Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Injeção anticoncepcional trimestral: ginecologista responde dúvidas sobre o método

Injeção anticoncepcional trimestral: ginecologista responde dúvidas sobre o método

A injeção anticoncepcional trimestral é um método contraceptivo vantajoso para mulheres com restrição ao uso de estrogênio e, principalmente, para as que não conseguem administrar a pílula anticoncepcional corretamente por esquecer de tomar o remédio alguns dias. Composta exclusivamente por progesterona, a injeção de 3 meses deve ser aplicada a cada 90 dias. A injeção trimestral é um método muito eficaz e possui apenas 0,3% de chance de falha.

 

Descobrir o método contraceptivo ideal pode não ser tão simples quanto parece. É importante levar em consideração as especificidades do ciclo menstrual e as necessidades de cada mulher, por isso, o acompanhamento de um ginecologista é fundamental antes de escolher o método contraceptivo. 

 

O Só Delas bateu um papo com a ginecologista e obstetra Lívia Migowski para compreender como o método contraceptivo age no organismo feminino e tirar as principais dúvidas sobre o assunto. Veja a seguir! 

 

Injeção anticoncepcional trimestral: o que é?  

 

Diferente da injeção anticoncepcional mensal, que é composta por estrogênio e progesterona, a injeção anticoncepcional trimestral é constituída apenas pelo hormônio progesterona. “Elas são totalmente diferentes”, salienta a profissional. Como o próprio nome sinaliza, a injeção trimestral deve ser aplicado a cada 90 dias. Ou seja, uma vez a cada três meses.  

 

Mulheres com histórico de problemas cardiovasculares ou complicações relacionadas à circulação e coagulação sanguínea podem optar pela injeção anticoncepcional trimestral como método contraceptivo. Além disso, o recurso também pode cair nas graças das donas de um fluxo menstrual muito intenso, já que tem a capacidade de interromper a menstruação e fazer com que a paciente entre em estado de amenorreia.  

 

Como funciona a injeção anticoncepcional de 3 meses 

 

Como qualquer outro método contraceptivo, o principal objetivo da injeção anticoncepcional trimestral é impedir que uma gravidez indesejada aconteça. O medicamento à base de progesterona inibe a ovulação da mulher e aumenta a viscosidade do muco cervical, dificultando a movimentação do espermatozoide para chegar até o útero e, por consequência, evitando a possibilidade de fecundação.  

 

A primeira aplicação da injeção deve ser feita até o 5º dia da menstruação. “A injeção começa a fazer efeito já em 15 dias de sua aplicação”, aponta a especialista. Isso significa que o uso da camisinha como método contraceptivo é indispensável durante as duas primeiras semanas.  

 

A segunda administração do medicamento deve ser aplicada 90 dias após a anterior. Caso haja algum atraso nesta programação, converse com o(a) médico(a) responsável para chegarem à melhor solução para o imprevisto. Se o atraso for mais de duas semanas, talvez seja necessário descartar uma possível gravidez antes de prosseguir. “Atrasos de até 14 dias são considerados seguros. Após esse prazo, deve ser atestado ausência de gravidez”, explica a profissional.  

 

Adeptas da pílula anticoncepcional que desejam realizar a transição entre os métodos contraceptivos devem receber a aplicação da injeção até, no máximo, 7 dias após ingerir o último comprimido da cartela. “Essa transição deve ser feita com orientação médica”, aconselha a Dra. Lívia. A ginecologista também recomendo o uso de preservativo por, pelo menos, 15 dias para mulheres com parceiro fixo. Vale lembrar que o uso da camisinha é também uma medida de prevenção de DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis). 

 

Vantagens da injeção anticoncepcional trimestral: parar de menstruar está entre os benefícios do método

 

Um dos principais atrativos da injeção anticoncepcional trimestral é a praticidade do recurso. “A grande vantagem da injeção é a comodidade de só precisar aplicar a injeção a cada 90 dias. Muito diferente da pílula anticoncepcional, que deve ser tomada todos os dias. Portanto, é ideal para aquelas mulheres que esquecem os comprimidos com frequência”, esclarece.  

 

“Outra vantagem da injeção é a diminuição do volume de sangramento”, acrescenta a especialista, fazendo menção à capacidade que o medicamento tem de interromper a menstruação durante o uso. Em alguns casos, porém, é possível que ocorram escapes ou pequenos sangramentos ao longo do mês.  

 

Além dos benefícios já mencionados, ainda podemos citar outras vantagens da injeção anticoncepcional trimestral, incluindo: alívio de alguns sintomas da TPM, redução dos riscos de câncer de endométrio e ovário e auxílio no controle dos sintomas da endometriose (condição caracterizada pelo crescimento do endométrio fora do útero).  

 

Desvantagens da injeção anticoncepcional trimestral: efeitos colaterais incluem ganho de peso e escapes 

 

De acordo com a Dra. Lívia, os efeitos colaterais mais comuns são: ganho de peso, escapes e ressecamento vaginal. Sintomas como nervosismo, dor de cabeça, diminuição da libido, queda de cabelo e sensibilidade mamária também podem ser associados à utilização da injeção anticoncepcional trimestral.  

 

Ainda segundo a obstetra, outras desvantagens do método contraceptivo são as possíveis complicações da aplicação. Também vale ressaltar que a injeção trimestral não é recomendada para mulheres que querem engravidar a curto prazo. “Pode levar até 18 meses para recuperar a fertilidade após a última aplicação”, explica.  

 

Dúvida 1) Injeção anticoncepcional precisa de receita médica? 

 

Sim! “A escolha do anticoncepcional deve ser em conjunto com o(a) médico(a) ginecologista ou médico de família. Existem diversas doenças que contraindicam o uso de certos métodos contraceptivos. Portanto, o início deve ser sob orientação médica”, informa. “As injeções subsequentes não precisam de prescrição. As mulheres que usam método contraceptivo devem ir regularmente ao médico, pois situações clínicas podem aparecer e acabar contraindicando o uso do método”, finaliza a Dra. Lívia.  

 

Dúvida 2) Injeção trimestral pode ser usada durante a amamentação?

 

Uma dúvida frequente entre as mamães que tiveram um bebê recentemente é qual método contraceptivo escolher para evitar outra gravidez durante a amamentação. Neste momento, o recomendado é evitar anticoncepcionais hormonais, como o uso do preservativo durante todas as relações sexuais ou a aplicação do DIU (Dispositivo IntraUterino) de cobre. Caso essas opções não sejam viáveis, a injeção anticoncepcional trimestral pode ser avaliada pelo(a) médico(a) responsável.  

 

É muito importante destacar que o uso da injeção anticoncepcional mensal não é indicado durante a amamentação. Mulheres que estão passando por esse processo devem fugir das composições com estrogênio, portanto, a única injeção anticoncepcional permitida é a trimestral. Para dar início à aplicação, recomenda-se esperar 6 semanas após o parto. De qualquer forma, não se automedique e converse com o(a) seu(a) ginecologista antes de tomar qualquer decisão.

 

Dúvida 3) Quais são as chances de engravidar tomando injeção trimestral?

 

Se a injeção trimestral estiver sendo utilizada corretamente, sem nenhum tipo de atraso ou mudança na programação, as chances de engravidar são muito pequenas. Em média, o risco de gravidez durante o uso do método contraceptivo injetável é de 0,3% a 1%.

 

Dúvida 4) Injeção anticoncepcional engorda? 

 

Muitas mulheres relatam o aumento de peso durante a utilização da injeção anticoncepcional. Porém, na verdade, essa sensação é reflexo da retenção de líquido provocada pelas alterações hormonais provenientes do anticoncepcional. Embora não haja elevação de gordura corporal, algumas adeptas ao método contraceptivo podem, sim, observar um ganho de peso. Cada organismo reage de uma forma, portanto, esse efeito pode variar de paciente para paciente. 

 

Dúvida 5) Injeção trimestral pode levar à infertilidade? 

 

Não! Com isso você não precisa se preocupar. O que pode acontecer é uma demora de até 18 meses no retorno da fertilidade após a interrupção do uso da injeção anticoncepcional trimestral. O normal é que a mulher preserve a mesma capacidade de engravidar que apresentava antes de aderir ao recurso. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Dra. Livia Migowski, ginecologista e obstetra da Perinatal

CRM: 52.90682-4

 

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional trimestral: saiba tudo sobre o método contraceptivo
    Injeção anticoncepcional trimestral: saiba tudo sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    O que é DIU de cobre e como usá-lo? Ginecologista responde as principais dúvidas sobre o método contraceptivo
    O que é DIU de cobre e como usá-lo? Ginecologista responde as principais dúvidas sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Pílula anticoncepcional: 4 dúvidas que você provavelmente tem sobre o método contraceptivo
    Pílula anticoncepcional: 4 dúvidas que você provavelmente tem sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional: tudo que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    Injeção anticoncepcional: tudo que você precisa saber sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional: 9 dúvidas respondidas por um ginecologista
    Injeção anticoncepcional: 9 dúvidas respondidas por um ginecologista
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Pílula anticoncepcional: 10 dúvidas que você provavelmente tem sobre o método contraceptivo
    Pílula anticoncepcional: 10 dúvidas que você provavelmente tem sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional: saiba tudo sobre esse método!
    Injeção anticoncepcional: saiba tudo sobre esse método!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Pílula anticoncepcional: 9 dúvidas sobre o método contraceptivo
    Pílula anticoncepcional: 9 dúvidas sobre o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção, adesivo e pílula anticoncepcional: saiba a diferença entre estes métodos contraceptivos
    Injeção, adesivo e pílula anticoncepcional: saiba a diferença entre estes métodos contraceptivos
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    6 dúvidas sobre sexo respondidas por um ginecologista!
    6 dúvidas sobre sexo respondidas por um ginecologista!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • PRIMEIRA VEZ
    Primeira menstruação: 11 fatos importantes para te ajudar a se preparar para a menarca
    A primeira menstruação, chamada de menarca pela ciência, marca o início da vida...
    Primeira menstruação: 11 fatos importantes para te ajudar a se preparar para a menarca
  • Menstruação
    Absorvente Sempre Livre Adapt Plus proporciona conforto flexibilidade e discrição. Confira!
    Toda mulher merece um absorvente que a deixe confortável e segura sem precisar abrir mão...
    Absorvente Sempre Livre Adapt Plus proporciona conforto flexibilidade e discrição. Confira!
  • Menstruação
    O.B.® Médio ProComfort é a melhor opção para fluxo moderado: conheça os benefícios
    A maneira ideal de escolher o absorvente interno é saber identificar qual é a intensidade...
    O.B.® Médio ProComfort é a melhor opção para fluxo moderado: conheça os benefícios
  • Menstruação
    Cor da menstruação: vermelha, marrom ou preta pode mudar com o tempo?
    Você já deve ter percebido que a cor da menstruação muda ao longo do período menstrual. A...
    Cor da menstruação: vermelha, marrom ou preta pode mudar com o tempo?
  • VER TODAS >