Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Higiene íntima após fazer exercícios é fundamental para evitar infecções vaginais. Veja 4 dicas!

Higiene íntima após fazer exercícios é fundamental para evitar infecções vaginais. Veja 4 dicas!

Ao praticar exercícios físicos, é natural que a transpiração da região íntima da mulher aumente. Para evitar mau cheiro e doenças vaginais, o acúmulo do suor e da umidade das secreções vaginais na calcinha deve ser eliminado no banho ao chegar em casa. A higiene íntima feminina desempenha um papel fundamental na prevenção contra inflamações e infecções vaginais, como a candidíase e a vulvite. A falta desta higiene altera o pH vaginal e favorece a proliferação de fungos e bactérias causadores destas complicações. Por isso, a limpeza da vulva deve ser feita no chuveiro sempre após os exercícios, somente com água e sabonete íntimo.

 

Veja também: Partes da vagina: saiba como fazer a higiene em cada região

 

O Só Delas separou 4 dicas que vão te ajudar a manter a higiene íntima após a academia ou seu esporte favorito. Confira!

 

Dica 1) Se possível, faça a higiene íntima no banho logo após o treino

 

Tente ao máximo tomar banho logo após ou pouco tempo depois de praticar exercícios físicos. Se isso puder acontecer na própria academia ou no local de treino, melhor ainda para sua saúde vaginal. Caso não seja possível, dê prioridade ao banho e à limpeza da vulva com um sabonete íntimo líquido assim que chegar em casa. Desta forma, você consegue se livrar do suor acumulado e de qualquer tipo de secreção vaginal que possa ter se concentrado na calcinha ao longo das atividades. 

 

Dica 2) Prefira uma calcinha de algodão na hora de praticar exercícios físicos 

 

Calcinhas de algodão são as mais indicadas para manter a saúde vaginal em dia. A região íntima da mulher possui glândulas de suor e transpira, assim como outras partes do nosso corpo. Quando a mulher está praticando exercícios físicos, normalmente, a produção de suor se torna ainda mais abundante. Por essa razão, escolher peças íntimas feitas de um tecido natural como algodão, que absorve mais o suor e não abafa, é uma boa opção para proteger a saúde vaginal.  

 

Ambientes úmidos e quentes são um prato cheio para a proliferação de fungos e bactérias. Dito isto, fica fácil entender porque manter a vulva sempre seca e arejada é tão importante na prevenção contra doenças e infecções vaginais. Deixe as outras lingeries para ocasiões especiais! Atente-se também ao modelo da calcinha. Quando são muito pequenas, como a famosa “fio dental”, não proporcionam conforto e podem acabar incomodando e causando irritações na região íntima durante os exercícios.

 

Dica 3) Use um protetor de calcinha respirável para absorver a umidade na região íntima durante os exercícios

 

Além de optar por uma calcinha de algodão, você também pode apostar no protetor de calcinha respirável quando for praticar atividades físicas. O cuidado extra ajuda a evitar o acúmulo de umidade e calor na região íntima. CAREFREE® TodoDia é uma ótima opção para esses momentos. Respirável, o produto permite a circulação do ar na região íntima feminina. Basta colocar o protetor diário respirável antes de sair para fazer exercícios e, na volta, tirar o protetor da calcinha, descartar e fazer sua higiene íntima no banho com sabonete íntimo. 

 

Veja também: 5 hábitos que podem te prevenir da candidíase

 

Dica 4) Se for malhar menstruada, fique atenta à troca do absorvente externo ou interno

 

Algumas mulheres se perguntam se pode fazer exercício físico menstruada. A resposta para essa dúvida é: sim! Praticar atividades físicas libera endorfina (substância responsável pela sensação de prazer e bem-estar) e pode, inclusive, aliviar os sintomas característicos desta etapa do ciclo menstrual. A única orientação é pegar mais leve e não esquecer dos cuidados com a higiene íntima depois da atividade. Escolha o absorvente externo ou interno que melhor atenda às necessidades do seu padrão menstrual e efetue a troca com a frequência correta. 

 

Esse intervalo de tempo entre um absorvente e outro vai depender, principalmente, do seu fluxo menstrual, que pode ser leve, médio ou intenso. De qualquer forma, a troca do absorvente deve ser feita várias vezes ao dia.

 

Veja também: Exercícios físicos ajudam a aliviar a cólica menstrual; saiba tudo!

 

Saiba como fazer a higiene íntima correta no dia-a-dia

 

Além dos cuidados extras após os exercícios físicos, também é preciso fazer a higiene íntima correta diariamente. Normalmente, a limpeza da região externa do órgão genital (vulva, lábios, ao redor do clitóris e virilha) deve ser feita, no máximo, duas vezes ao dia. Isso porque o excesso de higienização pode destruir as barreiras de proteção naturais da região genital e, desta forma, propiciar a proliferação de fungos e bactérias causadores de doenças e infecções. Veja um passo a passo:

 

Passo 1) Escolha um sabonete íntimo líquido: recomenda-se o uso de um sabonete específico para a região íntima, já que esse produto apresenta um pH que respeita a acidez da vulva. Opte por uma versão líquida. Assim, não será necessário dividir a superfície do sabonete com outros moradores da casa e a contaminação por fungos e bactérias será ainda mais difícil. O ideal é deixar o sabonete íntimo líquido agir durante, aproximadamente, dois minutos no local. 

 

Passo 2) Higienize somente a área externa da vulva: o interior da vagina possui propriedades autolimpantes e, portanto, não precisa e nem deve ser higienizado. Concentre a limpeza da região íntima na parte externa, que inclui os grandes e pequenos lábios, a uretra, o clitóris e o períneo (aquele espaço entre a entrada da vagina e ânus). 

 

Passo 3) Faça movimentos circulares com os próprios dedos: não utilize esponjas ou outros apetrechos que possam causar lesões ou irritações na vagina, que é uma região sensível do corpo da mulher. Utilize os próprios dedos com cuidado e faça movimentos circulares para retirar sujeiras e possíveis resíduos acumulados, como o esmegma (substância de aparência branca e pastosa que costuma ser formada pelo conjunto de células mortas com a oleosidade natural da pele). 

 

Passo 4) Enxágue e seque bem a vagina: certifique-se de enxaguar bastante a região íntima para retirar todo e qualquer produto utilizado durante a limpeza. Após o banho, seque bem o local para evitar a umidade e uma possível proliferação de microorganismos.

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Como fazer a higiene íntima para evitar corrimentos? Confira algumas dicas!
    Como fazer a higiene íntima para evitar corrimentos? Confira algumas dicas!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    8 dicas para fazer a higiene íntima feminina e evitar infecções vaginais
    8 dicas para fazer a higiene íntima feminina e evitar infecções vaginais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Veja 4 dicas de como evitar o inchaço e aprenda a receita de um suco potente para desinchar
    Veja 4 dicas de como evitar o inchaço e aprenda a receita de um suco potente para desinchar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Esmegma: o que é e como evitar? Aprenda a fazer a higiene íntima da maneira correta!
    Esmegma: o que é e como evitar? Aprenda a fazer a higiene íntima da maneira correta!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Posso usar o chuveirinho para fazer a higiene íntima ou faz mal?
    Posso usar o chuveirinho para fazer a higiene íntima ou faz mal?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    4 dicas de higiene íntima para mulheres alérgicas
    4 dicas de higiene íntima para mulheres alérgicas
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Higiene íntima após relação sexual: saiba o que você precisa fazer!
    Higiene íntima após relação sexual: saiba o que você precisa fazer!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Guia da higiene íntima: infográfico mostra o que fazer e o que evitar
    Guia da higiene íntima: infográfico mostra o que fazer e o que evitar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    A maneira certa para fazer a higiene íntima em dias de menstruação, segundo ginecologista
    A maneira certa para fazer a higiene íntima em dias de menstruação, segundo ginecologista
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Higiene íntima sem tabu para mulheres. Saiba o que fazer!
    Higiene íntima sem tabu para mulheres. Saiba o que fazer!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
    A infecção urinária geralmente é causada pela entrada de bactérias que se proliferam no...
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
  • SE CUIDA!
    Candidíase vaginal: o que causa, sintomas e como tratar
    A candidíase vaginal é uma infecção fúngica muito comum entre as mulheres, causada por um...
    Candidíase vaginal: o que causa, sintomas e como tratar
  • Menstruação
    Como calcular próxima menstruação após tomar a pílula do dia seguinte?
    Você já deve ter ouvido falar que a pílula do dia seguinte desregula a menstruação. Isso...
    Como calcular próxima menstruação após tomar a pílula do dia seguinte?
  • SE CUIDA!
    Cólica menstrual forte ou endometriose? Saiba quando procurar um médico
    A endometriose é uma doença inflamatória causada pelo crescimento do endométrio (tecido...
    Cólica menstrual forte ou endometriose? Saiba quando procurar um médico
  • VER TODAS >