Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Pouca menstruação: 7 fatores que podem contribuir para que isso aconteça

Pouca menstruação: 7 fatores que podem contribuir para que isso aconteça

A redução do fluxo menstrual é uma situação que intriga muitas mulheres, principalmente aquelas que já estão acostumadas com um fluxo mais intenso ou regular. Também conhecida como hipomenorreia, a diminuição do volume da menstruação não costuma ser uma questão preocupante e na maioria das vezes acontece por questões emocionais, como períodos de estresse, ou até excesso de atividade física. Em outros casos, a pouca menstruação pode ter ligação com a idade, sendo comum tanto na adolescência como um sinal da menopausa. Mesmo sem significar alguma doença grave, é importante entender o que está acontecendo com o seu corpo, principalmente quando o baixo fluxo persiste por períodos longos. O Só Delas reuniu 7 fatores que podem ocasionar pouco menstruação e o que reflete na sua saúde. Confira:

 

1) Estresse e ansiedade causam alterações no fluxo menstrual e na quantidade de dias menstruada 

 

Questões emocionais ou comportamentais, como estresse, ansiedade e até depressão,  são as causas mais comuns para a pouca menstruação. Isso acontece porque nessas situações o corpo aumenta a liberação de cortisol e adrenalina, dois hormônios que contribuem para o estresse e interferem também na produção de estrogênio e da progesterona, dupla fundamental para o ciclo menstrual e a menstruação. Nesse caso, a baixa produção dos hormônios sexuais acaba provocando uma diminuição do fluxo menstrual. 

 

Para melhorar o quadro, que tal fazer atividades que aumentam o prazer e bem estar? Assim, você reduz o estresse e a ansiedade, ajuda a elevar os níveis de serotonina no organismo, estimula o estrogênio e ainda regulariza as taxas hormonais do ciclo menstrual. 

Além de diminuir o fluxo da menstruação, o estresse também pode causar ciclos anovulatórios, ou seja, quando não ocorre a ovulação e nem período fértil. Sem a liberação do óvulo, o corpo produz um baixo crescimento do endométrio e por isso, a menstruação acaba tendo um fluxo bem menor que o normal. 

 

2) A chegada da menopausa e adolescência são marcadas por irregularidades no ciclo menstrual 

 

A pouca menstruação pode acontecer em qualquer idade, mas é muito mais comum na adolescência, principalmente nos primeiros ciclos. Nos dois primeiros anos após a primeira menstruação, a taxa hormonal da menina ainda é bem imatura e a ovulação mais imprevisível. Isso acontece porque os ovários estão começando a se acostumar com a nova rotina do organismo. Por isso, os ciclos são mais irregulares, períodos menstruais são mais curtos e com fluxo fraco. A mesma coisa acontece no período que precede a menopausa, conhecido como climatério. Nesse caso, a diminuição da produção de estrogênio acontece gradativamente, e mais uma vez, o fluxo menstrual começa a reduzir até parar de vez. Em ambas situações, não há muito o que fazer, apenas esperar que o corpo regularize normalmente. No entanto, se o quadro continuar por muito mais tempo após a menarca, o ideal é se consultar com um ginecologista para entender o que pode estar acontecendo. 

 

3) Alterações de peso repentinas podem diminuir o fluxo menstrual 

 

Tanto a perda quanto o ganho de peso são fatores que podem afetar o fluxo e o ciclo menstrual. Isso porque a gordura corporal influencia a produção de estrogênio, principalmente quando a alteração de peso acontece de forma repentina. Mulheres com peso baixo costumam ter o colesterol mais baixo e, como consequência, produzem menos estrogênio. Com isso, o endométrio fica bem mais fino e o sangue menstrual vem em pouca quantidade. Já as mulheres com peso acima do ideal costumam ter ciclos mais irregulares e problemas na ovulação, levando a fluxos mais leves e de menor duração. 

 

4) Exercícios físicos intensos aumentam a produção de prolactina e adrenalina, hormônios que diminuem a produção de estrogênio

 

Geralmente, mulheres que praticam exercícios físicos de forma intensa e atletas têm o fluxos menstruais mais fracos. Isso é explicado pelo fato da energia gasta nessas atividades causar um desequilíbrio na liberação dos hormônios estimuladores dos ovários: FSH e LH. Assim, o organismo deixa de produzir o estrogênio e a progesterona, causando alterações menstruais. Esse baixo nível de estrogênio faz com que o útero não consiga criar um revestimento tão espesso, causando uma menstruação mais fraca. 

 

Outra explicação para a diminuição do fluxo é que a queima da gordura corporal, além de diminuir o colesterol, aumenta a prolactina, hormônio responsável pela produção de leite materno e que ocasiona falhas na menstruação. 

 

5) Síndrome de Ovários Policísticos afeta a ovulação e causa irregularidades na menstruação   

 

Pouca menstruação e ciclos irregulares podem ser sinal da Síndrome de Ovários Policísticos. O problema é causado por um desequilíbrio dos níveis hormonais, que levam a formação de cistos nos ovários, fazendo com eles aumentem de tamanho. Ela também causa um aumento de produção de testosterona que pode desregular a produção dos óvulos e a sua liberação no período ovulatório. Por isso, é importante informar ao ginecologista qualquer alteração no fluxo menstrual. 
 

6) Hipertireoidismo leva a um aceleramento no metabolismo e maior perda de peso

 

Assim como a síndrome do ovário policístico, o hipertireoidismo também é causado por um  um distúrbio endócrino, em que o corpo produz os hormônios da tireoide em altas quantidades. Mesmo não sendo uma causa comum, mulheres que têm problemas na tireoide podem ter o fluxo menstrual fraco como um dos sintomas da doença. Isso acontece porque os hormônios da tireoide são responsáveis pelo aumento do metabolismo. Sendo assim, quando estão com as taxas elevadas, o corpo gasta muito mais energia que o normal. É por isso que a paciente costuma perder peso com facilidade pode ter uma sensação constante de ansiedade. Como já falamos, as duas situações podem afetar o ciclo menstrual. 

 

7) Pouca menstruação, quando acontece de repente e dura por mais tempo, é um sinal de alerta

 

A menstruação fraca é mais comum nas mulheres que tomam anticoncepcional, já que não ovulam e, na maioria dos casos, não indica nenhum grande problema ginecológico. Mesmo assim, a menstruação fraca precisa ser acompanhada com atenção, principalmente quando a mulher sente uma mudança em comparação com os ciclos anteriores ou quando o período menstrual dura menos de três dias. Também é importante ficar atenta com os escapes entre uma menstruação e outra. Já as mulheres que sempre tiveram fluxo leve, não precisam se preocupar. A menstruação não segue um padrão e pode variar de quantidade de uma pessoa para outra. 

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Ausência de menstruação nem sempre é gravidez: conheça 4 fatores que podem fazer a mulher parar de menstruar
    Ausência de menstruação nem sempre é gravidez: conheça 4 fatores que podem fazer a mulher parar de menstruar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    7 ensinamentos sobre a série Sex Education que podem servir para a sua vida
    7 ensinamentos sobre a série Sex Education que podem servir para a sua vida
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    7 perguntas para fazer sobre sexo no ginecologista que podem ser esclarecedoras
    7 perguntas para fazer sobre sexo no ginecologista que podem ser esclarecedoras
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Ausência de menstruação: 9 fatores que podem causar essa condição
    Ausência de menstruação: 9 fatores que podem causar essa condição
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Descascar deixa a pele manchada? Saiba o que fazer para que isso não aconteça
    Descascar deixa a pele manchada? Saiba o que fazer para que isso não aconteça
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Anovulação: 7 fatores que podem causar ausência de ovulação no ciclo menstrual
    Anovulação: 7 fatores que podem causar ausência de ovulação no ciclo menstrual
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    7 séries que falam sobre diferentes profissões e podem te inspirar a escolher a sua!
    7 séries que falam sobre diferentes profissões e podem te inspirar a escolher a sua!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Chás para cólica menstrual: 12 tipos que podem aliviar o desconforto
    Chás para cólica menstrual: 12 tipos que podem aliviar o desconforto
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Candidíase de repetição: como evitar que isso aconteça
    Candidíase de repetição: como evitar que isso aconteça
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Dor na vagina: 6 fatores que podem provocar o desconforto e como tratar
    Dor na vagina: 6 fatores que podem provocar o desconforto e como tratar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    DIU dá cólica? Entenda a relação do método contraceptivo com a dor
    DIU significa Dispositivo Intrauterino e é um método contraceptivo de longa duração que...
    DIU dá cólica? Entenda a relação do método contraceptivo com a dor
  • SE CUIDA!
    Corrimento com sangue e cheiro forte: o que pode ser?
    O corrimento com sangue geralmente aparece como um corrimento marrom escuro ou claro e é...
    Corrimento com sangue e cheiro forte: o que pode ser?
  • SE CUIDA!
    Como fazer a troca de anticoncepcional: saiba quais são os cuidados
    A pílula anticoncepcional é um método contraceptivo hormonal que previne a gravidez ao...
    Como fazer a troca de anticoncepcional: saiba quais são os cuidados
  • Menstruação
    Menstruação adiantada é normal? Veja o que pode causar
    A menstruação adiantada geralmente não representa nenhum problema de saúde. Caso surjam...
    Menstruação adiantada é normal? Veja o que pode causar
  • VER TODAS >