Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Implante contraceptivo: onde colocar e como funciona o método?

Implante contraceptivo: onde colocar e como funciona o método?

O implante contraceptivo é um método anticoncepcional de longa duração que é composto por hormônios derivados da progesterona. Ao ser colocado embaixo da pele, O implante libera pequenas concentrações hormonais que, ao serem absorvidas pelo corpo, bloqueiam a ovulação e alteram o aspecto do muco cervical, dificultando a entrada do espermatozóide no sistema reprodutivo da mulher.

 

O dispositivo tem formato de cápsula e possui cerca de 4 centímetros de comprimento e 2 milímetros de diâmetro. Sua duração é de até três anos e, durante esse tempo, não é necessário manutenção. Conversamos com o ginecologista Alexandre Pupo para entender como o contraceptivo funciona e qual é o melhor lugar para ser inserido. 

 

Veja também: Método anticoncepcional de longa duração: conheça algumas opções

 

O implante contraceptivo deve ser colocado preferencialmente no braço com anestesia local

 

A colocação do implante contraceptivo deve ser recomendada por um(a) profissional capacitado(a), após descartar a possibilidade de gravidez. Segundo o ginecologista, o ideal é realizar a inserção do aparelho entre o 1º e 5º dias da menstruação. “O implante vem em um dispositivo com uma agulha. Essa agulha é introduzida embaixo da pele, no espaço entre o bíceps e o tríceps, na face interna do braço”, descreve o médico. “Empurra-se o êmbolo, trazendo de volta a agulha, e o bastãozinho que contém o hormônio é liberado nesse espaço entre a pele e o subcutâneo”, acrescenta. 

 

Você deve estar se perguntando: colocar o implante contraceptivo dói? Não! O procedimento é realizado com uma anestesia local e, portanto, não oferece nenhum tipo de incômodo. De acordo com o doutor Alexandre, a cápsula deve ser inserida logo abaixo da pele para que seja palpável. “Depois de colocar o implante, como a agulha é muito grossa, às vezes, alguns médicos gostam de dar um pontinho na pele para ajudar a cicatrização”, adiciona. 

 

Três anos após a inserção do implante, caso a mulher deseje continuar utilizando o método contraceptivo, é preciso efetuar a remoção da cápsula e substituí-la por uma nova. A troca é necessária porque, com o fim do prazo estipulado pela bula, o reservatório responsável por liberar gradativamente as doses hormonais se torna vazio e, consequentemente, o implante anticoncepcional perde sua eficácia.  

 

Como funciona o implante contraceptivo: método inibe a ovulação e tem duração de até três anos 

 

De acordo com o médico, o implante contraceptivo funciona de forma semelhante à pílula anticoncepcional. O etonogestrel, hormônio derivado da progesterona presente em sua composição, vai “agir impedindo a ovulação e colocando o ovário em repouso”. A maior distinção entre os métodos contraceptivos é a praticidade do implante, que tem duração de até três anos e, diferente da pílula, não precisa ser administrado diariamente. Com zero chances de esquecimento, a taxa de eficácia do produto se mostra bastante alta (99%). 

 

“O implante é um pequeno tubo de um material sintético preenchido com o hormônio que vai ser utilizado. Esse implante é colocado embaixo da pele, na gordura subcutânea, e vai liberando gradativamente pequenas concentrações hormonais”, explica o doutor Alexandre. Essas substâncias são absorvidas pelo corpo e chegam à circulação sanguínea, quando começam a agir impedindo a gestação. 

 

Além de evitar uma gravidez indesejada, o implante contraceptivo ainda pode ser prescrito com outras finalidades. “Ele pode ser usado para minimizar, por exemplo, os sintomas da endometriose [crescimento indevido do endométrio fora da cavidade uterina]”, relata o especialista. Em alguns casos, o método contraceptivo também pode ser indicado para controlar um fluxo menstrual aumentado. Lembrando que, assim como outros anticoncepcionais, o implante não protege contra DST’s. Portanto, o uso da camisinha continua sendo indispensável!

 

Efeitos colaterais do implante contraceptivo são parecidos com o da pílula anticoncepcional

 

Nos dias seguintes à colocação do implante contraceptivo, a mulher pode observar algumas alterações no organismo. “Basicamente, a mesma coisa que ela esperaria se iniciasse uma cartela de pílula anticoncepcional. Os hormônios que estão presentes no implante vão sendo absorvidos pelo corpo e isso bloqueia o funcionamento do ovário”, afirma o ginecologista. 

 

Quanto aos efeitos colaterais a longo prazo, o médico alerta: “como qualquer método anticoncepcional a base de hormônios, você vai ter primeiro os efeitos colaterais relativos ao próprio hormônio”. Segundo o profissional, o aumento de peso (por conta da retenção líquida) e os sangramentos de escape (perda de sangue fora da menstruação) estão entre as principais reações associadas ao uso do implante contraceptivo. 

 

Em alguns casos, a paciente também pode apresentar sintomas como maior oleosidade na pele e cabelo, sensibilidade mamária, redução da libido, oscilações de humor, entre outros. Geralmente, esses efeitos colaterais tendem a diminuir com o tempo. Vale lembrar que, se a mulher não se adaptar ao método contraceptivo, o implante contraceptivo pode ser removido antes do prazo de três anos.

 

Veja também: Os efeitos colaterais são iguais para todos os métodos contraceptivos?

 

Vantagens do implante contraceptivo:

 

  • Possui taxa de 99% de eficácia;

  • É um método contraceptivo de longa duração (até três anos);

  • Não precisa ser administrado diariamente (diferente da pílula anticoncepcional);

  • É uma alternativa para mulheres com contraindicações ao estrogênio;

  • Pode reduzir o fluxo menstrual intenso;

  • É usado também para aliviar os sintomas da endometriose;

 

Desvantagens do implante contraceptivo:

 

  • Pode provocar sangramento de escape ao longo do mês;

  • Pode ocasionar outros sintomas, como retenção líquida e sensibilidade mamária;

 

Contraindicações: mulheres com histórico de trombose não devem utilizar o implante contraceptivo

 

O implante contraceptivo é um método contraceptivo hormonal. Sendo assim, o produto pode não ser indicado para algumas mulheres. Pacientes com histórico familiar ou individual de trombose, presença de cânceres estimulados por hormônios (como alguns tipos de câncer de mama) e intolerância a contraceptivos hormonais não devem aderir ao implante. “Em pacientes que tentaram inúmeros métodos [hormonais] e nenhum funcionou, a probabilidade do implante também não funcionar é maior”, orienta o médico. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Alexandre Pupo Nogueira - ginecologista e obstetra membro do corpo clínico do Hospital Albert Einstein, é também mastologista e Membro Titular do Núcleo de Mastologia do Hospital Sírio Libanês
CRM-SP: 84.414

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Diafragma contraceptivo: como funciona, benefícios e efeitos colaterais
    Diafragma contraceptivo: como funciona, benefícios e efeitos colaterais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Anticoncepcional injetável mensal: como funciona, onde aplicar e mais
    Anticoncepcional injetável mensal: como funciona, onde aplicar e mais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Técnica de extensão de cílios: como funciona e os principais cuidados
    Técnica de extensão de cílios: como funciona e os principais cuidados
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Como colocar camisinha: um passo a passo e dicas para usar o preservativo corretamente
    Como colocar camisinha: um passo a passo e dicas para usar o preservativo corretamente
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    DIU: como colocar? O que você precisa saber antes de investir no método contraceptivo
    DIU: como colocar? O que você precisa saber antes de investir no método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Como colocar camisinha feminina: um passo a passo e dicas para usar o preservativo corretamente
    Como colocar camisinha feminina: um passo a passo e dicas para usar o preservativo corretamente
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Como colocar O.B.® de forma correta? Confira o passo a passo que a gente preparou!
    Como colocar O.B.® de forma correta? Confira o passo a passo que a gente preparou!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Como colocar O.B.®? Aprenda com infográfico, passo a passo e vídeo!
    Como colocar O.B.®? Aprenda com infográfico, passo a passo e vídeo!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Como perder a virgindade com proteção: 4 dicas para colocar em prática
    Como perder a virgindade com proteção: 4 dicas para colocar em prática
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Ciclo menstrual: o que é, como funciona, quando começa, fases e características
    Ciclo menstrual: o que é, como funciona, quando começa, fases e características
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Cravos no nariz: saiba como os pontinhos pretos aparecem na sua pele e como se livrar deles
    Sabe aqueles pontinhos escuros que vez ou outra surgem na nossa pele? Eles são chamados d..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Aprenda 5 truques de maquiagem que vão levantar sua autoestima!
    Sabe aqueles dias que você não acorda muito satisfeita com o espelho? Ou quando você es..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Confira 4 dicas para ter unhas fortes e saudáveis!
    Ter unhas bonitas não é uma tarefa tão simples como parece, né? Mas com cuidado a gent..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Vai sair com um boy novo? Veja 8 dicas para um encontro perfeito!
    Pode ser aquela pessoa que pega o mesmo transporte que você todos os dias ou o garoto da ..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    Sempre Livre com cobertura suave ou seca, qual devo escolher?
    O absorvente externo SEMPRE LIVRE® é um verdadeiro companheiro das mulheres durante a...
    Sempre Livre com cobertura suave ou seca, qual devo escolher?
  • SE CUIDA!
    Carefree TodoDia Flexi: conheça o protetor diário que se ajusta a todos os tipos de calcinha
    CAREFREE® TodoDia Flexi é um protetor diário respirável fino, flexível e com formato que...
    Carefree TodoDia Flexi: conheça o protetor diário que se ajusta a todos os tipos de calcinha
  • Menstruação
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
    Ao notar a menstruação com mau cheiro, o ideal é buscar uma avaliação médica para...
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
  • Saúde da mulher
    Ginecologista responde 3 dúvidas frequentes sobre escape menstrual
    O escape menstrual, também conhecido como spotting, é caracterizado por um pequeno...
    Ginecologista responde 3 dúvidas frequentes sobre escape menstrual
  • VER TODAS >