Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Sangramento após relação sexual: o que pode ser?

Sangramento após relação sexual: o que pode ser?

É comum que algumas mulheres tenham um sangramento vaginal depois da primeira vez por causa do rompimento do natural do hímen. Mas, quando ela já tem uma vida sexual há um tempo, ter um sangramento após relação sexual não é um bom sinal e pode indicar problemas como: infecções vaginais, DSTs, miomas, pouca lubrificação ou inflamação no colo do útero ou vagina. Por isso, ao perceber qualquer tipo de sangramento após a relação sexual, é fundamental procurar um ginecologista para entender melhor o que está acontecendo com o seu corpo e buscar os tratamentos necessários. Para te ajudar a entender os motivos do sangrament, montamos uma lista com as principais causas. Veja abaixo.

 

Conheça 5 causas que podem levar ao sangramento depois do sexo e como elas podem ser resolvidas

 

1) Baixa lubrificação

 

A lubrificação vaginal é a maior aliada das mulheres durante o sexo, já que  ela está ligada à manutenção do prazer durante a relação sexual e facilita o momento da penetração. Nos casos de secura vaginal, a relação sexual pode causar dor e sangramento por conta do atrito do pênis com a vagina ou até mesmo por alguma irritação ou ferida causada pela falta de lubrificação. Para resolver o problema, os ginecologistas indicam o uso de creme ou gel vaginal  para aumentar a lubrificação. 

 

2) Ectopia cervical

 

Ectopia cervical é uma ferida no colo do útero que pode ter diversas causas, como: alergias, infecções, irritação e até mesmo por questões hormonais. Também conhecida como ectopia papilar, seus sintomas incluem corrimento, cólicas e sangramento, principalmente após o sexo. Isso pode acontecer porque durante a penetração o pênis pode friccionar a ferida e causar mais irritação. O tratamento inclui o uso de cremes ou remédios cicatrizantes para secar as feridas e combater possíveis infecções. 

 

Veja também: Aparelho reprodutor feminino e menstruação: veja como ela acontece dentro do seu corpo 

 

3) DSTs ou infecção vaginal 

 

As DSTs são doenças transmitidas pelo contato sexual e em alguns casos podem causar algum tipo de sangramento vaginal, principalmente por causa de  inflamação das paredes da vagina. Nos casos de herpes genital e sífilis, os sintomas mais comuns são: feridas, corrimento, ardência, coceira e até mau cheiro. Já nos casos de infecção vaginal, como a candidíase, é possível ter um sangramento após da relação sexual, já que a região íntima está mais sensível e irritada. 

 

4) Pólipos no colo do útero ou vaginal 

 

Pólipos são o acúmulo de tecido em alguma parte do corpo dando origem a pequenos carocinhos benignos. Quando eles estão presentes no colo do útero ou na parede da vagina, eles podem causar sangramento após a relação sexual devido a  fricção com o pênis. Por serem bastante vascularizados, os pólipos sangram com facilidade. Os pólipos não são graves, mas dependendo do tamanho e o desconforto que causam, o tratamento pode ser feito por meio de uma pequena cirurgia para remoção. 

 

5) Sexo intenso

 

Sangramento depois do sexo pode indicar algum problema grave na região íntima, mas também pode ser apenas um sinal de que a relação sexual está muito intensa. Em alguns casos, durante a penetração, o atrito entre o pênis e a vagina pode acabar machucando a mulher. Aliás, a vagina é um órgão super sensível e por isso é fundamental que a mulher se sinta mais relaxada e confortável durante todo ato sexual. Por isso, não tenha medo ou vergonha de pedir para seu parceiro ir mais devagar ou com mais calma. Seu bem estar sempre em primeiro lugar. 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Assadura na virilha? Veja como prevenir e tratar o incômodo
    A assadura na virilha feminina pode coçar, arder, causar feridas na pele da região e...
    Assadura na virilha? Veja como prevenir e tratar o incômodo
  • SE CUIDA!
    A pílula do dia seguinte funciona no período fértil?
    A pílula do dia seguinte é um método de emergência que só deve ser utilizado em casos...
    A pílula do dia seguinte funciona no período fértil?
  • Menstruação
    Período fertil: sintomas emocionais podem estar associados à ovulação
    Você sabia que, assim como a TPM (Tensão Pré-Menstrual), o período fértil também provoca...
    Período fertil: sintomas emocionais podem estar associados à ovulação
  • SE CUIDA!
    O que pode causar escape menstrual?
    É normal ter escape menstrual em circunstâncias específicas, como quando a mulher é...
    O que pode causar escape menstrual?
  • VER TODAS >