Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Ovulação: descubra 5 coisas que talvez você ainda não saiba!

Ovulação: descubra 5 coisas que talvez você ainda não saiba!

Entender como a ovulação funciona é muito importante para todas as mulheres, não apenas as que estão tentando (ou evitando) uma gravidez. O processo ocorre uma vez a cada ciclo menstrual e, geralmente, acontece de 12 a 16 dias antes do início da próxima menstruação. Nesse período, as alterações hormonais provocadas no corpo da mulher estimulam a liberação do óvulo por meio dos ovários.

 

Entenda melhor como a ovulação age no organismo da mulher: 

 

Os principais hormônios responsáveis por controlar esse processo são o FSH (Hormônio Folículo Estimulante) e o LH (Hormônio Luteinizante), ambos secretados por uma glândula chamada hipófise. Durante a ovulação, ocorre o rompimento do folículo ovariano. Desta forma, o óvulo (célula reprodutiva feminina) é liberado, possibilitando um encontro com o espermatozóide e uma possível fecundação.  

 

Neste momento, duas coisas podem acontecer. Se fecundado, o óvulo se implanta no útero e, dentro de um período que varia de 6 a 12 dias após a ovulação, dá início à gravidez. Por outro lado, caso não ocorra a fecundação, o óvulo se deteriora em 24 horas e o corpo se prepara para a chegada da menstruação.  

 

5 informações importantes sobre a ovulação que podem ser uma novidade para você:

 

Agora que o conceito de ovulação está fresco na sua cabeça, confira algumas informações importantes (que talvez nem todo mundo saiba) sobre o período:

 

1) Ovulação e período fértil não são a mesma coisa: entenda a diferença!  

 

Confundir ovulação e período fértil pode ser o cenário perfeito para uma gravidez indesejada! Na realidade, a fase de maior fertilidade da mulher costuma ocorrer entre os 5 dias que antecedem e os 5 dias que sucedem a liberação do óvulo. Ué, como assim, se o óvulo só consegue sobreviver por, no máximo, 24 horas? Então, a justificativa para essa “janela da fertilidade” é que o espermatozoide pode ficar vivo por até 5 dias. Ou seja, o uso de um método contraceptivo também é necessário durante essa etapa. Quanto mais longe da data da ovulação, menores são as chances de a mulher engravidar.  

 

2) Como saber se estou ovulando? Aprenda a reconhecer esse período 

 

O próprio organismo da mulher é capaz de enviar alguns indícios de que a ovulação está acontecendo. Algumas mulheres relatam dor abdominal, parecida com a cólica menstrual, durante o período. Isso pode acontecer graças à distensão do folículo na hora de eliminar o óvulo. Além disso, também é possível observar uma mudança no aspecto do muco vaginal. A secreção passa a apresentar uma configuração transparente, semelhante a uma clara de ovo.  

 

Outra alternativa para saber quando a sua ovulação acontece é apostar no cálculo matemático. Geralmente, a liberação do óvulo ocorre 14 dias após o 1º dia do último ciclo menstrual. Em mulheres com o ciclo regular, essa conta pode ser bastante segura. Ah, mais um detalhe: também é comum notar uma maior sensibilidade a cheiros e um aumento da libido um pouco antes de ovular.  

 

3) É raro, mas algumas mulheres podem liberar dois óvulos no mesmo ciclo 

 

Liberar dois óvulos em momentos diferentes do ciclo menstrual não acontece. O que pode ocorrer é a liberação simultânea de dois (ou mais) óvulos, que recebe o nome de hiperovulação. Esse processo não apresenta grandes ameaças à saúde da mulher. Na maioria das vezes, apenas aumenta a possibilidade de uma gestação de gêmeos não idênticos, caso os óvulos sejam fecundados. A produção excessiva de hormônios durante algumas fases da vida, como o início da adolescência e a proximidade da menopausa, pode incentivar a ocorrência da hiperovulação.  

 

4) Exercícios em excesso podem prejudicar a ovulação 

 

Praticar atividades físicas em excesso pode influenciar o período ovulatório. A explicação para essa interferência se dá através da hipófise, glândula presente no sistema nervoso central responsável por secretar os hormônios FSH e LH. Exercícios em grande quantidade podem causar a inibição desses hormônios, possibilitando quadros de ausência de ovulação. Por isso, é bem comum que atletas apresentem o ciclo menstrual irregular. A boa notícia é que basta diminuir a intensidade da atividade física para que a ovulação volte ao seu funcionamento normal.   

 

5) Alguns remédios tem a capacidade de interferir na ovulação

 

Alguns medicamentos podem influenciar o período ovulatório e, consequentemente, o nível de fertilidade da mulher. Remédios como descongestionantes, por exemplo, são capazes de afetar a produção do muco cervical, essencial para que o espermatozoide chegue ao útero.  

 

Outras substâncias como corticoides, que alteram a quantidade do hormônio cortisol no organismo, e o composto ibuprofeno, que bloqueia as prostaglandinas (responsáveis por controlar inflamações e a temperatura corporal), também podem inibir a ovulação. Portanto, se você está tentando engravidar, converse com o(a) seu(a) ginecologista sobre a possibilidade de interromper o uso de determinados medicamentos.

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
    O adesivo anticoncepcional ou patch anticoncepcional é um método contraceptivo hormonal...
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
    Embora boa parte das mulheres já saiba para que serve a pomada vaginal, ainda existem...
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
  • Menstruação
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
    A primeira menstruação (nome científico: menarca) marca o fim da puberdade e o início da...
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
  • SE CUIDA!
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
    A ultrassonografia transvaginal (ou ultrassom transvaginal) é um exame de imagem usado...
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
  • VER TODAS >