Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Sintomas de tpm: saiba identificar quando começa a sua

Sintomas de tpm: saiba identificar quando começa a sua

Os sintomas de TPM são velhos conhecidos das mulheres. Eles são caracterizados por alterações físicas e emocionais que ocorrem cerca de 10 dias antes da menstruação chegar. Os mais frequentes são cólicas, retenção de líquidos, sensibilidade nas mamas, alterações bruscas de humor, cansaço, entre outros. Porém, de acordo com estudos, existem mais de 150 sintomas da TPM, e eles são classificados em diferentes grupos.

 

Com uma variação tão grande, os sintomas da TPM não são iguais para todas e costumam se manifestar de formas diferentes para cada mulher. Por isso, dizemos que a tensão pré-menstrual é um quadro individual que exige de cada mulher conhecimento sobre seu próprio corpo para identificar as alterações do período. 

 

Saiba mais sobre quantos dias antes da menstruação começa TPM,  qual a sua origem dos seus principais sintomas. 

 

 

Quando começa a TPM: período é marcado pela queda do estrogênio e elevação da progesterona 

 

A TPM surge quando ocorre uma queda do hormônio estrogênio após a ovulação. Portanto, a previsão é de que a TPM começa aproximadamente 10 dias antes da menstruação descer.

 

Durante todo o ciclo menstrual, o corpo da mulher passa por uma série de oscilações hormonais com o objetivo de preparar o organismo para uma possível gravidez. Na primeira metade ocorre a maturação e liberação do óvulo por estímulo do estrogênio, hormônio sexual feminino que está relacionado com funções e substâncias que promovem a sensação de bem-estar. 

 

Já nos 14 a 16 dias seguintes à ovulação, começa a elevação da progesterona, um hormônio que estimula a parede do útero a ficar mais espessa para receber o embrião. Durante essa fase, os níveis de estrógeno caem bastante e, consequentemente, há maior liberação de adrenalina e cortisol. As duas substâncias estão associadas ao estresse e à ansiedade e, por isso, a TPM é marcada por frequentes oscilações de humor. 

 

A progesterona, por sua vez, provoca efeitos físicos. Um deles é o aumento da retenção de líquido. Isso explica porque algumas mulheres se sentem mais inchadas e com a percepção de que ganharam peso, enquanto na verdade estão retendo mais líquido que o normal.  

 

 

Sintomas da TPM: intensidade e efeitos podem variar para cada mulher 

 

A TPM atinge cerca de 70% das mulheres, mas nem todas sentem os mesmos efeitos. Veja quais são os sintomas da tpm mais comuns:  

 

  • Irritabilidade; 

  • Mudanças repentinas de humor;

  • Desejo por alimentos calóricos e doces;

  • Aumento da acne;

  • Dor de cabeça;

  • Sensibilidade mamária;

  • retenção de líquidos; 

  • Insônia; 

  • Maior sensibilidade emocional;

  • Cólica.

 

Embora o aumento da progesterona e a queda do estrogênio comecem logo após a ovulação, os sintomas pré-menstruais tendem a ser mais perceptíveis cerca de 10 dias antes da chegada da menstruação. Sendo assim, só conseguimos identificar o início da fase quando sentimos, de fato, seus efeitos no organismo e não existe uma regra exata sobre quantos dias dura a TPM. 

 

A intensidade da TPM varia para cada mulher, o que faz com que ela seja classificada em diferentes tipos. Os de maior prevalência são os relacionados à ansiedade, oscilações de humor e retenção de líquido. Outros quadros podem desencadear sentimentos depressivos, sono excessivo e dificuldade de concentração. 

 

 

TDPM: sintomas da tpm forte podem revelar transtorno disfórico 

 

Em casos mais raros, a TPM pode provocar comportamentos agressivos ou sensações que prejudicam a qualidade de vida e a realização das atividades do cotidiano. É o chamado TDPM ( Transtorno Disfórico Pré-Menstrual), um quadro de tpm com sintomas graves, em especial os de origem emocional. 

 

Não se sabe ao certo porque isso acontece, mas estudos chegaram à conclusão de que fatores genéticos podem estar envolvidos. Além disso, mulheres que sofrem de depressão, ansiedade e crises de pânico estão mais suscetíveis a desenvolver a tpm disfórica. 

 

A mulher com TDPM deve procurar ajuda médica, pois essas alterações podem ter ligação com outros problemas de origem emocional que acabam ficando mais aparentes nesta fase do ciclo menstrual. O tratamento para TPM grave é feito com foco em alívio dos sintomas emocionais e no corpo, podendo ser necessário o uso de medicação hormonal, como a pílula anticoncepcional. 

 

 

Tipos de TPM: seus mais de 150 sintomas são classificados em 5 grupos

 

A TPM manifesta mais de 150 sintomas antes da menstruação descer e, por essa razão, é classificada em 5 grupos. Eles se diferem de acordo com os efeitos que causam no organismo e é possível que uma mesma mulher apresente um ou mais tipos de TPM.

 

 

Confira quais os tipos de TPM e seus principais sintomas:

 

Sintomas da TPM no humor fazem parte do tipo A: Esse grupo reúne oscilação de humor e aumento do estresse e ansiedade. Sua principal causa é o aumento da liberação de adrenalina e cortisol, substâncias que levam a estafa mental quando produzidas em excesso pelo organismo. Mulheres que sofrem com a TPM tipo A também podem apresentar dificuldade para dormir, tensão e irritabilidade durante a fase. 

 

Sintomas de TPM relacionados à alimentação fazem parte do tipo C: A TPM tipo C classifica os sintomas de compulsão alimentar. Muitas mulheres sentem maior desejo por comer alimentos ricos em açúcar e gordura. Um exemplo é a vontade insaciável de comer chocolate ou outras guloseimas que surge durante a TPM. Isso acontece porque o corpo vê nesses alimentos uma forma de repor a baixa serotonina. 

 

TPM com sintomas emocionais se enquadram no tipo D: quem tende a ficar mais sensível e triste durante a TPM manifesta sintomas do tipo D. A redução dos níveis de serotonina também é responsável por esse grupo, provocando sintomas como tristeza, baixa autoestima, falta de concentração, sentimentos depressivos e até raiva sem motivo aparente. É importante ficar atenta às alterações  psicológicas pois em alguns casos elas podem revelar sintomas da TPM forte, sendo necessário tratamento feito com acompanhamento médico e terapêutico. 

 

Sintomas da TPM no corpo fazem parte do tipo H: são os sintomas que provocam alterações físicas no corpo. O principal responsável é o aumento da retenção de líquido, que causa efeitos como inchaço nas pernas, pés e mãos e sensibilidade nos seios. 

 

 

Como aliviar sintomas da TPM: atividades físicas e mudanças na alimentação são grandes aliadas 

 

Os sintomas de TPM são cíclicos, ou seja, costumam ter um padrão de regularidade. Embora possam gerar incômodos, espera-se que eles não sejam intensos a ponto de comprometer a qualidade de vida da mulher nesse período. 

 

De modo geral, é possível aliviar a tensão pré-menstrual praticando atividades físicas e investindo em uma alimentação mais saudável e equilibrada. 

 

Os exercícios físicos podem ser musculação, aeróbico, dança, corrida, como preferir. O intuito é aproveitar os benefícios do relaxamento, já que eles liberam substâncias que aumentam a sensação de bem-estar no organismo, como a endorfina e a serotonina. O corpo em movimento também ajuda a aliviar o estresse, ansiedade, reduz o cansaço e o inchaço. 

 

A alimentação balanceada auxilia no controle da retenção de líquido e diminui os processos inflamatórios que podem piorar os sintomas antes da menstruação descer. Por isso, evite a ingestão excessiva de cafeína, sal e alimentos com alto teor calórico. Dê preferência a frutas, legumes e verduras, principalmente os ricos em antioxidantes, como folhas verdes escuras e sementes. 

 

O ideal é que os sintomas da TPM desapareçam logo após a chegada da menstruação. Alguns efeitos, no entanto, podem persistir até os primeiros dias de fluxo menstrual sem que isso indique alguma irregularidade. Quando os sintomas são intensos e duram todo o período menstrual, deve-se procurar orientação médica. 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação? Teste seus conhecimentos
    A ovulação e o período fértil são duas fases do ciclo menstrual em que a mulher tem mais...
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação?  Teste seus conhecimentos
  • Menstruação
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
    Na maioria das vezes, a menstruação preta é normal e não representa problemas de saúde....
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
  • Menstruação
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
    Muitas mulheres ficam em dúvida sobre quantos dias depois de acabar o anticoncepcional...
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
  • SE CUIDA!
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
    A primeira consulta com o ginecologista é um momento muito importante para esclarecer...
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
  • VER TODAS >