Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Preciso me depilar para fazer ultrassom transvaginal?

Preciso me depilar para fazer ultrassom transvaginal?

O ultrassom transvaginal (também conhecido como ultrassonografia transvaginal) é um exame ginecológico para avaliar os órgãos genitais internos da mulher, incluindo o canal vaginal, o colo do útero, o útero, os ovários e as trompas de Falópio. Embora seja um exame de rotina recomendado para todas as mulheres com a vida sexual ativa, ainda existem algumas dúvidas em relação ao preparo para ultrassom transvaginal: afinal, é preciso estar depilada para fazer ultrassom? Saiba mais!

 

Veja também: Ultrassonografia transvaginal: o que esperar do exame?

 

A depilação íntima não influencia no ultrassom transvaginal 

 

O tipo de depilação íntima da mulher não faz diferença na realização ou no resultado da ultrassonografia transvaginal. E, se a sua preocupação é a opinião ou o julgamento do(a) ginecologista, fique tranquila: nenhum(a) médico(a) irá te reprimir por ter pelos na região íntima. Os pelos pubianos funcionam como uma barreira de proteção natural contra fungos e bactérias causadores de infecções vaginais e, portanto, sua presença é considerada saudável. 

 

Sem contar que, dependendo do método, a depilação íntima feminina pode deixar os poros da pele entreabertos e mais vulneráveis ao acesso de microrganismos infecciosos. Ou seja: não há problema algum em não se depilar, muito menos do ponto de vista dos médicos. 

 

Veja também: Posso fazer a ultrassonografia transvaginal menstruada?

 

Saiba qual é o preparo para o ultrassom transvaginal

 

O exame ultrassonografia vaginal geralmente não exige preparo específico. No entanto, algumas medidas podem ser tomadas para evitar possíveis desconfortos. Mesmo que o exame seja indolor, a posição ginecológica e inserção do aparelho do ultrassom no canal vaginal da mulher podem acabar incomodando. Veja algumas dicas: 

 

  • Faça xixi para esvaziar a bexiga antes de entrar no consultório;

  • Evite comidas pesadas nas horas anteriores ao exame para prevenir gases ou constipação intestinal;

  • Faça uma boa higiene íntima com água e sabonete íntimo no banho antes de ir;

 

Quanto às orientações de ter ou não relação sexual antes da ultrassonografia transvaginal, vai depender de cada médico. Alguns têm restrição, outros não vêem problemas. Por isso, confirme a informação na hora do agendamento do exame. 

 

Ultrassom transvaginal com preparo intestinal

 

Quando a ultrassonografia transvaginal é indicada para confirmar ou descartar suspeitas específicas, como de endometriose, lesões ou câncer de colo do útero, o preparo para o exame é um pouco diferente. Nestes casos, o(a) médico(a) costuma recomendar que a paciente reduza os alimentos sólidos e tome um medicamento laxante na véspera do exame. Esses cuidados auxiliam na nitidez das imagens do exame e auxiliam na precisão do diagnóstico.  

 

Ultrassonografia transvaginal: saiba o que esperar

 

Você já deve saber o que é ultrassonografia transvaginal, mas, você entende como é feito o exame? O Só Delas te explica agora!

 

Em um consultório especializado, a paciente deve se deitar e ficar em posição ginecológica (com as pernas afastadas e os joelhos levemente dobrados). O(a) médico(a), então, deverá inserir um instrumento conhecido como transdutor (com preservativo e lubrificante) no canal vaginal da mulher. Esse instrumento emite ondas sonoras de alta frequência e gera as imagens que serão analisadas posteriormente. 

 

O ultrassom transvaginal não costuma doer, mas pode causar incômodos, principalmente, se, por tensão ou nervosismo, a mulher contrair os músculos da vagina na hora do procedimento. Sua duração varia, mas, em média, o exame dura entre 10 a 15 minutos. 

O resultado da ultrassonografia transvaginal pode identificar alterações como cistos, infecções, câncer e gravidez ectópica (que acontece fora do útero). Durante a gestação, o exame pode ser utilizado para acompanhar o desenvolvimento do feto e detectar possíveis complicações, como sinais de aborto e irregularidades na vagina.

semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >