Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Vaginismo: o que é, quais são os sintomas e como tratar

Vaginismo: o que é, quais são os sintomas e como tratar

Quem assistiu a série “Sex Education” deve se lembrar do termo vaginismo, condição que dificultou a primeira transa da personagem Lily Iglehart, interpretada pela atriz Tanya Reynolds. Mas, afinal, você sabe o que é, de fato, o vaginismo e o que isso traz para a vida das mulheres? Nós vamos explicar: essa é uma disfunção sexual feminina que provoca a contração involuntária (não intencional) dos músculos do assoalho pélvico, tornando dolorosa ou impossível a penetração durante o sexo. Conversamos com a ginecologista Fernanda Nassar para entender como funciona essa disfunção e como resolver o problema para que todas possam ter uma vida sexual saudável e prazerosa.

 

Vaginismo torna as relações sexuais dolorosas para mulheres

 

Segundo a ginecologista, toda mulher que sente dor ao ter penetração na relação sexual deve conversar com o ginecologista para que ele possa investigar a causa e orientá-la da forma mais adequada. Porém, o conhecimento sobre sexualidade hoje em dia ainda não abrange toda população feminina. Em uma sociedade marcada pelo machismo, onde o sexo muitas vezes é visto como ferramenta de prazer apenas para os homens, muitas mulheres (e principalmente meninas iniciando a vida sexual) não se dão conta de que isso não é normal e muito menos saudável. A dor durante o sexo muitas vezes é ignorada pelos parceiros ou vista como “frescura”, levando muitas a aceitarem essa condição e perder a sensação prazerosa da relação sexual.  

 

Exercícios de relaxamento e técnicas de respiração são formas de tratamento para o vaginismo 

 

Existem várias formas de tratar o vaginismo e melhorar a qualidade de vida sexual das mulheres. “Os tratamentos normalmente são multidisciplinares, havendo a necessidade muitas vezes do acompanhamento de uma sexóloga, além de psicóloga e fisioterapeuta dependendo da necessidade de cada caso”, diz a médica. Em geral, os tratamentos englobam exercícios de relaxamento da musculatura vaginal, além de técnicas de respiração, inserção de dilatadores vaginais e psicoterapia.

 

De acordo com a ginecologista, o tratamento mais moderno é a aplicação da toxina botulínica na região de músculos da vagina, que tornam a musculatura menos contraída, facilitando assim a penetração e livrando a paciente do desconforto da dor. “Melhora em 90% dos casos, com duração de até um ano, havendo necessidade de novo controle após esse período para avaliar a necessidade de nova aplicação”, explica.

 

Hoje em dia também existem alternativas mais acessíveis, como centros de apoio para mulheres com vaginismo, onde as pacientes têm acompanhamento de médicos, psicólogos e fisioterapeutas, que vão ensinar técnicas de relaxamento dos músculos pélvicos e treino respiratório para reprogramar a sensibilidade da região pélvica.
 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Fernanda Nassar - Ginecologista Obstetra, Implantes Hormonais, Prática Ortomolecular, Longevidade Saudável
CRM: 134140

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >