Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Sintomas de menstruação a caminho: cólica, dor nos seios e mais

Sintomas de menstruação a caminho: cólica, dor nos seios e mais

A TPM (Tensão Pré Menstrual) acontece cerca de 5 a 10 dias antes da menstruação. Seus sintomas, que incluem oscilações de humor, irritabilidade, e compulsão alimentar, podem diminuir gradativamente ou desaparecer antes da mulher ficar menstruada. Entretanto, o organismo feminino ainda dá outros sinais de que a menstruação vai descer conforme o período menstrual se aproxima. Seios inchados e doloridos, cólica e sensação de perna pesada, por exemplo, tendem a aparecer bem perto do período menstrual e, por isso, são considerados sintomas de menstruação a caminho.

 

Essas manifestações podem variar para cada organismo e são diretamente ligadas às alterações hormonais características do período menstrual, especialmente o aumento de progesterona e a queda do estrogênio.

 

Veja a seguir quais são os sintomas mais comuns da TPM e como saber se a menstruação vai descer:

 

1. A cólica menstrual é resultado das contrações que o útero faz para expelir a menstruação

 

A menstruação nada mais é que o endométrio descamado e expelido em forma de sangue menstrual. Caso você não saiba, o tecido endometrial é responsável por revestir as paredes internas do útero e preparar o órgão do sistema reprodutivo feminino para receber a gravidez. Quando a fecundação não acontece, o endométrio se desfaz e é eliminado pela vagina através da menstruação. 

 

Para que essa camada endometrial seja liberada por meio do sangramento vaginal, o útero passa a realizar movimentos e contrações (estimulados por uma substância chamada prostaglandina). Este processo gera a dor pélvica conhecida como cólica menstrual, que, em alguns casos, ainda pode se estender para as pernas e região lombar.

 

2. Retenção de líquido e inchaço abdominal são consequência do aumento de progesterona próximo à menstruação

 

Perto da menstruação, os níveis de progesterona no organismo feminino se tornam mais altos. Como resultado, a produção do hormônio aldosterona também é elevada. Essa substância está diretamente ligada ao sistema renal da mulher e, quando presente em grandes quantidades, pode levar à retenção de líquido e barriga inchada. 

 

O sintoma pode persistir, em média, até o 4º dia da menstruação. Medidas como praticar exercícios físicos e investir em uma dieta balanceada, com menos sódio e mais líquidos, podem ajudar a reduzir esse inchaço. 

 

3. A dor de cabeça antes da menstruação é provocada pela queda do hormônio estrogênio

 

Algumas mulheres sentem dor de cabeça quando estão para menstruar e até mesmo durante os primeiros dias do período menstrual. A explicação para esse sintoma está associada à queda do nível de estrogênio no organismo da mulher. O hormônio é diretamente ligado ao ciclo menstrual e sua baixa é uma das responsáveis por desencadear a menstruação.

 

4. Oscilações de humor, como ansiedade e irritabilidade, também são um sintoma de menstruação a caminho

 

Irritabilidade, ansiedade, tristeza e outras oscilações do humor são características dos dias que antecedem a menstruação. Durante este período, o corpo feminino passa por uma queda dos hormônios progesterona e serotonina. Esta última, para quem não sabe, é a substância responsável pela sensação de prazer e bem-estar. Por isso, é normal que a mulher experiencie alterações de humor e  até mesmo sentimentos como dificuldade de concentração e depressão. 

 

5. Cansaço e fadiga são efeito das alterações hormonais características da menstruação

 

Todo mês, a produção hormonal do organismo feminino é elevada a fim de preparar o corpo para uma possível gravidez. Quando o óvulo maduro liberado durante a ovulação não é fertilizado, os hormônios produzidos para receber a gestação passam por uma queda significativa. Essa mudança brusca pode deixar as mulheres bastante cansadas e com sensação de fadiga extrema. Pelo menos, até que o nível hormonal seja normalizado novamente.   

 

6. Seios inchados e doloridos são mais um sintoma desencadeado pelas alterações hormonais perto da menstruação

 

As oscilações hormonais associadas à chegada da menstruação também são as responsáveis por estimular os tecidos da região mamária e deixar os seios inchados e doloridos. Mais uma justificativa para esse sintoma é a retenção de líquido, que é outra reação do organismo feminino às alterações hormonais do corpo perto da menstruação. 

 

7. Dor nas pernas e nas costas durante os dias que antecedem a menstruação costuma ser reflexo da cólica menstrual 

 

Em muitos casos, a dor nas costas e pernas perto da menstruação é apenas uma extensão da cólica menstrual, que pode ser tão forte a ponto de acometer outras partes do corpo da mulher. A retenção de líquido, causada pelo aumento de progesterona nesta fase do mês, também é uma justificativa para a sensação de perna pesada e inchada. 

 

8. Maior oleosidade da pele e cabelo também são efeito das alterações hormonais da menstruação

 

É comum notar o aparecimento de acne e cravos nos dias que se aproximam à menstruação. Isso acontece porque as alterações hormonais deste período aumentam a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, deixando a pele e cabelo mais oleosos. Algumas mulheres recorrem à pílula anticoncepcional combinada para contornar este efeito cíclico do organismo. Porém, é importante ter a opinião de um(a) profissional antes de iniciar qualquer tratamento com medicação.   

 

Exercícios físicos e alimentação apropriada ajudam a aliviar os sintomas da TPM

 

Existem algumas medidas capazes de aliviar os sintomas antes da menstruação descer. Praticar atividades físicas, por exemplo, pode ser bastante útil para amenizar a cólica menstrual e reduzir o estresse típico da TPM. A ação benéfica dos exercícios físicos se dá, principalmente, pelo estímulo à produção de endorfina (substância responsável pela sensação de prazer e bem-estar). Por isso, movimentar o corpo é uma ótima pedida!

 

Hábitos alimentares também podem ter influência nos sintomas de TPM. Para reduzir a retenção de líquido, o ideal é consumir alimentos com menos gorduras e carboidratos. Ingredientes com alto teor de sódio, como os industrializados, aumentam o inchaço corporal e devem ser evitados em excesso. Além disso, ainda é possível recorrer a determinados medicamentos, como remédios anti-inflamatórios. Converse com o(a) seu(a) ginecologista para encontrar a solução que mais se adequa as suas necessidades.

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Esqueci de tomar anticoncepcional 2 dias. O que devo fazer?
    “Esqueci de tomar anticoncepcional 2 dias e agora?”. Se você compartilha dessa dúvida,...
    Esqueci de tomar anticoncepcional 2 dias. O que devo fazer?
  • SE CUIDA!
    Lubrificação feminina é essencial na hora do sexo
    A lubrificação feminina é um fluido produzido pela vagina como resposta à excitação...
    Lubrificação feminina é essencial na hora do sexo
  • Quiz
    QUIZ : Você sabe o que é mito e o que é verdade sobre a saúde íntima feminina?
    Saber como cuidar da saúde íntima feminina faz toda a diferença na prevenção de incômodos...
    QUIZ : Você sabe o que é mito e o que é verdade sobre a saúde íntima feminina?
  • SE CUIDA!
    Veja 5 benefícios de rebolar a pelve
    Os benefícios de dançar rebolando vão muito além da diversão! A circundução da pelve (...
    Veja 5 benefícios de rebolar a pelve
  • VER TODAS >