Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Sabonete íntimo pode ser usado todos os dias? Ginecologista responde!

Sabonete íntimo pode ser usado todos os dias? Ginecologista responde!

O sabonete íntimo feminino é um grande aliado na higiene íntima. Quando é usado corretamente, o produto ajuda a retirar o excesso de gordura e secreções dos pequenos e grandes lábios e virilha, além de hidratar a pele e evitar o mau cheiro que pode surgir devido ao acúmulo de secreções e suor. Sem contar que, com uma boa higiene, a sensação de limpeza e frescor é garantida.


No entanto, é preciso ter cautela com o uso excessivo de sabonete íntimo. Para alguns médicos, o uso frequente pode acabar eliminando a camada protetora natural da área íntima, alterar o pH da vagina e causar o desequilíbrio da flora vaginal, tornando a região mais vulnerável a alergias e corrimentos.


Devido a isso, muitos ginecologistas são mais resistentes ao produto e indicam usar moderadamente. Mas afinal, sabonete íntimo pode ser usado todos os dias? Nós conversamos com a ginecologista Mariana Conforto para saber quais são os benefícios da higiene genital com sabonete íntimo e como usar corretamente. 

 

Veja também: Guia da higiene íntima: Infográfico mostra o que fazer e o que evitar

 

Sabonete íntimo faz mal? Tiramos a dúvida com a ginecologista

 

A higiene íntima é uma etapa essencial da rotina de cuidados de qualquer mulher. De acordo com a Dra. Mariana Conforto, o sabonete íntimo pode ser usado diariamente sem problemas, mas não é uma regra de limpeza. “O sabonete íntimo é uma boa ferramenta para a higiene íntima auxiliando a assepsia da área. Mas ele não é obrigatório. A água é a ferramenta principal”, diz. 

 

Segundo a médica, na hora de escolher produtos para higiene íntima feminina, o ideal é optar pelos sabonetes líquidos de pH neutro. “Como temos os lábios vaginais, o sabonete líquido é mais delicado e indicado nesses casos”. 
 

A higiene íntima deve ser feita apenas na região externa e, no máximo, duas vezes ao dia 

 

Tão importante quanto escolher o melhor sabonete íntimo, é ficar atenta ao uso correto. A Dra. Mariana Conforto chama atenção para os cuidados na hora de aplicar o produto, sempre na área externa. “A única regra é não usar dentro do canal vaginal. Deve ser usado na vulva e na parte externa da genitália. Nunca dentro do canal, justamente para não irritar e não mudar o pH vaginal”. Fazer a limpeza na área interna retira a proteção natural da região, que funciona como uma barreira contra microorganismos invasores. Assim, a região íntima fica mais vulnerável a infecções. 

 

Aliás, mesmo sendo liberado usar o sabonete íntimo diariamente, o ideal é usar apenas uma vez ao dia, sempre na hora do banho e em pouca quantidade. Uma gota já é o suficiente para espalhar bem, sempre com os dedos.  A higienização também não precisa ser longa e muito menos agressiva. Por isso, nada de esfregar com força ou usar uma esponja. Também é fundamental que todo o produto seja retirado com a água no final. 

 

Ducha vaginal e lenço umedecido devem ser evitados na higiene íntima feminina 

 

A higiene íntima é importante e deve ser feita corretamente, sem excessos. A ducha vaginal, muitas vezes utilizada para higienizar internamente a genitália, não deve ser usada em nenhuma ocasião. Seu uso provoca desequilíbrio da flora vaginal, além de alterar o pH íntimo. 

 

Os lenços umedecidos também não são recomendáveis para fazer a higiene diariamente, pois podem causar irritações e alergias, principalmente os com cheiro. Podem ser uma alternativa em situações de emergência. 

 

Como a região íntima é naturalmente mais sensível, algumas mulheres frequentemente reclamam de sintomas como coceira, alergias e irritação. Nesse caso, o ideal é suspender o uso do sabonete íntimo e procurar um ginecologista para saber se o incômodo tem a ver a higienização ou não. 

 

Entenda a importância do pH e da flora vaginal 

 

O pH vaginal mede o nível de acidez da vagina. Para que ele fique em equilíbrio, é importante que ele esteja sempre entre 3,8 a 4,5. Já a flora vaginal é o conjunto de microorganismos responsáveis pela defesa da vagina. Quando ela desregula, o pH se modifica e se torna mais alcalino. Assim, região íntima fica muito mais suscetível a infecções causadas por fungos e bactérias, como a candidíase e a vaginose bacteriana. 

 

Para manter o pH equilibrado e a flora vaginal em perfeita harmonia, é importante manter uma higiene adequada e evitar hábitos que podem abafar a região íntima e favorecer a proliferação de fungos, como usar biquíni e maiô molhado durante muitas horas e usar calça jeans justa todos os dias. Optar por roupas mais largas e procure usar calcinhas de algodão que contribuem para a ventilação, são boas medidas. 
 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Mariana Conforto - Ginecologista e obstetra da Perinatal
CRM: 5296454-9

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    Mudar anticoncepcional pode atrasar menstruação?
    Você sabia que mudar anticoncepcional pode atrasar a menstruação ou até mesmo provocar...
    Mudar anticoncepcional pode atrasar menstruação?
  • Menstruação
    Candidíase atrasa a menstruação?
    Muitas mulheres têm dúvidas se a candidíase atrasa a menstruação. A infecção fúngica,...
    Candidíase atrasa a menstruação?
  • Menstruação
    Antibiótico atrasa menstruação? Veja quais compostos podem interferir no ciclo menstrual
    Muitas mulheres acreditam que o uso de antibiótico atrasa a menstruação. Isso porque...
    Antibiótico atrasa menstruação? Veja quais compostos podem interferir no ciclo menstrual
  • Quiz
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação? Teste seus conhecimentos
    A ovulação e o período fértil são duas fases do ciclo menstrual em que a mulher tem mais...
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação?  Teste seus conhecimentos
  • VER TODAS >