Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

O que acontece com a saúde vaginal quando estamos doentes

O que acontece com a saúde vaginal quando estamos doentes

Já passou pela sua cabeça que uma simples gripe pode afetar sua saúde íntima? Se já passou, você estava certa. Mas, para quem nunca pensou nisso, nós vamos esclarecer com detalhes. A vagina fica mais vulnerável a contrair infecções fúngicas por conta da baixa imunidade do organismo. Para explicar melhor como isso acontece, o Só Delas convidou a ginecologista Mariana Conforto para contar o que acontece com a saúde vaginal e como ela pode ser afetada quando estamos doentes.


A vagina fica mais suscetível a infecções quando estamos doentes
 

Doenças podem tornar nosso organismo mais susceptível à infecção por falhas no nosso sistema imunológico. Isso pode acontecer em qualquer parte do corpo, abrindo espaço para as mais diversas infecções oportunistas. Na vagina não é diferente, a candidíase vaginal é um exemplo desse tipo de infecção. “O fungo Cândida é um dos que se proliferam quando estamos doentes com gripe, pneumonia, tuberculose, e outras doenças que afetam diretamente a imunidade”, explica a ginecologista. HIV e câncer em uso de quimioterapia podem levar a infecções fúngicas ainda mais graves e recorrentes.
 

Antibióticos favorecem o surgimento de infecções vaginais
 

O uso de medicamentos para tratar o problema principal também pode favorecer o surgimento de infecções vaginais, como explica a especialista em ginecologia: “Os antibióticos são os principais medicamentos que podem favorecer o crescimento da candidíase.  Quando tomamos um antibiótico para tratar uma sinusite, por exemplo, esse antibiótico também diminuirá a concentração das bactérias que colonizam a vagina. Essa diminuição das bactérias favorece o crescimento da cândida por ausência de inibição competitiva”, esclarece a profissional. Portanto, é muito comum mulheres apresentarem corrimento vaginal e coceira vulvar após usarem antibiótico.
 

Tratamentos para corrimento vaginal e infecções fúngicas
 

Segundo a médica, o ideal é procurar o ginecologista assim que começarem os sintomas de corrimento vaginal e prurido vulvar (coceira na vulva).  As infecções fúngicas são facilmente tratadas com antifúngicos recomendados pelo médico. “Esses podem ser na forma de cremes ou óvulos vaginais, além de comprimidos por via oral. Alguns são de uso único e outros tratamentos podem durar até 14 dias”, finaliza Mariana.


Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Livia Migowski, ginecologista e obstetra da Perinatal
CRM: 52.90682-4

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >