Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Reposição hormonal: o que é e quais os benefícios para o ciclo menstrual?

Reposição hormonal: o que é e quais os benefícios para o ciclo menstrual?

Você já conhece a reposição hormonal? É uma terapia feita com os principais hormônios sexuais femininos, estrogênio e progesterona. Ela funciona com algumas doses deles, fazendo com que o corpo se adapte a essa nova rotina, deixando de produzi-los. “Os hormônios sexuais irão bloquear a produção normal do ovário, e, com isso, estarão estimulando o endométrio de forma regular”, explica o ginecologista Rogério Leão. É mais comum de encontrar essa terapia em pílulas anticoncepcionais. Mas, ela também pode ser usada em diferentes situações. Perguntamos ao profissional quais são esses casos e qual a importância de realizar o tratamento com um profissional de confiança.

 

Reposição hormonal ajuda ciclos irregulares

 

Quem mais pode sentir os benefícios da reposição hormonal são meninas com ciclo menstrual irregular. Esse pode ser o caso de meninas com uma menstruação durando mais de 7 dias, com grande volume de sangramento ou com o fluxo intenso. “Com a reposição hormonal, conseguimos regularizar os ciclos, diminuir o volume do sangramento, além de cólicas. Se a paciente preferir, pode-se ainda inibir os ciclos menstruais”, comenta o especialista.

 

É muito importante tratar esses casos porque eles dão sinais de problemas futuros no endométrio. Sem a regularização, ele pode não se descamar regularmente, ficando espesso e causando sangramentos intensos e fora do período menstrual. “Elas podem ficar com essa camada muito espessa e aumentar o risco de câncer de endométrio. O tratamento hormonal a protege disso”, alerta ele.

 

Para quem essa terapia é recomendada?

 

A terapia hormonal com os anticoncepcionais pode ser recomendada para praticamente todas as meninas que já tiveram sua primeira menstruação. Mas algumas pacientes podem precisar da reposição. É o caso de mulheres que naturalmente produzem o hormônio masculino, testosterona, mais do que o normal. Essa é a situação das pacientes com ovário policístico. Nelas, é comum ter um aumento de acnes, oleosidade e pelos no corpo, por exemplo. “Com o tratamento hormonal, bloqueamos a produção desses androgênios pelos ovários, havendo melhora significativa da pele e desses sintomas”, indica o médico.

 

Uma outra situação é para as meninas que têm sintomas graves da TPM por conta dos ciclos ovulatórios. Nessa situação, a reposição é feita para bloquear a produção do ovário. “Há menor produção de prostaglandinas, as substâncias responsáveis pelas cólicas menstruais, que podem melhorar com uso de hormônios”, comenta. Além desses, mulheres perto da menopausa também podem fazer o tratamento. Nesses casos, a terapia é feita com doses menores dos hormônios.

 

Reposição hormonal deve ser acompanhada por um profissional

 

Se você já menstrua há algum tempo, deve saber das loucuras que nossos hormônios nos fazem passar, né? Sentimos aquelas alterações de humor durante a TPM por conta deles. E, por isso, tudo que os envolve deve ter uma séria responsabilidade! Realizar a terapia de reposição hormonal sem um médico pode trazer altos riscos à saúde da menina. “Pacientes com  fatores de risco para trombose podem ter eventos trombo embólicos com seu uso, ou seja trombose, acidente vascular cerebral e infarto”, alerta ele. Por isso, não arrisque-se por conta própria até mesmo na hora de comprar a cartela de anticoncepcional. Tudo deve ser conversado com seu ginecologista antes.

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dr. Rogério Leão - Ginecologista e Obstetra do IPGO (Inst. Paulista de Ginecologia e Obstetrícia) e Médico Assistente na área de Ginecologia do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM/ UNICAMP)
CRM: 104.152

Bottom_OB_celebration

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação? Teste seus conhecimentos
    A ovulação e o período fértil são duas fases do ciclo menstrual em que a mulher tem mais...
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação?  Teste seus conhecimentos
  • Menstruação
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
    Na maioria das vezes, a menstruação preta é normal e não representa problemas de saúde....
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
  • Menstruação
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
    Muitas mulheres ficam em dúvida sobre quantos dias depois de acabar o anticoncepcional...
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
  • SE CUIDA!
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
    A primeira consulta com o ginecologista é um momento muito importante para esclarecer...
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
  • VER TODAS >