Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Síndrome do Ovário Policístico engorda? Tire 12 dúvidas sobre a SOP

Síndrome do Ovário Policístico engorda? Tire 12 dúvidas sobre a SOP

Você sabe o que o ovário policístico pode causar? Embora atinja entre 5% a 10% das mulheres em idade fértil, segundo dados da Organização Mundial de Saúde, a Síndrome do Ovário Policístico (SOP) ainda gera muitas dúvidas. A seguir, o Só Delas esclarece esse e outros detalhes sobre a condição! Confira:

 

  1. O que é Síndrome do Ovário Policístico?

 

O termo “síndrome” é utilizado para descrever um conjunto de sintomas associados a uma condição clínica. Tendo isso em mente, fica mais fácil entender o que é Síndrome do Ovário Policístico. A SOP é um transtorno metabólico que interfere no processo de ovulação e compromete o desenvolvimento dos folículos responsáveis pela formação dos óvulos da mulher. Como resultado, formam-se múltiplos cistos nos ovários. Esses cistos aumentam a produção do hormônio estrogênio e estimulam características masculinas no organismo feminino, além de causar irregularidade menstrual.  

 

  1. Como saber se tenho Síndrome dos Ovários Policísticos? 

 

O diagnóstico da Síndrome dos Ovários Policísticos deve ser feito através de uma avaliação médica individualizada. O(a) ginecologista confirmará o quadro após a descrição dos sintomas, a análise clínica e os resultados de exames complementares, como a ultrassonografia pélvica ou transvaginal. 

 

  1. Quais são os sintomas de Síndrome do Ovário Policístico?

 

Quando o assunto é a Síndrome do Ovário Policístico, sintomas como irregularidade menstrual e aumento da oleosidade da pele estão entre os mais conhecidos. Mas, não para por aí! A SOP também está associada a outros incômodo, incluindo: ganho de peso, aumento da quantidade de pelos no rosto, na barriga e nos seios, maior tendência a acne, escurecimento da pele da axila, do pescoço, da virilha e/ou abaixo das mamas, ciclos anovulatórios e dificuldade para engravidar. 

 

Além disso, mulheres com a Síndrome do Ovário Policístico estão mais propensas a sofrer com o colesterol elevado, diabetes e problemas cardiovasculares e no fígado. 

 

  1. Síndrome do Ovário Policístico engorda a barriga?

 

A Síndrome do Ovário Policístico pode causar ganho de peso graças à secreção inadequada de insulina. O transtorno ainda está associado a um tipo específico de obesidade - a obesidade visceral, que se acumula no tronco (em especial, no abdômen) e pode modificar as proporções corporais ideais do corpo da mulher. 

 

  1. Síndrome do Ovário Policístico - como emagrecer?

 

Tendo em vista que a SOP pode levar ao aumento da gordura corporal, é comum se perguntar “como emagrecer com ovários policísticos?”. Sem contar a melhora na autoestima, a perda de peso tende a contribuir para a regulação dos níveis hormonais da mulher e a consequente melhora nos sintomas da SOP. 

 

O primeiro passo para saber o que fazer para emagrecer quando se tem ovário policístico é buscar um acompanhamento médico multidisciplinar com ginecologista, endocrinologista e/ou nutricionista. A dieta para quem tem ovário policístico costuma ser pautada na diminuição de carboidratos e na introdução de ingredientes ricos em proteínas e gorduras boas. 

 

Além dessa dieta para Síndrome do Ovário Policístico, vale investir em exercícios para quem tem ovário policístico. Para combater o ganho de peso proveniente da Síndrome do Ovário Policístico, exercício físico de alta intensidade (HIIT) costuma ser uma boa alternativa. Para seguir a rotina ideal, converse com um(a) especialista.  

 

  1. Como é a menstruação de quem tem ovário policístico? 

 

Como já explicamos acima, a irregularidade menstrual é um dos sintomas característicos da Síndrome do Ovário Policístico. Mulheres com a SOP costumam ter alterações na duração do ciclo menstrual e na intensidade do fluxo menstrual, podendo ter ciclos anovulatórios (com ausência de ovulação) com frequência. 

 

  1. Síndrome do Ovário Policístico pode virar câncer? 

 

A Síndrome do Ovário Policístico pode aumentar as chances de desenvolver câncer de endométrio, que é o tecido que reveste o interior do útero. Isso graças à possibilidade de hemorragias uterinas e a exposição contínua da camada endometrial ao estrogênio. O tratamento com a pílula anticoncepcional pode colaborar para o controle da irregularidade menstrual e reduzir esse risco de câncer no endométrio.  

 

  1. Síndrome do Ovário Policístico causa dor de cabeça?

 

Às vezes, quem tem ovários policísticos sente dor de cabeça. O sintoma não está presente necessariamente em todas as mulheres com SOP, mas pode acontecer. A Síndrome do Ovário Policístico causa dor de cabeça devido às alterações hormonais associadas ao transtorno. 

 

  1. Síndrome do Ovário Policístico e diabetes: qual é a relação? 

 

Existe uma relação entre Síndrome do Ovário Policístico e resistência à insulina, que é uma hormona responsável por promover a entrada de glicose nas células. Quando essa resistência ocorre, as células ficam menos sensíveis e precisam de maiores níveis de insulina para absorver a mesma quantidade de glicose que absorveriam em condições normais. Como resultado disso, acontece o excesso de produção de hormônios masculinos e uma maior predisposição a desenvolver diabetes do tipo 2. 

 

  1. Quem tem Síndrome do Ovário Policístico pode engravidar? 

 

Síndrome do Ovário Policístico e infertilidade não andam juntos. De fato, a condição pode dificultar a gravidez por tornar o processo ovulatório irregular. Mas, isso costuma ser resolvido com o acompanhamento de um(a) ginecologista e, quando necessário, a utilização de indutores de ovulação. Em último caso, pode-se fazer a fertilização in vitro.  

 

  1. Quais são os tratamentos para Síndrome do Ovário Policístico? 

 

O tratamento para Síndrome do Ovário Policístico deve ser definido pelo(a) médico(a) com base nos sintomas da paciente e no grau de intensidade da condição. Outro fator que faz diferença é a vontade - ou não - de engravidar. 

 

Vale ainda ressaltar que a SOP não tem cura. O tratamento visa controlar os sintomas, como irregularidade menstrual e o surgimento de características masculinas no corpo da mulher. No geral, o tratamento pode ser feito com alguns métodos contraceptivos hormonais, como a pílula anticoncepcional e o implante contraceptivo. 

 

Outro remédio para Síndrome do Ovário Policístico que pode ser necessário são os sensibilizadores insulinêmicos, que ajudam a combater a resistência à insulina. Manter um estilo de vida saudável, com uma alimentação balanceada e uma boa rotina de exercícios físicos, também é essencial. 

 

  1. Qual anticoncepcional é indicado para ovário policístico? 

 

A pílula anticoncepcional e o implante contraceptivo costumam ser as alternativas mais indicadas para mulheres com SOP. No entanto, apenas o(a) ginecologista poderá indicar a melhor opção. Jamais se automedique, ok? 

 

Em relação à Síndrome do Ovário Policístico e DIU, vai depender das especificidades da paciente. Embora não seja capaz de alterar o quadro de SOP, o DIU de cobre pode ser benéfico para diminuir os riscos de câncer de endométrio. Por não conter hormônios em sua composição, esse tipo de DIU para ovário policístico também é uma alternativa para ser utilizado em conjunto com as drogas sensibilizadoras de insulina. 

 

Já o DIU hormonal pode acabar piorando a oleosidade da pele e agravando a tendência a acne. Na dúvida, não deixe de conversar com o(a) ginecologista.

PRODUTOS
Relacionado

CAREFREE® TodoDia
CAREFREE® TodoDia

semprelivre_bottom1_dance_new

  • VOCÊ SABIA?
    Ih, choveu! Veja ideias do que fazer para se divertir com as amigas mesmo dentro de casa
    Tem dias que a gente combina de sair com as amigas, mas a previsão do tempo não colabora..
  • VOCÊ SABIA?
    6 coisas que você precisa saber antes de viajar com seus amigos
    Fazer uma viagem acompanhada de amigos é uma das melhores coisas da vida! Se divertir, pa..
  • VOCÊ SABIA?
    4 coisas que passam pela sua cabeça antes de chegar ao primeiro encontro
    Por mais que a gente seja confiante, o primeiro encontro com o carinha interessante sempre..
  • VOCÊ SABIA?
    Vai passar o dia na praia? Veja o que levar na bolsa!
    No verão, tudo o que a gente mais quer é relaxar, se divertir e ficar com aquele bronzea..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >