Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Qual é o seu tipo de pele? Dermatologista ensina os principais cuidados para cada uma

Qual é o seu tipo de pele? Dermatologista ensina os principais cuidados para cada uma

Você sabe identificar qual o seu tipo de pele? Segundo a dermatologista Gabriella Albuquerque, existem vários tipos, mas as mais comuns de se encontrar são a sensível, seca, oleosa ou mista. Para mante-la sempre bonita e saudável, antes de tudo, é preciso entender qual é o seu tipo dentro dessas quatro citadas, vendo as características de cada uma. Assim, fica mais fácil direcionar os cuidados e usar os produtos e componentes que melhor vão agir em benefício do seu tipo específico de pele. Pensando nisso, pedimos para a profissional nos contar quais as características principais de cada uma delas e seus respectivos produtos e substâncias mais indicados. Veja qual é o seu!

 

Pele sensível

 

É o tipo de pele um pouco mais vermelhinha do que o normal. Ela fica irritada mais facilmente, já que consegue reagir aos agentes externos sem muito esforço. “É a pele vermelha, principalmente nas maçãs do rosto, que piora com alterações de clima, estresse ou mudança alimentar. Pode ter acne, couperose rosácea ou dermatite seborreica”, comenta a especialista. Para cuidar bem dela, a profissional recomenda produtos com ácido azelaico, rutina e vitamina B3.

 

Pele seca

 

Assim como a pele sensível, ela é mais sequinha e fina. Ela tem uma maior tendência a descamar, além de ter pouco brilho e oleosidade. “Tem aspecto de endurecida, sem viço e sem suavidade ao toque”, define ela. É comum para esse tipo de pele rugas finas e o envelhecimento precoce. Por isso, os cuidados devem ser voltados principalmente quando há a ação do sol, dos ventos e do frio. Para isso, são recomendáveis produtos como vitamina B5 e aloe vera.

 

Pele oleosa

 

É a pele que tem uma maior produção de sebo e óleo. “É caracterizada pelos poros dilatados e oleosidade. Ela é brilhosa nas bochechas e testa”, conta a profissional. Também é comum de se acumular essas secreções na região do nariz, facilitando o aparecimentos de cravos, aquelas pontinhas escuras. Nessa pele, as acnes também aparecem com uma maior facilidade, exigindo cuidados específicos, como o acompanhamento médico. Para a ela, a profissional sugere o zinco.

 

Pele mista

 

A pele mista pode ter características tanto da pele seca, quanto da oleosa - sim, as duas ao mesmo tempo. Nesse caso, a oleosidade predomina no T do rosto, ou seja, no nariz, queixo e testa. Ela é caracterizada pelos poros dilatados nessa área e, ao mesmo tempo, uma pele fina, opaca e com poros pouco visíveis nas bochechas. “Nestes casos, o uso de hidratante livre de óleo está super indicado”, indica ela.

 

Fique de olho na aparência de sua pele


Independente do seu tipo de pele, é muito importante ficar sempre atenta à aparência dela. Ao notar manchas pela pele, por exemplo, você deve imediatamente procurar um especialista. Elas podem ser verdadeiros indicadores de doenças e problemas. A psoríase, por exemplo, é uma doença inflamatória que se inicia somente com as manchas, mas que pode provocar descamações bem chatas. O melasma é um outro problema caracterizado por manchas escuras e pode fazer com que toda a pele fique manchada se não tratado. Já o câncer de pele também tem início com manchas vermelhas, quase escuras, e o sucesso de seu tratamento está diretamente ligado ao rápido diagnóstico. Um outro caso é o surgimento de bolinhas esverdeadas ou amareladas, caracterizando uma pele colonizada. “É a presença de pústulas que indicam uma contaminação bacteriana”, explica ela. Por isso, não se esqueça de se consultar com um especialista com uma certa frequência para garantir que anda tudo bem com a sua pele.

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Gabriella Albuquerque - Dermatologista
CRM-RJ: 71503-4

http://gabriellaalbuquerque.com.br/
 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Assadura na virilha? Veja como prevenir e tratar o incômodo
    A assadura na virilha feminina pode coçar, arder, causar feridas na pele da região e...
    Assadura na virilha? Veja como prevenir e tratar o incômodo
  • SE CUIDA!
    A pílula do dia seguinte funciona no período fértil?
    A pílula do dia seguinte é um método de emergência que só deve ser utilizado em casos...
    A pílula do dia seguinte funciona no período fértil?
  • Menstruação
    Período fertil: sintomas emocionais podem estar associados à ovulação
    Você sabia que, assim como a TPM (Tensão Pré-Menstrual), o período fértil também provoca...
    Período fertil: sintomas emocionais podem estar associados à ovulação
  • SE CUIDA!
    O que pode causar escape menstrual?
    É normal ter escape menstrual em circunstâncias específicas, como quando a mulher é...
    O que pode causar escape menstrual?
  • VER TODAS >