Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Hirsutismo: excesso de pelos no corpo feminino é causado por alterações hormonais

Hirsutismo: excesso de pelos no corpo feminino é causado por alterações hormonais

O excesso de pelos no corpo é um incômodo para muitas mulheres. A explicação pode estar na genética ou em algum problema hormonal. O hirsutismo é um distúrbio conhecido pelo surgimento de excesso de pelos em mulheres em áreas mais comuns a homens: rosto, no peito e nas costas, por exemplo. O efeito é causado por altos níveis de hormônios masculinos, chamados androgênios. Segundo a ginecologista Bárbara Murayama, este problema afeta entre 5 e 10% das mulheres em idade reprodutiva e sua principal origem é a Síndrome de Ovário Policístico. O Só Delas conversou com uma ginecologista para entender mais sobre o problema.

 

Entenda o que é o hirsutismo nas mulheres

 

O hirsutismo é definido como excessivo crescimento de pelos com padrão masculino em uma mulher. “A testosterona é o androgênio mais importante e níveis altos são comuns em homens, sendo assim, as mulheres normalmente têm níveis muito mais baixos”, diz a profissional. Ainda de acordo com a médica, o hirsutismo pode ser o sinal inicial e talvez único de excesso de hormônios masculinos, cujas manifestações cutâneas também podem incluir acne e calvície de padrão masculino.

 

Condições hormonais que levam ao hirsutismo

 

A condição mais comum que leva a androgênios extras em mulheres é chamada de Síndrome do Ovário Policístico (SOP). Este problema também causa períodos irregulares, ganho de peso, acne e outros sintomas. Neste caso, o tratamento geralmente é feito com pílula anticoncepcional.

 

Para o ginecologista Alessandro Scapinelli, a resistência insulínica, situação onde existe uma desregulação do metabolismo da insulina, contribui também para o aumento na produção de androgênios e consequente aumento de pelos.

 

Como é possível contornar e tratar essa condição?

 

O tratamento depende do que está causando o hirsutismo em cada paciente e a gravidade dos sintomas. Os possíveis tratamentos incluem:

 

- Perder peso de forma regular e sob orientação: Para mulheres que estão com sobrepeso ou obesidade, perder peso pode reduzir os níveis de androgênios e melhorar os efeitos no corpo: “Perder apenas 5% do seu peso corporal pode ajudar muito”, diz a profissional.
 

- Pílulas anticoncepcionais: “Estes são o tratamento mais comum. Eles baixam os níveis de androgênios, regulam o ciclo, melhorando os sinais de pele como pelos e acne, mas não tratam a causa. São um controle de sintomas”, explica a ginecologista.

 

- Medicamentos chamados anti-andrógenos, que reduzem os níveis de androgênios.

 

- Medidas estéticas: fazem parte do arsenal de tratamento para  remover pelos extras ou dificultar a visualização, como barbear ou depilar, clareamento de pelos ou depilação a laser.

 

Dra. Bárbara Murayama - Ginecologista e Obstetra - CRM: 112527
 

Dr. Alessandro Scapinelli - Ginecologista, membro da SOGESP (Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo) e FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) - CRM:112810-SP

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    8 filmes que falam sobre aceitação do corpo feminino: “Sexy Por Acidente”, “Pequena Miss Sunshine” e muito mais
    8 filmes que falam sobre aceitação do corpo feminino: “Sexy Por Acidente”, “Pequena Miss Sunshine” e muito mais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Telarca e menarca: conheça as fases de desenvolvimento do corpo feminino na puberdade
    Telarca e menarca: conheça as fases de desenvolvimento do corpo feminino na puberdade
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Lana Del Rey, Zara Larsson, Alison Wonderland: veja os principais nomes femininos que passam pelos palcos do Lollapalooza 2018
    Lana Del Rey, Zara Larsson, Alison Wonderland: veja os principais nomes femininos que passam pelos palcos do Lollapalooza 2018
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    Empoderamento feminino, transição capilar e aceitação: não deixe de conferir “Felicidade por um fio”, o filme novo da Netflix
    Empoderamento feminino, transição capilar e aceitação: não deixe de conferir “Felicidade por um fio”, o filme novo da Netflix
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    Futebol é feminino: 5 canais no Youtube de mulheres que amam falar do esporte
    Futebol é feminino: 5 canais no Youtube de mulheres que amam falar do esporte
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Aparelho reprodutor feminino e a menstruação: veja como ela acontece dentro do seu corpo
    Aparelho reprodutor feminino e a menstruação: veja como ela acontece dentro do seu corpo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Público feminino é cada vez maior no futebol. Conheça a história de 3 meninas apaixonadas pelo esporte
    Público feminino é cada vez maior no futebol. Conheça a história de 3 meninas apaixonadas pelo esporte
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Taís Rochel: conheça a brasileira que trocou a moda pelo esgrima e é destaque mundial no esporte
    Taís Rochel: conheça a brasileira que trocou a moda pelo esgrima e é destaque mundial no esporte
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Mudar de profissão no meio do caminho: por que isso não é tão absurdo
    Mudar de profissão no meio do caminho: por que isso não é tão absurdo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Canais no Youtube que podem te ajudar a fazer as pazes com seu corpo
    Canais no Youtube que podem te ajudar a fazer as pazes com seu corpo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Higiene íntima
    Higiene íntima no banho: o jeito certo de lavar a vulva e outras regiões femininas
    A higiene íntima feminina da vulva deve ser feita entre uma a duas vezes por dia. É...
    Higiene íntima no banho: o jeito certo de lavar a vulva e outras regiões femininas
  • SE CUIDA!
    Injeção de 3 meses engorda? Saiba tudo sobre o método contraceptivo
    Existem dois tipos de anticoncepcional injetável: a injeção mensal, composta por uma...
    Injeção de 3 meses engorda? Saiba tudo sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Tive sangramento durante a relação sexual: o que pode ser?
    O sangramento durante a relação sexual ou o sangramento após relação sexual é considerado...
    Tive sangramento durante a relação sexual: o que pode ser?
  • SE CUIDA!
    10 fatos sobre higiene íntima que não são ensinados às mulheres
    Fazer a higiene íntima feminina correta é essencial para prevenir infecções vaginais e...
    10 fatos sobre higiene íntima que não são ensinados às mulheres
  • VER TODAS >