Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Mau cheiro na vagina: 4 causas que você deve ficar de olho

Mau cheiro na vagina: 4 causas que você deve ficar de olho

Mau cheiro na vagina é um sinal de alguma irregularidade na saúde íntima. Geralmente, o odor é causado quando há uma infecção provocada por um desequilíbrio da flora vaginal. Nesse caso, além do cheiro desagradável, a mulher também costuma manifestar corrimento, coceira e ardência vaginal.

 

Para identificar a causa do odor vaginal, o primeiro passo é consultar um ginecologista e investigar quais hábitos da rotina podem estar contribuindo para o problema. Conheça 4 fatores que podem provocar mau cheiro vaginal e como tratar o problema. 

 
 
 
 

1. Mau cheiro na vagina com presença de corrimento pode ser sinal de vaginose bacteriana 

 

A vaginose bacteriana é uma infecção causada pela proliferação da bactéria Gardnerella Vaginalis na flora vaginal. Seu sintoma característico é a presença de corrimento acinzentado ou amarelado acompanhado de odor forte na vagina, semelhante a peixe. O mau cheiro vaginal costuma ser mais intenso durante o período menstrual, pois é quando a ação das bactérias aumenta. O odor também é  facilmente percebido ao urinar ou durante e após relação sexual.

 

O diagnóstico da vaginose bacteriana é feito por meio do exame preventivo, em que o profissional colhe uma amostra do material da vagina para análise. O tratamento é feito à base de antibiótico, podendo ser por via oral ou de uso tópico com creme vaginal ou óvulos.

 

2. Mau cheiro na vagina pode ser causado por Infecção Sexualmente Transmissível 

 

A tricomoníase é uma Infecção Sexualmente Transmissível provocada pelo protozoário Trichomonas Vaginalis. Dependendo do quadro, ela pode ser assintomática ou manifestar sintomas como corrimento com mau cheiro, coceira vaginal e ardência ao urinar ou durante o sexo. O diagnóstico da tricomoníase é feito a partir de exames ginecológicos e laboratoriais. Já o tratamento consiste no uso de antibiótico e deve incluir tanto a paciente como o(a) parceiro(a).  

 

Por ser transmitida via sexual, a melhor forma de prevenção da tricomoníase é o uso de camisinha em todas as relações sexuais. 

 

3. Mau cheiro na vagina pode ser provocado por inflamação, alergia e irritação local 

 

A vulvovaginite é uma inflamação que ocorre na vulva e na vagina simultaneamente. Ela pode ser causada por higiene inadequada, alergia a produtos químicos em contato com a vulva  e uso de roupas muito apertadas. Em alguns casos, a mulher desenvolve  vulvovaginite devido a uma complicação de infecções já existentes, como a vaginose bacteriana, candidíase ou alguma IST. 

 

O tratamento da vulvovaginite varia de acordo com o agente causador. Se a causa da inflamação é uma infecção por fungos, bactérias ou protozoários, a paciente é tratada com uso de medicação antifúngica ou antibióticos via oral ou local. Quando a vulvovaginite é decorrente de alergias ou hábitos inadequados, o médico pode receitar remédios corticoides ou cremes tópicos para amenizar os sintomas. É importante que a paciente evite usar os produtos causadores dos desequilíbrios na região íntima ou comece a usá-los de maneira adequada. 

 

4. Mau cheiro na vagina pode ser provocado por uma higiene inadequada

 

A higiene inadequada também favorece quadros de mau cheiro na vagina. Um dos principais responsáveis é o acúmulo de esmegma, uma combinação de células mortas e gordura que, se não for eliminado da região íntima, pode desencadear odores fortes. Portanto, a área precisa ser higienizada todos os dias, com água e sabonete íntimo líquido com pH neutro. Concentre a limpeza apenas na área externa, ou seja, na vulva, dando atenção especial aos pequenos e grandes lábios, no topo da vulva, nas virilhas e ao redor do clitóris. 

 

Confira 7 dicas de cuidados íntimos para evitar o mau cheiro vaginal

 

Alguns cuidados simples são fundamentais para evitar o odor vaginal e a manter a região íntima saudável. Confira algumas dicas para  prevenir quadros de mau cheiro vaginal. 

 

Dica 1: Faça a higiene íntima diariamente com sabonete íntimo líquido com pH neutro. 

 

Dica 2: Vista roupas mais soltas e com tecidos leves que não prejudiquem a circulação de ar na região íntima. Outra dica é evitar usar calças apertadas por tempo prolongado, principalmente em dias quentes; 

 

Dica 3: Dê preferência à calcinhas de algodão. O tecido é mais confortável e permite melhor ventilação, evitando que a região íntima fique abafada;

 

Dica 4: Não compartilhe toalhas e roupas íntimas com outras pessoas. O hábito aumenta os riscos de contrair doenças e infecções vaginais, além de ser anti higiênico; 

 

Dica 5: Não use produtos com fragrância na região íntima para minimizar o odor. Papel higiênico perfumado, desodorante vaginal e lenços umedecidos podem provocar alergias, irritação e ainda levar ao desequilíbrio do pH vaginal;  

 

Dica 6: Use camisinha em todas as relações sexuais para se proteger de infecções; 

 

Dica 7: Evite ficar o dia todo com biquíni ou maiô molhado. Manter a região íntima úmida por muito tempo favorece a proliferação de fungos e bactérias;

 

Ao notar um odor forte na vagina e outros sintomas como coceira e corrimento vaginal, procure um ginecologista para fazer uma avaliação e iniciar o tratamento adequado. 

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • Menstruação
    Menstruação
    4 erros comuns ao usar absorventes e protetor diário que você deve ficar atenta
    4 erros comuns ao usar absorventes e protetor diário que você deve ficar atenta
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    4 momentos em que você não deve usar a TPM como desculpa
    4 momentos em que você não deve usar a TPM como desculpa
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mau cheiro na vagina: o que pode ser?
    Mau cheiro na vagina: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Causas de coceira vaginal que você precisa ficar atenta
    Causas de coceira vaginal que você precisa ficar atenta
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    5 coisas que você deve fazer após o sexo para proteger a saúde vaginal
    5 coisas que você deve fazer após o sexo para proteger a saúde vaginal
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    4 atitudes sustentáveis que você pode começar a incluir na sua vida
    4 atitudes sustentáveis que você pode começar a incluir na sua vida
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    4 motivos para não deixar de ir à praia só porque você está menstruada
    4 motivos para não deixar de ir à praia só porque você está menstruada
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    "Naqueles dias" ou "de chico": por que você deveria parar de dar apelidos para sua menstruação
    "Naqueles dias" ou "de chico": por que você deveria parar de dar apelidos para sua menstruação
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Odor na vagina: veja o que o cheiro na região íntima pode indicar
    Odor na vagina: veja o que o cheiro na região íntima pode indicar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mau cheiro na virilha e região íntima da mulher o que pode ser e como tratar?
    Mau cheiro na virilha e região íntima da mulher o que pode ser e como tratar?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Higiene íntima
    Higiene íntima no banho: o jeito certo de lavar a vulva e outras regiões femininas
    A higiene íntima feminina da vulva deve ser feita entre uma a duas vezes por dia. É...
    Higiene íntima no banho: o jeito certo de lavar a vulva e outras regiões femininas
  • SE CUIDA!
    Injeção de 3 meses engorda? Saiba tudo sobre o método contraceptivo
    Existem dois tipos de anticoncepcional injetável: a injeção mensal, composta por uma...
    Injeção de 3 meses engorda? Saiba tudo sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Tive sangramento durante a relação sexual: o que pode ser?
    O sangramento durante a relação sexual ou o sangramento após relação sexual é considerado...
    Tive sangramento durante a relação sexual: o que pode ser?
  • SE CUIDA!
    10 fatos sobre higiene íntima que não são ensinados às mulheres
    Fazer a higiene íntima feminina correta é essencial para prevenir infecções vaginais e...
    10 fatos sobre higiene íntima que não são ensinados às mulheres
  • VER TODAS >