Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Preventivo: dói? O que detecta? Saiba quando fazer o exame

Preventivo: dói? O que detecta? Saiba quando fazer o exame

O exame preventivo de colo de útero, também conhecido como Papanicolau, é um dos principais exames ginecológicos que as mulheres em idade fértil precisam realizar. Seu objetivo é detectar possíveis alterações nas células do colo do útero a partir da coleta de secreção da região para análise em laboratório. Dessa forma, é possível detectar precocemente problemas ginecológicos como infecções vaginais, Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), lesões, tumores e, principalmente, o câncer de colo uterino, causado pelo vírus HPV. O procedimento é rápido, não dói e é realizado no próprio consultório por um ginecologista.

 

O preventivo faz parte da rotina de prevenção das mulheres com vida sexual ativa. Ele deve ser feito com ou sem a manifestação de sintomas ou alterações aparentes. A periodicidade varia de acordo com idade e os resultados anteriores, mas geralmente é indicado fazer o exame anualmente ou a cada dois anos. Saiba mais sobre o que é preventivo, como é feito e o que esperar do procedimento. 

 

Fazer o preventivo não dói! Veja como é feito o exame  papanicolau 

 

O preventivo não dói, mas algumas mulheres acabam sentindo um pequeno desconforto, principalmente quando não conseguem relaxar a musculatura da vagina. Por isso, durante o exame, procure ficar tranquila e se a dor for intensa, sinalize o ginecologista. O exame preventivo é feito com a mulher deitada em posição ginecológica, ou seja,  com as pernas entreabertas e apoiadas em um suporte. O procedimento dura  cerca de 5 minutos. O profissional primeiro faz uma análise da parte externa da região íntima e, em seguida, introduz um espéculo na vagina da mulher. Essa etapa busca identificar a presença de alguma infecção, inflamação ou corrimento nas paredes internas da vagina e colo do útero. Depois, é feita a coleta de células da secreção do colo do útero e da parede do canal vaginal com uso de uma espátula e uma escovinha. 

 

Para fazer o exame, é indicado que a mulher evite ter relações sexuais nos três dias anteriores ao procedimento. Outra recomendação é que o preventivo seja feito antes ou após o período menstrual, pois o sangramento pode influenciar no resultado final. 

 

Exame preventivo detecta doenças e infecções vaginais e previne câncer de colo de útero

 

Após a coleta, o material é colocado em uma lâmina de vidro e enviado ao laboratório, onde será analisado por um microscópio. A partir dos resultados, o médico consegue detectar a presença de microorganismos infecciosos na amostra e diagnosticar eventuais alterações região íntima como:

 

  • Infecções vaginais como candidíase e vaginose bacteriana; 

  • Inflamação na vulva e vagina; 

  • Lesões no canal vaginal e colo do útero;

  • Tumores malignos e benignos; 

  • DSTs como tricomoníase, clamídia, gonorreia, sífilis;

  • Presença do vírus HPV.

 

O preventivo ajuda na prevenção e diagnóstico inicial de câncer de útero, mas ele não confirma o resultado sozinho. Quando há suspeita, o médico indica outros testes complementares e mais detalhados. Um deles é a colposcopia, exame de imagem em que o médico utiliza uma lente de aumento para observar com mais clareza o colo do útero e o tecido da vagina. 

 

A periodicidade do preventivo varia de acordo com a idade e o histórico de saúde da paciente

 

Segundo a Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), o preventivo é indicado para todas as mulheres que já iniciaram a vida sexual a partir dos 21 anos. A indicação de quando fazer o preventivo varia de acordo com a idade e histórico de saúde da paciente. Mulheres entre 21 e 29 anos, precisam fazer o teste a  cada dois anos. Ao completar 30 anos, o indicado é que o preventivo passe a ser feito anualmente. No entanto, caso a paciente tenha três exames consecutivos sem nenhum resultado suspeito, ela pode diminuir a frequência e os testes podem ser feitos de três em três anos. 

 

O preventivo também é feito em mulheres que apresentam sintomas como corrimento, coceira e ardência vaginal, incômodo ao urinar e dor durante a relação sexual. Nessa situação, o exame é feito independente da data de realização do anterior. 

 

Mulheres acima dos 65 que não tiveram nenhum resultado anormal não precisam mais repetir o teste. Já as pacientes portadoras do vírus HIV, imunodeprimidas ou com histórico de lesões causadas pelo HPV devem continuar fazendo o exame uma vez por ano, independente da idade. 

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Sintomas de DST: saiba quando é necessário fazer exames
    Sintomas de DST: saiba quando é necessário fazer exames
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Saiba como fazer o autoexame nos seios e por que ele é importante para a sua saúde
    Saiba como fazer o autoexame nos seios e por que ele é importante para a sua saúde
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Menstruação chegou no dia de realizar o exame preventivo: o que devo fazer?
    Menstruação chegou no dia de realizar o exame preventivo: o que devo fazer?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Preventivo: o que é, como é feito e o que esperar desse exame que toda mulher precisa fazer
    Preventivo: o que é, como é feito e o que esperar desse exame que toda mulher precisa fazer
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Dica de amiga
    Dica de amiga
    O que fazer quando o melhor amigo vira crush?
    O que fazer quando o melhor amigo vira crush?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Existe uma posição para aliviar cólicas menstruais? Saiba o que fazer
    Existe uma posição para aliviar cólicas menstruais? Saiba o que fazer
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Saiba por que é importante fazer a higiene íntima após relações sexuais
    Saiba por que é importante fazer a higiene íntima após relações sexuais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    O que não se pode fazer quando está menstruada?
    O que não se pode fazer quando está menstruada?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    O que fazer quando a cordinha do absorvente interno sumir? Veja dicas de uma ginecologista
    O que fazer quando a cordinha do absorvente interno sumir? Veja dicas de uma ginecologista
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Higiene íntima após relação sexual: saiba o que você precisa fazer!
    Higiene íntima após relação sexual: saiba o que você precisa fazer!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    Sempre Livre com cobertura suave ou seca, qual devo escolher?
    O absorvente externo SEMPRE LIVRE® é um verdadeiro companheiro das mulheres durante a...
    Sempre Livre com cobertura suave ou seca, qual devo escolher?
  • SE CUIDA!
    Carefree TodoDia Flexi: conheça o protetor diário que se ajusta a todos os tipos de calcinha
    CAREFREE® TodoDia Flexi é um protetor diário respirável fino, flexível e com formato que...
    Carefree TodoDia Flexi: conheça o protetor diário que se ajusta a todos os tipos de calcinha
  • Menstruação
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
    Ao notar a menstruação com mau cheiro, o ideal é buscar uma avaliação médica para...
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
  • Saúde da mulher
    Ginecologista responde 3 dúvidas frequentes sobre escape menstrual
    O escape menstrual, também conhecido como spotting, é caracterizado por um pequeno...
    Ginecologista responde 3 dúvidas frequentes sobre escape menstrual
  • VER TODAS >