tratadas com medicações que ajudam a diminuir a dilatação das veias “nos casos não responsivos, elas podem ser tratadas com embolização dos vasos ou cirurgia”. A embolização é um procedimento em que se insere um cateter bem fino pela veia com uma substância que diminui a obstrução e aumenta a força da sua parede. 

 

Mesmo sem uma causa muito exata, alguns hábitos ajudam a diminuir as chances do aparecimento das varizes no úteros. Caminhar diariamente e praticar exercícios  melhora a circulação sanguínea e fortalece o funcionamento das veias. Para as grávidas, a dica é ficar atenta ao peso e evitar posições que aumentam a pressão do útero na veia cava inferior, que transporta o sangue dos membros inferiores para o coração. Quanto mais relaxada estiver, menos força as veias farão para transportar o sangue na região pélvica. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Livia Migowski, ginecologista e obstetra da Perinatal
CRM: 52.90682-4

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Miomas uterinos: o que são, quais seus sintomas e como diagnosticá-los?
    Miomas uterinos: o que são, quais seus sintomas e como diagnosticá-los?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Saiba como fazer o autoexame nos seios e por que ele é importante para a sua saúde
    Saiba como fazer o autoexame nos seios e por que ele é importante para a sua saúde
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    7 sintomas que podem indicar problemas na sua saúde íntima
    7 sintomas que podem indicar problemas na sua saúde íntima
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    A primeira vez que usei absorvente interno: 3 meninas contam como foram suas experiências
    A primeira vez que usei absorvente interno: 3 meninas contam como foram suas experiências
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Ardência ao urinar e outros sintomas que podem significar uma infecção urinária no verão
    Ardência ao urinar e outros sintomas que podem significar uma infecção urinária no verão
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    pH vaginal: Entenda o que é e como ele protege sua saúde íntima
    pH vaginal: Entenda o que é e como ele protege sua saúde íntima
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    "Lábio manchado" foi destaque na maquiagem das passarelas e agora é sua vez de apostar nessa tendência. Veja como fazer!
    "Lábio manchado" foi destaque na maquiagem das passarelas e agora é sua vez de apostar nessa tendência. Veja como fazer!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Os itens de higiene íntima que não podem faltar na sua bolsa no período menstrual
    Os itens de higiene íntima que não podem faltar na sua bolsa no período menstrual
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Fique de olho! Erros na higiene íntima feminina que podem estar prejudicando sua saúde
    Fique de olho! Erros na higiene íntima feminina que podem estar prejudicando sua saúde
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    5 erros comuns na maquiagem que podem estar prejudicando sua pele
    5 erros comuns na maquiagem que podem estar prejudicando sua pele
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • PRIMEIRA VEZ
    Primeira menstruação: 11 fatos importantes para te ajudar a se preparar para a menarca
    A primeira menstruação, chamada de menarca pela ciência, marca o início da vida...
    Primeira menstruação: 11 fatos importantes para te ajudar a se preparar para a menarca
  • Menstruação
    Absorvente Sempre Livre Adapt Plus proporciona conforto flexibilidade e discrição. Confira!
    Toda mulher merece um absorvente que a deixe confortável e segura sem precisar abrir mão...
    Absorvente Sempre Livre Adapt Plus proporciona conforto flexibilidade e discrição. Confira!
  • Menstruação
    O.B.® Médio ProComfort é a melhor opção para fluxo moderado: conheça os benefícios
    A maneira ideal de escolher o absorvente interno é saber identificar qual é a intensidade...
    O.B.® Médio ProComfort é a melhor opção para fluxo moderado: conheça os benefícios
  • Menstruação
    Cor da menstruação: vermelha, marrom ou preta pode mudar com o tempo?
    Você já deve ter percebido que a cor da menstruação muda ao longo do período menstrual. A...
    Cor da menstruação: vermelha, marrom ou preta pode mudar com o tempo?
  • VER TODAS >