Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

O que é bom para cólica? Confira 14 dicas para aliviar o desconforto

O que é bom para cólica? Confira 14 dicas para aliviar o desconforto

É normal sentir cólica antes da menstruação descer. No entanto, isso não significa que você não possa apostar em algumas alternativas para amenizar o desconforto durante a TPM e o período menstrual. Existem diversas maneiras de aliviar a dor de cólica menstrual, desde mudanças alimentares e no estilo de vida até cuidados mais específicos, como a aplicação de bolsas de água quente na região dolorida.

 

Veja também: 5 mitos e verdades sobre cólica menstrual

 

Para te ajudar a descobrir o que é bom para cólicas menstruais e encontrar a solução que melhor funciona para o seu caso, o Só Delas reuniu 14 dicas eficazes a seguir. Mas, antes, é válido entender porque sentimos cólica. Veja: 

 

Por que sentimos cólica menstrual? 

 

A cólica menstrual (ou dismenorreia primária) é resultado das contrações que o útero faz para expelir o endométrio descama em forma de sangue menstrual. Para quem não sabe, o endométrio é o tecido que reveste as paredes intrauterinas e, todos os meses, se torna mais grosso para receber um possível embrião fertilizado. Quando a gravidez não acontece, ele se desfaz e é expulso do útero até a vagina, dando origem à menstruação. 

 

Esse processo é estimulado por uma substância chamada prostaglandina, que é liberada em maior quantidade pelo endométrio enquanto o revestimento uterino se prepara para ser liberado. As prostaglandinas incentivam as contrações musculares do útero, que, por sua vez, pressionam os vasos sanguíneos da região e reduzem o suprimento de oxigênio aos tecidos, provocando a dor conhecida como cólica menstrual (que surge como pontadas de intensidade leve, moderada ou intensa e pode atingir toda a região abdominal e a lombar).

 

Dito isso, agora que você já sabe o que é cólica menstrual, resta descobrir o que é bom para passar a cólica. Confira!

 

  1. Bolsa de água quente

 

Se você está sempre procurando dicas de como aliviar cólica menstrual, é provável que já tenha ouvido falar que colocar uma bolsa de água quente no baixo ventre ajuda a diminuir a dor. E sim, isso é verdade. O calor tem ação vasodilatadora e relaxante muscular e, além de contribuir para a redução dos espasmos musculares, melhora a circulação sanguínea na região pélvica. Como resultado, a cólica menstrual diminui. 

 

A temperatura ideal pode variar de pessoa para pessoa. Mas recomenda-se deixar a água ou a bolsa o mais quente possível, desde que não queime a pele. Banhos de chuveiro ou banheira com água quente também costumam ajudar.

 

  1. Banho de assento

 

O banho de assento é bom para aliviar a cólica porque mantém a região pélvica aquecida e previne a formação de coágulos no fluxo menstrual, colaborando para uma menstruação sem interrupções, mais rápida e menos dolorosa. 

 

Para fazer, é simples: sente em uma bacia cheia de água morna e fique imersa por cerca de 15 minutos. Você pode acrescentar ingredientes como chá de aroeira, quixaba, cavalinha e salsa e repetir o processo de 3 a 4 vezes por dia. Só tem um detalhe: a prática não é indicada durante a menstruação, somente no período da TPM. 

 

  1. Remédio para cólica

 

Medicamentos como analgésicos e anti-inflamatórios costumam ser benéficos para a cólica menstrual (principalmente, a cólica menstrual muito forte). Entretanto, não se esqueça: o remédio deve ser prescrito por um(a) médico(a). Quando consumidos em excesso e por um longo período de tempo, os analgésicos e anti-inflamatórios podem causar efeitos adversos, como náuseas e alterações intestinais. Portanto, já sabe: consulte o(a) ginecologista antes de se medicar. 

 

  1. Posições para aliviar cólica

 

Determinadas posições ajudam a relaxar os músculos abdominais e/ou aquecer a região da barriga, aliviando as contrações uterinas e diminuindo a cólica menstrual. Algumas fáceis de fazer são: posição fetal, posição de abraço lateral (quando você deita de lado e passa os braços em volta da barriga), posição de bruços e posição da esfinge (postura do yoga em que você deita de bruços e, com as mãos apoiadas no chão, eleva o peito). 

 

  1. Prática de exercícios leves

 

A prática de exercícios físicos libera endorfina, que é o hormônio conhecido por proporcionar sensações de prazer e bem-estar, e ainda melhora a circulação sanguínea, melhorando o suprimento de oxigênio nos tecidos uterinos e aliviando a cólica. O ideal é apostar em atividades leves, como yoga e exercícios aeróbicos (corrida, bike, entre outros), e praticar no mínimo 10 a 20 minutos por dia. 

 

  1. Chá para cólica

 

Sabe o que é bom para dor de cólica? Ingerir chás com propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Alguns exemplos de chá para cólica são: o de gengibre e o de calêndula, que ajudam a reduzir dores em geral, incluindo a cólica. O chá de camomila também é indicado, pois tem ação calmante e ainda estimula a produção de glicina (um aminoácido conhecido por aliviar os espasmos musculares associados à Tensão Pré-Menstrual).

 

  1. Escalda pés

 

Fazer um escalda pés também pode ajudar a aliviar a cólica. A técnica estimula a circulação sanguínea e promove o relaxamento, além de auxiliar no combate à retenção hídrica (que também é característica do período pré-menstrual). O ideal é usar a temperatura acima de 37°C, sempre tomando cuidado para não queimar a pele. Assim como no banho de assento, você pode acrescentar chás, ervas e até mesmo um óleo essencial com propriedades benéficas para a cólica. Só há uma contraindicação: pessoas hipertensas não devem fazer o escalda pés. 

 

  1. Dieta saudável

 

A alimentação pode ser uma grande aliada no combate à cólica menstrual. Evite consumir em excesso ingredientes ricos em cafeína, sódio e gordura hidrogenada, que podem aumentar a retenção de líquido e/ou aumentar o fator inflamatório do organismo. Dê preferência a alimentos como: a banana (que é rica em vitamina B6 e potássio e ajuda a reduzir as dores musculares), castanhas (que têm vitamina E e contribuem para o controle do fluxo menstrual e o alívio da cólica) e vegetais verdes escuros (que são ricos em cálcio e promovem relaxamento muscular).  

 

  1. Evite fumar

 

O cigarro piora a cólica menstrual porque o tabaco compromete a circulação sanguínea e causa uma baixa de oxigênio nos tecidos do útero, o que pode piorar a cólica menstrual. Por essa e diversas outras razões, tente evitar ou, de preferência, cortar de vez o hábito de fumar. 

 

  1.  Durma bem

 

Quando está em repouso, o corpo refaz os estoques de proteínas e enzimas que foram gastos ao longo do dia. Como resultado, você acorda mais disposta e menos suscetível a sofrer com a dor de cólica menstrual. Além disso, distúrbios de sono como a insônia podem gerar desequilíbrio hormonal e, consequentemente, piorar os sintomas da TPM. 

 

  1. Massagem para cólica

 

A massagem para cólica deve ser feita na região pélvica para melhorar o fluxo sanguíneo no local e ajuda a relaxar os músculos uterinos. Por isso, é uma ótima solução caseira para aliviar a cólica. Para fazer a automassagem abdominal, siga os seguintes passos: com o auxílio de um óleo corporal, faça movimentos suaves e em espiral ao redor do umbigo, sempre no sentido horário. Feito isso, repita o processo, mas, dessa vez, faça os movimentos de cima para baixo. Quando terminar, deite de bruços para esquentar a região pélvica e potencializar a massagem. 

 

  1. Acupuntura e acupressão

 

De acordo com a medicina tradicional chinesa, o nosso corpo é constituído por diversos canais de energia. Seguindo esse raciocínio, a cólica menstrual indica que a mulher está com energia acumulada em alguma região. É aí que entram a acupuntura e a acupressura! As técnicas são usadas para fazer a energia circular e, consequentemente, aliviar a dor. 

 

Enquanto a acupuntura consiste no uso de agulhas, a acupressão é um tipo de massagem feita em pontos específicos do corpo. Ambas devem ser feitas por profissionais capacitados.

 

  1. TENS

 

O termo TENS significa “estimulação elétrica nervosa transcutânea”. Na prática, a técnica é um tratamento de eletroestimulação realizado através de um pequeno dispositivo, que é portátil e pode ser utilizado em casa. Ele atua sobre as contrações do útero e estimula a liberação de endorfinas nos nervos periféricos. O resultado deve ser notado após algumas semanas de uso contínuo.

 

  1.  Meditação

 

A cólica menstrual pode ser agravada por problemas emocionais como o estresse e ansiedade. Por esse motivo, práticas como a meditação são mais do que bem-vindas durante a TPM e o período menstrual. Existem inúmeras técnicas diferentes, como o yoga, a meditação de atenção plena e os exercícios respiratórios. Encontre a que melhor funciona para você e aproveite seus benefícios para a mente e para o corpo.

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação? Teste seus conhecimentos
    A ovulação e o período fértil são duas fases do ciclo menstrual em que a mulher tem mais...
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação?  Teste seus conhecimentos
  • Menstruação
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
    Na maioria das vezes, a menstruação preta é normal e não representa problemas de saúde....
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
  • Menstruação
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
    Muitas mulheres ficam em dúvida sobre quantos dias depois de acabar o anticoncepcional...
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
  • SE CUIDA!
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
    A primeira consulta com o ginecologista é um momento muito importante para esclarecer...
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
  • VER TODAS >