Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Tratamento para candidíase: saiba como a alimentação pode te ajudar

Tratamento para candidíase: saiba como a alimentação pode te ajudar

O tratamento para candidíase pode ser feito com medicamentos antifúngicos em comprimido ou creme vaginal com aplicador. A dosagem ou duração do tratamento deve ser ajustada por um médico, portanto, a consulta com um(a) ginecologista é muito importante. Além disso, apostar em uma boa alimentação para evitar candidíase é uma forma saudável de potencializar o tratamento ou evitar a repetição da infecção vaginal.

 

Alimentos que contém zinco (farelo de aveia, peixes), vitamina C (frutas cítricas, tomate) e vitamina B1 (grãos integrais, batatas e legumes), por exemplo, fortalecem o sistema imunológico e previnem a proliferação excessiva do fungo Candida albicans na flora vaginal. Os probióticos, conhecidos como bactérias benéficas, também ajudam a manter o equilíbrio da microbiota da vagina e fazem parte da alimentação que combate a candidíase. Por outro lado, doces e carboidratos simples, responsáveis por liberar glicose em abundância, estimulam o desenvolvimento da infecção e devem ser evitados em grandes quantidades.

 

Veja também: Saúde vaginal: veja 9 alimentos que ajudam a manter a vagina saudável!

 

Conversamos com a nutricionista Gabriela Cilla para saber como tratar candidíase com a ajuda de determinados alimentos. A profissional explica a importância da alimentação para candidíase e dá orientações sobre alimentos que podem ajudar ou piorar o quadro. “A candidíase está totalmente associada à alimentação, assim como outros processos bioquímicos das mulheres”, aponta a profissional. “Ela é uma doença originada a partir da proliferação exagerada do fungo Candida albicans, que se manifesta quando há uma combinação de ambiente úmido, ácido e quente, com sistema imunológico fragilizado e mal nutrido”, acrescenta. 

 

A região íntima feminina é protegida naturalmente por uma série de bactérias. Para evitar a candidíase, cujos sintomas incluem corrimento branco e pastoso, coceira e ardência na vagina, é importante manter essa flora equilibrada. Por isso, hábitos como fazer a higiene íntima correta e manter uma alimentação balanceada são essenciais. Quando associadas a um acompanhamento médico, essas medidas podem ajudar bastante no combate à infecção. 

 

Lembrando que soluções feitas em casa, como chás e alguns banhos de assento, não têm sua eficácia comprovada. O tratamento para candidíase caseiro não é garantido pelos ginecologistas e, por isso, não deve ser feito sem a recomendação de um especialista. 

 

Veja também: Candidíase vaginal recorrente: saiba como se proteger de infecções vaginais

 

Alimentos ricos em vitaminas e minerais, como zinco e selênio, ajudam a prevenir a candidíase

 

Segundo a especialista, mulheres que sofrem com a candidíase devem tentar investir em comidas que tragam nutrientes responsáveis por potencializar o sistema imunológico, como zinco, selênio, vitaminas A, B1, C e E. Veja a seguir quais ingredientes contém esses componentes:

 

  • Zinco: moluscos e peixes, como atum, arenque e sardinha, são alimentos que fornecem zinco para o organismo. De acordo com a nutricionista, o mineral também pode ser obtido por meio do consumo de farelo de aveia, que, de quebra, ainda melhora a absorção intestinal; 

 

  • Selênio: é encontrado em grãos (como o grão de aveia) e na cebola. A castanha do Brasil também contém selênio, porém, de acordo com a especialista, recomenda-se uma atenção especial à procedência de oleaginosas (alimentos com gordura boa). “É um alimento com fácil contaminação por fungos e bactérias, principalmente os produtos vendidos a granel”, explica; 

 

  • Vitamina A: “pode ser achada em alimentos vermelho-alaranjados (betacaroteno), como cenoura, beterraba, laranja e mamão”, indica a nutricionista;

 

  • Vitamina B1: grãos integrais e cereais são alguns dos ingredientes responsáveis por fornecer a vitamina B1. Batatas e legumes, embora sejam fontes de carboidratos, também são integrais e contêm a vitamina. 

 

  • Vitamina C: as fontes mais comuns são as frutas cítricas e ácidas, como acerola, goiaba, laranja, abacaxi, tangerina e kiwi, por exemplo. Entretanto, a vitamina C também pode ser encontrada em outros alimentos, como a salsinha e o tomate. 

 

  • Vitamina E: encontra-se no germe de trigo, nos óleos vegetais, nos vegetais de folha verde escura, na gema de ovo e nas nozes. 

 

Iogurtes e outros alimentos com probióticos reduzem a quantidade de fungos e bactérias prejudiciais à saúde da mulher

 

Incluir alimentos fermentados, como iogurtes, kombuchá (bebida a partir do chá preto ou verde) e molho shoyu, são ricos em probióticos e ajudam a melhorar a saúde intestinal e fortalecer a imunidade, agindo no combate à candidíase. “Os probióticos são chamados de ‘os soldados do bem’. São bactérias que favorecem e melhoram o crescimento benéfico da flora que está alterada e ácida”, esclarece a profissional. 

 

Ainda de acordo com a nutricionista, os probióticos são capazes de restabelecer o equilíbrio da microbiota e contribuem para reduzir a quantidade de fungos e bactérias nocivos à saúde da mulher. 

 

Suco de cranberry tem propriedades antioxidantes e auxilia no combate à candidíase e infecções urinárias

 

O suco de cranberry é muito recomendado para a prevenção da infecção urinária. Porém, o que nem todo mundo sabe é que a fruta também é bastante benéfica no combate à candidíase. “A cranberry é uma fruta rica em antioxidantes (proantocianidina). Pela sua riqueza, pode ser utilizada para tratamento de todo o trato urinário (infecção de urina de repetição também)”, orienta a nutricionista. 

 

Segundo a profissional, o antioxidante fornecido pela fruta auxilia no controle da proliferação de bactérias e fungos. Por essa razão, introduzir a cranberry na alimentação contra candidíase é uma ótima pedida. A fruta pode ser encontrada em hortifrutis e mercados, assim como também é possível encontrar o suco pronto. 

 

Doces e carboidratos pioram a candidíase e intensificam sintomas como coceira e corrimento vaginal

 

Uma alimentação saudável é capaz de ajudar bastante no combate à candidíase. Porém, o contrário também acontece: alguns alimentos podem ter influência negativa e acabar piorando o quadro da infecção vaginal. “O Candida albicans precisa de glicose para se nutrir, assim como todas as nossas células do corpo”, alerta a nutricionista. 

 

Sendo assim, o consumo excessivo de determinados ingredientes deve ser evitado ao máximo. Como, por exemplo, “os carboidratos simples (farinha de trigo, açúcar refinado, pizza e biscoitos)”. De acordo com a especialista, esses alimentos liberam glicose em abundância e, além disso, ainda aumentam a acidez do sangue. 

 

Carnes e produtos de origem animal também podem ser prejudiciais à saúde íntima da mulher. “Estão associados ao estresse oxidativo com liberação maior de radicais livres, tornando o organismo mais ácido e mais propício para o descontrole dos fungos”, explica. O leite, embora contenha selênio (benéfico para o sistema imunológico), deve ser ingerido com cuidado. “Lácteos têm ação mucogênica, pioram o sintoma de corrimento e recuperação da mucosa”, orienta Gabriela. 

 

Consumir bebidas alcoólicas também é um hábito que merece atenção. “Bebidas destiladas ou fermentadas acabam deixando o sangue mais ácido e afetam o sistema imune, o que facilita a proliferação do fungo e prejudica a recuperação do organismo com candidíase. Além do mais, o álcool piora o processo imunológico, deixando o organismo mais propenso a infecções e recaídas”, acrescenta a nutricionista.

 

Veja também: Saiba como fortalecer a imunidade e evitar gripes, resfriados e infecções vaginais! 

 

Melhorar a alimentação pode evitar a candidíase recorrente e beneficiar a saúde de muitas formas

 

Manter uma dieta saudável é um hábito recomendado em todos os momentos da vida e para todas as mulheres, especialmente as que sofrem com a candidíase de repetição. O tratamento para a candidíase recorrente implica no monitoramento dos fatores que podem levar ao desequilíbrio da flora vaginal, incluindo a higiene íntima e alimentação. 

 

“Diminuição de açúcares, carnes condimentadas e substituições para consumo de legumes/verduras/saladas e cereais integrais devem ser consideradas para toda a vida”, recomenda a profissional. Para as viciadas em doces e chocolates, a nutricionista indica: “o consumo de açúcar pode ser controlado e feito de maneira esporádica”. Porém, vale lembrar que “quando o pH do corpo e da flora são alterados, o processo fúngico pode voltar”. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Dra. Gabriela Cilla, gastróloga, nutricionista clínica, funcional e esportiva da Clínica NutriCilla

CRN: 47281

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Saiba como o protetor diário pode te ajudar nos dias em que a transpiração aumenta no verão!
    Saiba como o protetor diário pode te ajudar nos dias em que a transpiração aumenta no verão!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    O uso de medicamentos para tratamentos de outras doenças pode alterar o ciclo menstrual?
    O uso de medicamentos para tratamentos de outras doenças pode alterar o ciclo menstrual?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Primeira menstruação: como se preparar? Veja 5 dicas que vão te ajudar nesse momento!
    Primeira menstruação: como se preparar? Veja 5 dicas que vão te ajudar nesse momento!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Sutiã para todas: conheça diferentes modelos e saiba como escolher o ideal para você
    Sutiã para todas: conheça diferentes modelos e saiba como escolher o ideal para você
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Que tal mudar o visual? Cabelo cresce e você pode ajudar alguém. Saiba como fazer doações de cabelo
    Que tal mudar o visual? Cabelo cresce e você pode ajudar alguém. Saiba como fazer doações de cabelo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Se proteger da candidíase pode ser mais simples do que você imagina. Saiba como!
    Se proteger da candidíase pode ser mais simples do que você imagina. Saiba como!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Com abas ou sem? Saiba como escolher o absorvente perfeito para você
    Com abas ou sem? Saiba como escolher o absorvente perfeito para você
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Sabia que uma posição para dormir pode ajudar a aliviar cólica menstrual? Saiba qual é!
    Sabia que uma posição para dormir pode ajudar a aliviar cólica menstrual? Saiba qual é!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Saiba como fazer o autoexame nos seios e por que ele é importante para a sua saúde
    Saiba como fazer o autoexame nos seios e por que ele é importante para a sua saúde
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Cólica menstrual: alimentação pode ajudar a reduzir o incômodo
    Cólica menstrual: alimentação pode ajudar a reduzir o incômodo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    Menstruar duas vezes no mês: quando devo me preocupar?
    Menstruar duas vezes no mês pode gerar uma certa preocupação, afinal, estamos acostumadas...
    Menstruar duas vezes no mês: quando devo me preocupar?
  • SE CUIDA!
    Toda mulher tem secreção vaginal. Entenda porque isso é normal!
    Se você é uma mulher em idade reprodutiva (ou seja, já teve a primeira menstruação e...
    Toda mulher tem secreção vaginal. Entenda porque isso é normal!
  • SE CUIDA!
    5 métodos contraceptivos que cortam a menstruação
    Todo método contraceptivo hormonal causa alguma interferência no padrão menstrual. Alguns...
    5 métodos contraceptivos que cortam a menstruação
  • Menstruação
    Diário da menstruação: 4 motivos para fazer o seu!
    Você já ouviu falar no diário de menstruação? Só pelo nome já dá para ter uma ideia do...
    Diário da menstruação: 4 motivos para fazer o seu!
  • VER TODAS >