Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Os perigos do excesso de remédio para cólicas. Ginecologista comenta sobre o uso consciente destes medicamentos

Os perigos do excesso de remédio para cólicas. Ginecologista comenta sobre o uso consciente destes medicamentos

A cólica é um incômodo que atinge meninas e mulheres de todas as idades após a primeira menstruação. O sintoma pode surgir em diferentes graus e, por isso, requer avaliação médica para que o profissional possa investigar se a dor está associada a algum problema ou pode ser resolvida com medicamentos mais leves. Por ser um sintoma rotineiro na vida das mulheres, a automedicação acaba se tornando comum. Quem nunca pediu um remédio de cólica para a amiga? A ginecologista Fernanda Mauro comenta sobre o perigo do excesso de remédios para cólica.


Por que o excesso de remédio para cólicas é considerado ruim?

 

Todo remédio em excesso pode trazer efeitos colaterais para o organismo. De acordo com a ginecologista Fernanda Mauro, “analgésicos leves como escopolamina e dipirona podem ser usados ao longo do período menstrual (5 - 7 dias) sem muito prejuízo”. No entanto, o excesso pode causar náusea e constipação. Anti-inflamatórios, muitas vezes utilizados para dor de cabeça na TPM, não são indicados para uso prolongado pelo risco de distúrbios no estômago e modificação do funcionamento intestinal.

 

Qual é a forma correta de utilizá-lo?

 

“Caso sabidamente a paciente tenha cólicas menstruais intensas, vale tomar no início da dor, nunca deixar a dor chegar no auge para começar a medicação, recomenda. Para a médica, o analgésico pode ser utilizado de 6/6 horas em caso de dor. Já o anti-inflamatório, depende do composto. “Pode ser 12/12 ou 8/8 e não se estender por mais de 5 dias por conta dos efeitos colaterais”, alerta. É muito importante consultar seu ginecologista antes de escolher o remédio que irá utilizar.

 

Segundo a especialista, a avaliação do médico também pode ajudar a descobrir se a cólica menstrual intensa, principalmente se o remédio não estiver conseguindo resolver, está associada a algum problema mais sério ou se apenas medicação resolve o problema da paciente. 
 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Fernanda Mauro - Ginecologista e Obstetra da Perinatal
CRM: 52-995185

semprelivre_bottom1_dance_new

  • VOCÊ SABIA?
    Ih, choveu! Veja ideias do que fazer para se divertir com as amigas mesmo dentro de casa
    Tem dias que a gente combina de sair com as amigas, mas a previsão do tempo não colabora..
  • VOCÊ SABIA?
    6 coisas que você precisa saber antes de viajar com seus amigos
    Fazer uma viagem acompanhada de amigos é uma das melhores coisas da vida! Se divertir, pa..
  • VOCÊ SABIA?
    4 coisas que passam pela sua cabeça antes de chegar ao primeiro encontro
    Por mais que a gente seja confiante, o primeiro encontro com o carinha interessante sempre..
  • VOCÊ SABIA?
    Vai passar o dia na praia? Veja o que levar na bolsa!
    No verão, tudo o que a gente mais quer é relaxar, se divertir e ficar com aquele bronzea..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >