Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

HPV: como é o tratamento da DST

HPV: como é o tratamento da DST

O tratamento do HPV consiste em remover as verrugas e tratar as lesões para evitar que elas se estendam para outras áreas ou continuem sendo transmitidas. HPV é uma doença viral transmitida pelo Vírus do Papiloma Humano no ato sexual, sendo considerada uma das DSTs mais comuns em pessoas sexualmente ativas. Esta patologia infecta a pele da mucosa no contato íntimo e pode provocar verrugas nos órgãos genitais. Nem sempre ela é sintomática e algumas pessoas podem não manifestar lesões. Sendo assim, é importante manter o exame preventivo em dia para detectar possíveis complicações.

 

Leia também: 9 informações que você precisa saber sobre HPV

 

Como identificar os sintomas do HPV e buscar ajuda médica

 

De acordo com a ginecologista Dra. Mariana Conforto, o vírus do HPV pode se manifestar através de verrugas genitais ou através de lesões no colo uterino. “Em caso de sangramento na relação, sangramento anormal e/ou aparecimento de verrugas na região anal e genital, procure um ginecologista para uma avaliação correta”, alerta a médica. As lesões no colo do útero também podem ser identificadas através da ultrassonografia transvaginal, um exame comum na vida das mulheres e que é feito pelo menos uma vez ao ano. Veja quais são os principais sintomas desta DST:

 

- Verrugas ou lesões na região genital e na pele;
- Coceira;
- Irritação. 

 

Formas de transmissão do HPV 

 

O HPV é transmitido no contato pele a pele e através da mucosa que está infectada pelo vírus. Ou seja, não precisa necessariamente de penetração vaginal ou anal, o sexo oral (contato mucosa x mucosa) pode ser o suficiente para a transmissão. Em casos mais raros, a doença também pode ser passada no compartilhamento de toalhas ou roupas íntimas, caso as lesões tenham entrado em contato com o tecido. 

 

HPV tem cura? 

 

Segundo a médica, ainda não há cura para o HPV. “O que se sabe é que, em caso de lesões verrucosas (mais conhecidas como verrugas), se intervirmos precocemente - o que significa retirar as lesões através dos tratamentos corretos - existe uma chance menor de recidiva (os sintomas retornarem)”, explica Mariana. O raciocínio para as lesões no colo do útero não é diferente. “Em caso de alguma lesão, pode se programar um exame chamado Colposcopia, com uma possível realização de biópsia, e retirar a área doente”, acrescenta. 

 

Se a doença não manifestar sintomas, mas apresentar uma infecção pelo vírus do HPV no exame preventivo, sem causar alguma lesão, deve-se procurar um ginecologista para fazer o acompanhamento habitual, sem necessidades adicionais. “Se, o preventivo vier com alguma lesão de fato, mesmo se a paciente estiver assintomática (sem sintomas) o tratamento deve envolver exames adicionais de acordo com os protocolos, o tipo de lesão e a idade da paciente”, recomenda a ginecologista. 

 

Como é feito o tratamento do HPV

 

O tratamento do HPV consiste em eliminar as verrugas quando a medicação não for o suficiente para elas sumirem sozinhas. É preciso avaliar a extensão, quantidade e localização das lesões antes de decidir o melhor procedimento para remoção das verrugas. Quando as lesões são pequenas e em pouca quantidade, é possível tratar com cremes específicos e ácidos. Quando a infecção é mais extensa, é necessário remover com técnicas como cauterização a laser, crioterapia (com gelo seco), ácidos ou radiofrequência. 

 

Veja também: Como se prevenir do HPV 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Mariana Conforto - Ginecologista e obstetra da Perinatal

CRM: 5296454-9

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Tipos de HPV: entenda as diferentes manifestações da DST
    Tipos de HPV: entenda as diferentes manifestações da DST
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Clamídia: o que é, sintomas, causas e tratamento da DST
    Clamídia: o que é, sintomas, causas e tratamento da DST
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Camisinha feminina: entenda como esse produto te protege de DSTs
    Camisinha feminina: entenda como esse produto te protege de DSTs
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Espinha ou dermatite: como identificar o problema e as principais formas de tratamento para cada um
    Espinha ou dermatite: como identificar o problema e as principais formas de tratamento para cada um
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Como diminuir o fluxo intenso: ginecologista comenta possibilidades de tratamentos
    Como diminuir o fluxo intenso: ginecologista comenta possibilidades de tratamentos
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    O que é sífilis? Saiba quais são as causas, os sintomas e como é o tratamento da IST!
    O que é sífilis? Saiba quais são as causas, os sintomas e como é o tratamento da IST!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Tratamento para candidíase: saiba como a alimentação pode te ajudar
    Tratamento para candidíase: saiba como a alimentação pode te ajudar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    4 DSTs mais comuns nas mulheres. Veja como se prevenir e buscar ajuda!
    4 DSTs mais comuns nas mulheres. Veja como se prevenir e buscar ajuda!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Papo entre amigas! Como falar sobre menstruação no grupo pode ajudar a lidar com esse período
    Papo entre amigas! Como falar sobre menstruação no grupo pode ajudar a lidar com esse período
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Saiba quais são os primeiros sintomas de DST na mulher e como se prevenir
    Saiba quais são os primeiros sintomas de DST na mulher e como se prevenir
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • VOCÊ SABIA?
    Ih, choveu! Veja ideias do que fazer para se divertir com as amigas mesmo dentro de casa
    Tem dias que a gente combina de sair com as amigas, mas a previsão do tempo não colabora..
  • VOCÊ SABIA?
    6 coisas que você precisa saber antes de viajar com seus amigos
    Fazer uma viagem acompanhada de amigos é uma das melhores coisas da vida! Se divertir, pa..
  • VOCÊ SABIA?
    4 coisas que passam pela sua cabeça antes de chegar ao primeiro encontro
    Por mais que a gente seja confiante, o primeiro encontro com o carinha interessante sempre..
  • VOCÊ SABIA?
    Vai passar o dia na praia? Veja o que levar na bolsa!
    No verão, tudo o que a gente mais quer é relaxar, se divertir e ficar com aquele bronzea..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Como saber se estou com candidíase?
    A candidíase vaginal acontece quando fungos Candida, que já habitam em pequenas...
    Como saber se estou com candidíase?
  • SE CUIDA!
    É normal ter escape tomando anticoncepcional?
    O escape menstrual é um sangramento fora da menstruação, de intensidade leve e tonalidade...
    É normal ter escape tomando anticoncepcional?
  • SE CUIDA!
    Pílula do dia seguinte: 8 coisas que toda mulher precisa saber sobre o método de emergência
    A pílula do dia seguinte é um método contraceptivo de emergência, que só deve ser...
    Pílula do dia seguinte: 8 coisas que toda mulher precisa saber sobre o método de emergência
  • SE CUIDA!
    Absorvente diário não é igual a protetor diário. Entenda o porquê!
    Algumas mulheres confundem o protetor diário com uma espécie de absorvente pequeno. Mas,...
    Absorvente diário não é igual a protetor diário. Entenda o porquê!
  • VER TODAS >