Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Injeção anticoncepcional trimestral: saiba tudo sobre o método contraceptivo

Injeção anticoncepcional trimestral: saiba tudo sobre o método contraceptivo

A injeção anticoncepcional trimestral, também conhecida como injeção de 3 meses, é um método contraceptivo hormonal de longa duração. Ela é composta apenas por progesterona e sua função é a mesma que a pílula anticoncepcional: prevenir a gravidez bloqueando a ovulação, além de tornar o muco cervical mais espesso, dificultando o caminho dos espermatozóides até o útero. A injeção tem se tornado uma boa opção para mulheres que têm dificuldade em administrar a pílula combinada diariamente. Saiba como funciona a injeção anticoncepcional, seus benefícios e quais casos ela é indicada.

 

Veja também: Métodos contraceptivos: conheça diferentes tipos e como funcionam 

 

Veja como funciona a injeção anticoncepcional trimestral

 

A injeção anticoncepcional trimestral é aplicada por via intramuscular, sempre por um profissional de saúde. O ideal é que a primeira dose seja feita logo no início do ciclo menstrual, de preferência no dia da chegada da menstruação. Os hormônios são absorvidos pela corrente sanguínea até chegar na hipófise e nos ovários. O objetivo é impedir a ovulação, mas o anticoncepcional injetável também altera a espessura do muco cervical, justamente para dificultar a passagem do espermatozóide. 

 

Cada dose da injeção precisa ser tomada a cada 90 dias, ou seja, de 3 em 3 meses. “Geralmente a adaptação é imediata mas pode levar até 3 meses, principalmente em mulheres que apresentam escapes”, explica o médico. É importante lembrar que a injeção de 3 meses não funciona como prevenção a doenças sexualmente transmissíveis, por isso, o uso do preservativo é indispensável. 

 

Benefícios da injeção anticoncepcional trimestral 

 

Segundo o ginecologista, a escolha do método anticoncepcional depende do histórico de saúde da paciente e da preferência de cada mulher. Para o médico, não existe uma grande diferença de eficácia entre a pílula e a injeção trimestral. “A injeção é altamente eficaz e contém somente progesterona na sua composição”. O anticoncepcional injetável trimestral também é indicada para pacientes que buscam de um método contraceptivo de baixa dosagem ou sem a presença de estrogênio. 

 

Além de contraceptivo, a injeção anticoncepcional trimestral pode ser usado para tratamentos de problemas como endometriose, doença inflamatória pélvica e combate a TDPM, um caso de TPM mais severo. 

 

Injeção anticoncepcional: como tomar corretamente

 

De acordo com o médico, a injeção anticoncepcional de 3 meses tem a vantagem de ter baixo custo. Por esse motivo, ela costuma ser usada na rede pública e é oferecida gratuitamente em posto de saúde ou maternidade do SIstema Único de Saúde (SUS).  “Pacientes com melhor poder aquisitivo usam as pílulas com maior frequência”, comenta Alexandre Zabeu Rossi. Para tomar, basta ir a um posto de saúde ou hospital. A aplicação também pode ser feita em farmácia, sempre com apresentação de receita médica. 

 

Injeção anticoncepcional mensal e trimestral: veja quais são as diferenças 

 

As diferenças entre a injeção anticoncepcional mensal e a trimestral está na periodicidade e na composição. A injeção mensal precisa ser tomada uma vez por mês e traz na sua composição a combinação dos hormônios estrogênio e progesterona. Outra diferença está na presença de período menstrual, pois com a injeção mensal a mulher continua menstruando normalmente. 

 

Já a injeção trimestral, além de só ter progesterona em sua composição, leva à amenorreia, ou seja, ausência de menstrual.  

 

Injeção de 3 meses: dor nas mamas e retenção de líquidos são os principais efeitos colaterais 

 

Os efeitos colaterais da injeção de 3 meses incluem dor nas mamas, tontura e retenção de líquido, além de ausência de menstruação e escapes ao longo do mês. Algumas mulheres também relatam demora para engravidar após a pausa. O Dr. Alexandre também cita outros efeitos que podem acontecer. “ A injeção trimestral geralmente induz um status hormonal parecido com o da menopausa, podendo inclusive apresentar sintomas semelhantes, além de predisposição a osteoporose com o uso prolongado”. 

 

Se os sintomas desagradáveis forem recorrentes,  consulte um especialista para checar se o seu corpo não adaptou bem à injeção. 

 

Contraindicações da injeção anticoncepcional de 3 meses 

 

A injeção anticoncepcional trimestral é uma boa opção para para pacientes que têm dificuldade de tomar pílula diariamente, caindo em esquecimento. No entanto, sabemos que a falha frequente na administração reduz a eficácia do método. Nesse caso, a troca pode para a injeção trimestral pode ser a melhor solução, mas é necessário consultar o ginecologista antes. 

 

Como qualquer método contraceptivo hormonal, a injeção não é recomendada para todas as mulheres. As pacientes com problemas renais, hipersensibilidade aos componentes da fórmula e tendência à trombose não podem fazer uso do anticoncepcional injetável de 3 meses.

 

Esqueci de tomar a injeção anticoncepcional. O que fazer?

 

A injeção anticoncepcional trimestral deve ser tomada a cada 90 dias. Existe uma margem de tolerância de atraso que vai de 3 a 7 dias, ou seja, tomar a injeção nesse período não compromete tanto a eficácia do anticoncepcional injetável. Se o atraso for por tempo maior, o ideal é usar preservativo nos próximos 30 dias por precaução. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Alexandre Zabeu Rossi - Especialista em Ginecologia e Obstetrícia e Diretor da Clínica Rossi
CRM: 79963

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional: saiba tudo sobre esse método!
    Injeção anticoncepcional: saiba tudo sobre esse método!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional: tudo que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    Injeção anticoncepcional: tudo que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção, adesivo e pílula anticoncepcional: saiba a diferença entre estes métodos contraceptivos
    Injeção, adesivo e pílula anticoncepcional: saiba a diferença entre estes métodos contraceptivos
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional trimestral: ginecologista responde dúvidas sobre o método
    Injeção anticoncepcional trimestral: ginecologista responde dúvidas sobre o método
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Anticoncepcional adesivo: tudo o que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    Anticoncepcional adesivo: tudo o que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    O que é o anel vaginal: saiba tudo sobre o método contraceptivo
    O que é o anel vaginal: saiba tudo sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    O que é DIU: saiba tudo sobre o método contraceptivo sem hormônio
    O que é DIU: saiba tudo sobre o método contraceptivo sem hormônio
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    DIU, injeção anticoncepcional e mais: conheça os métodos contraceptivos de uso contínuo
    DIU, injeção anticoncepcional e mais: conheça os métodos contraceptivos de uso contínuo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    DIU de prata: tudo o que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    DIU de prata: tudo o que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Pílula anticoncepcional: 9 dúvidas sobre o método contraceptivo
    Pílula anticoncepcional: 9 dúvidas sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Higiene íntima
    Higiene íntima feminina e prevenção de doenças infecciosas: o que você precisa saber
    A higiene íntima feminina é um cuidado indispensável para a saúde da mulher. Além de...
    Higiene íntima feminina e prevenção de doenças infecciosas: o que você precisa saber
  • Saúde da mulher
    INFOGRÁFICO: Sintomas da tpm x sintomas da gravidez
    Os dias que antecedem a chegada da menstruação podem causar um pouco de ansiedade para...
    INFOGRÁFICO: Sintomas da tpm x sintomas da gravidez
  • Menstruação
    Tipos de cólica menstrual: sintomas, como identificar e o que fazer para aliviar
    A cólica menstrual é um dos sintomas da menstruação mais comuns. Sua intensidade varia...
    Tipos de cólica menstrual: sintomas, como identificar e o que fazer para aliviar
  • SE CUIDA!
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
    A infecção urinária geralmente é causada pela entrada de bactérias que se proliferam no...
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
  • VER TODAS >