Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Preciso usar protetor solar mesmo quando não está sol?

Preciso usar protetor solar mesmo quando não está sol?

O protetor solar é um produto indispensável na rotina de quem fica exposto a radiação solar. Além de prevenir o câncer de pele e melasma, o seu uso ajuda a combater o envelhecimento precoce, queimaduras e até manchas na pele. Mas você usa protetor solar também nos dias em que não está sol? Se sua resposta foi não, saiba que não é apenas nas temperaturas quentes que o sol pode atuar na nossa pele. Para entender melhor a importância de usar protetor solar todos os dias, nós listamos os motivos para esse item entrar de vez na sua rotina de cuidados diários.

 

 

Efeitos do sol na pele são nocivos à pele e principais responsáveis pelo câncer de pele

 

 

Uma das principais funções do protetor solar é proteger a nossa pele das radiações solares, mas não deve ser usado apenas nos dias de sol e calor. Aliás, o ideal é que ele seja usado todos os dias, inclusive nos dias de frio e até de chuva. Isso porque, mesmo que você não perceba, o sol continua emitindo radiação radiação ultravioleta que são os responsáveis pela alteração de células da pele. A diferença está na intensidade e como sentimos seus efeitos. Nos dias ensolarados, as emissões são bem mais fortes, principalmente se o céu estiver bem limpo sem nenhuma nuvem. Por isso, a maioria das pessoas entende que protetor solar deve ser usado somente nos dias de sol ou na praia. 

 

 

Mas esse hábito é muito prejudicial, pois o impacto do sol na pele é cumulativo. Ou seja, qualquer problema dermatológico é causado pelo sol diário, que ao longo dos anos, lesa as células da nossa pele. As consequências são surgimento de manchas, ressecamento, perda do colágeno, aparecimento de rugas e o temido câncer de pele. Por isso, o ideal é passar protetor solar todos os dias além de evitar ficar muito tempo no sol, principalmente entre os horários de 10 da manhã até as 15 da tarde. 

 

 

Uso de protetor solar reduz os efeitos dos raios UVA e UVB 

 

 

Os raios ultravioleta são um tipo de radiação invisível produzida pelo sol classificados em UVA e UVB e são nocivos à saúde. Os raios UVA são os mais constantes e representam cerca de 95% da radiação que chega ao nosso corpo todos os dias. Eles são os mais preocupantes, pois penetram a pele mais profundamente e são responsáveis pelo envelhecimento precoce, manchas na pele, alergias, doenças e até câncer de pele. Os raios UVB, por sua vez, têm menos incidência na superfície terrestre e atingem a pele mais superficialmente. Seus efeitos são mais imediatos logo após a forte exposição ao sol, como queimaduras e vermelhidão. 

 

 

Filtro solar e protetor solar são sinonimos 

 

 

Na hora de escolher um produto para combater os efeitos nocivos do sol, é normal ficar em dúvida entre filtro e protetor solar. Afinal, os dois são a mesma coisa? Sim, filtro solar e protetor solar são a mesma coisa e independente da nomenclatura, ambos protegem dos raios ultravioletas e reduzem a agressão do sol sobre a pele. 

 

 

Mesmo assim, nem todos protetores, ou filtros solares, são iguais. Na verdade, existe uma diferença na forma como atuam e podem ser classificados em orgânicos e químicos. Os protetores orgânicos absorvem a radiação e transformam em energia não danosa. Já os químicos, refletem a radiação evitando o contato direto com a pele. 

 

Veja também: Do protetor solar a hidratação: 4 dias para cuidar bem da pele 

 

 

Fator de proteção significa o tempo em que a pele fica protegida

 

 

É muito comum associarmos o fator de proteção (FPS) ao poder de proteção do produto, mas na verdade ele está relacionado ao tempo em que a pele fica protegida. Isso significa que, quanto maior o fator de proteção, mais tempo demora até que a ação dos raios solares possa causar algum dano. Por exemplo, se o FPS do produto for de 30,  significa que você vai levar um tempo 30 vezes maior que o normal para sofrer os efeitos solares na sua pele. Um protetor com FPS 60 tem trinta vezes mais tempo de proteção do que o de 30, mas não quer dizer que ele tenha uma composição mais poderosa. 

 

 

Protetor solar deve ser aplicado de três em três horas

 

A eficácia do uso do protetor solar também está relacionada a forma como aplicamos o produto na pele. O certo é sempre espalhar bem, principalmente nas regiões que ficam mais expostas ao sol, como rosto, braços e pescoço. Mas isso não significa que regiões mais escondidas não precisam de proteção. Por isso, o ideal é aplicar o protetor antes de colocar a roupa e sempre com a pele limpa. A reaplicação depende do fator de proteção, mas no geral, é indicado passar o protetor a cada três horas, ou de duas em duas horas caso você esteja ao ar livre durante todo esse tempo. Já nas atividade que envolva sol e água, o produto deve ser aplicado assim que você estiver seca. 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >