Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

O que é o exame preventivo e com que frequência devo fazê-lo?

O que é o exame preventivo e com que frequência devo fazê-lo?

Se você tem uma consulta marcada com o ginecologista e vai fazer o Papanicolau, também conhecido como preventivo, vale a pena saber tudo sobre o exame antes de ir. Assim, você não irá achar que é um bicho de sete cabeças ou que irá sentir dor. O mais importante é saber que o objetivo é verificar se está tudo bem com seu útero e, assim, prevenir doenças. Para tirar todas as suas dúvidas, o Só Delas conversou com o ginecologista Marco Aurélio sobre a importância de fazer esse exame anualmente e a preparação nos dias anteriores. Confira!

 

1) O que é exatamente o exame preventivo?
 

O exame nada mais é do que uma coleta da secreção do colo do útero, utilizando uma espátula e escovinha em um procedimento bem rápido, que dura 5 minutos, no máximo, segundo o médico. Ou seja: você não vai sentir nada mais do que um pequeno incômodo.

 

2) Qual a importância de fazer o preventivo?
 

O Papanicolau é muito importante para estar em dia com a saúde da região íntima e para o diagnóstico precoce de doenças, como o câncer de colo de útero, aumentando as chances de ter um tratamento bem-sucedido. Pode também ajudar a detectar o HPV (infecção que causa verrugas pelo corpo), apesar de já existirem outros exames auxiliares na detecção dessa doença.

 

3) Tem alguma diferença do exame para uma menina que é virgem?
 

Sim! De acordo com o Dr. Marco Aurélio, o Ministério da Saúde recomenda que o preventivo, em meninas virgens, seja feito com um cotonete e materiais que preservem o hímen - a  membrana que fica na entrada da vagina. Para mulheres que já iniciaram a vida sexual, o Papanicolau é feito com uma “colher de raspagem” para coletar o material do colo do útero.

 

4) A partir de que idade devo fazer o exame preventivo e qual a frequência?
 

A idade ideal para começar a fazer o exame, de acordo com o ginecologista, é a partir dos 25 anos ou quando a menina iniciar a vida sexual. Já a frequência varia de acordo com cada caso. “De modo geral, o preventivo deve ser feito anualmente, mas pode ser antecipado em casos de alterações ou realizado com intervalo um pouco maior (até três anos) se os dois últimos exames forem normais”, afirma o médico.

 

5) A mulher pode ter relações sexuais antes do exame?
 

A recomendação do Ministério da Saúde é de não ter relações sexuais um dia antes à realização do preventivo. “No mesmo período, também não se deve usar duchas ou medicamentos vaginais. Além disso, o exame não pode ser feito durante a menstruação”, explicou o doutor.

 

Ficou com alguma dúvida? Conta para a gente! 

Marco Aurélio Pinho de Oliveira - Ginecologista
CRM: 52.52422-7

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >