Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Preventivo: o que é, como é feito e o que esperar desse exame que toda mulher precisa fazer

Preventivo: o que é, como é feito e o que esperar desse exame que toda mulher precisa fazer

O preventivo é o principal exame ginecológico e não tem por que fugir: toda mulher em idade reprodutiva precisa fazer. O motivo? É a melhor forma de saber se anda tudo certo com a sua saúde vaginal. O Papanicolau, nome científico do exame de prevenção, é basicamente uma coleta da secreção do colo do útero, que é colocado em uma lâmina e enviado para avaliação em um laboratório. Se forem detectadas células anormais, o ginecologista pode pedir exames mais específicos — como a colposcopia — e, caso necessário, iniciar o tratamento para evitar que a doença pré-maligna se transforme em maligna. É essa a razão de o Papanicolau ser conhecido como o exame preventivo do câncer de colo do útero. Conversamos com o ginecologista Marco Aurélio Pinho de Oliveira para entender o que é o preventivo e quando deve ser feito.

 

O que é preventivo: saiba quando fazer o exame ginecológico

 

O preventivo é um exame ginecológico essencial para todas as mulheres que já iniciaram a vida sexual. Dr. Marco Aurélio explica que sua finalidade é prevenção e diagnóstico do câncer de útero. “O objetivo do teste é detectar alterações nas células do colo do útero que possam se transformar em câncer. Tais alterações costumam ser causadas pelo HPV (vírus do papiloma humano)”. De acordo com o especialista, a frequência para realização do preventivo varia conforme a idade e os resultados dos preventivos anteriores. “De modo geral, o preventivo deve ser feito anualmente, mas pode ser antecipado em casos de alterações”, diz.

 

Como é feito o preventivo 

 

O preventivo é realizado no consultório do ginecologista. Segundo o médico, o exame é bem rápido e não costuma ultrapassar 10 minutos. “É feita uma coleta da secreção do colo do útero, utilizando espátula e escovinha. Depois o material é colocado em uma lâmina de vidro para ser analisado posteriormente em microscópio”, esclarece. Durante o procedimento, a mulher deve ficar deitada em posição ginecológica, com as pernas entreabertas e apoiadas em um suporte. Tudo é feito dentro do consultório, com os instrumentos adequados e com um profissional. O exame é rápido e não causa dor. 

 

O resultado do exame pode identificar infecções vaginais, doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), além de alterações benígnas ou malignas, como lesões e tumores. O papanicolau sozinho não confirma o diagnóstico de câncer de útero, mas é importante para identificar uma pré-disposição e ajuda a prevenir o problema. Quando há suspeita, o médico infica outros testes complementares e mais detalhados. 

 

Quem é virgem precisa fazer o exame preventivo? 

 

O ginecologista diz que, segundo o Ministério da Saúde, as mulheres virgens não necessitam realizar a coleta de exame citopatológico de colo de útero. Para as que já tiveram relações sexuais, o início da coleta deve ser aos 25 anos.

 

A preparação para o exame preventivo 

            

Seguindo recomendações do Ministério da Saúde, não se deve ter relações sexuais dois dias antes do exame, nem mesmo com camisinha. “No mesmo período, não se devem usar duchas ou medicamentos vaginais. Além disso, o exame não pode ser feito durante a menstruação”, comenta o médico. O mais indicado é realizar o exame entre o décimo e vigésimo dia depois da chegada da menstruação. 

 

De quanto em quanto tempo tenho que fazer o preventivo?

 

Como o exame tem a função de detectar doenças em um primeiro momento e analisar a saúde íntima da mulher, é necessário que ele seja feito regularmente. Por isso, a frequência do preventivo vai variar para cada caso. Geralmente, ele pode ser feito uma vez ao ano. Mas, se a mulher tiver notado qualquer alteração na região, é possível antecipar esse período. Outro caso é aquele em que os últimos dois exames ginecológicos não indicaram nenhum problema. Nessa situação, a mulher pode diminuir a frequência e os testes podem ser feitos de três em três anos. Mas não deixe de ir ao ginecologista, ok? 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dr. Marco Aurélio Pinho de Oliveira - Ginecologista

CRM: 52.52422-7

 

*Matéria atualizada em 28/02/2020

bottom1_batom_Carefree

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Cravos no nariz: saiba como os pontinhos pretos aparecem na sua pele e como se livrar deles
    Sabe aqueles pontinhos escuros que vez ou outra surgem na nossa pele? Eles são chamados d..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Aprenda 5 truques de maquiagem que vão levantar sua autoestima!
    Sabe aqueles dias que você não acorda muito satisfeita com o espelho? Ou quando você es..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Confira 4 dicas para ter unhas fortes e saudáveis!
    Ter unhas bonitas não é uma tarefa tão simples como parece, né? Mas com cuidado a gent..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Vai sair com um boy novo? Veja 8 dicas para um encontro perfeito!
    Pode ser aquela pessoa que pega o mesmo transporte que você todos os dias ou o garoto da ..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Saúde da mulher
    SOP: sintomas e tratamentos da síndrome que atinge as mulheres
    A Síndrome do Ovário Policístico é uma disfunção hormonal que leva ao crescimento de...
    SOP: sintomas e tratamentos da síndrome que atinge as mulheres
  • SE CUIDA!
    5 tipos de depilação feminina: prós e contras de cada método
    A depilação íntima faz parte da vida de muitas mulheres. Para isso, é possível encontrar...
    5 tipos de depilação feminina: prós e contras de cada método
  • SE CUIDA!
    Corrimento ou lubrificação feminina? Saiba diferenciar as secreções vaginais
    Muitas pessoas ficam em dúvida sobre qual a diferença entre corrimento e secreção vaginal...
    Corrimento ou lubrificação feminina? Saiba diferenciar as secreções vaginais
  • SE CUIDA!
    Tabelinha: por que o método é falho e outras opções de anticoncepcionais com mais eficácia
    A tabelinha é um método contraceptivo natural baseado na análise do ciclo menstrual....
    Tabelinha: por que o método é falho e outras opções de anticoncepcionais com mais eficácia
  • VER TODAS >