Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Guia da depilação íntima: veja 6 tipos de técnicas de remoção de pelos que existem e decida-se!

Guia da depilação íntima: veja 6 tipos de técnicas de remoção de pelos que existem e decida-se!

A depilação íntima ganhou novas técnicas e formatos ao longo dos anos. Na década de 1970, por exemplo, muitas mulheres tinham o costume de aparar os pelos pubianos com tesoura. Sem mudar o molde natural da virilha, sabe? Já nos anos 80, o que estava em alta na depilação íntima feminina era retirar somente os pelos que ficavam para fora do limite do biquíni ou maiô. Dos anos 90 para cá, depilar a região íntima se tornou um hábito bastante popular. Desde então, os tipos de depilação feminina se tornaram cada vez mais diversos. Entre as técnicas de depilação íntima mais conhecidas, estão: depilação com lâmina, cera quente ou fria, linha e com creme depilatório. Caso você ainda não tenha uma opção preferida, preparamos um guia para te ajudar a conhecer melhor cada técnica. Confira!

 

Veja também: Depilação íntima: qual é o método mais indicado para fazer em casa?

 

1) Depilação íntima feminina com lâmina é a opção mais rápida e fácil de fazer em casa
 

A depilação com lâmina é aquele tipo de depilação íntima que, cá entre nós, a maioria das mulheres já fez um dia. Depilar a virilha utilizando uma lâmina acaba sendo a opção mais barata e prática, já que o processo remove os pelos superficialmente e é bastante rápido.
 

Pontos positivos: dá para fazer a depilação com lâmina de barbear em casa. A ténica não dói e, após alguns usos, você só precisará substituir a lâmina velha por uma nova;
 

Pontos negativos: a depilação íntima com lâmina dura pouco tempo, entre dois a três dias. Além disso, em mulheres com a pele sensível, a chance de desenvolver alergias, irritações e foliculite na virilha é grande. Para evitar que isso aconteça, é importante investir em alguns cuidados (como hidratar a região íntima) antes e depois da depilação (independentemente da técnica escolhida);

 

Veja também: Cuidados antes da depilação: saiba como preparar a sua pele e evitar pelos encravados

 

2) Depilar a região íntima com cera quente afina gradativamente a espessura dos pelos
 

Outro método já conhecido entre nós é a depilação íntima com cera, que pode ser fria ou quente. No caso da depilação com cera quente, o produto é derretido em um aparelho e, só então, aplicado na região íntima. O calor deste tipo de cera faz com que os poros dilatem e, consequentemente, os pelos sejam retirados com mais facilidade.

 

Veja também: Depilação íntima com cera quente ou fria: prós e contras
 

Pontos positivos: a depilação íntima com cera (quente ou fria) costuma durar entre 20 a 30 dias. Com o tempo, a técnica ainda é capaz de diminuir a quantidade e afinar a espessura dos pelos na região;
 

Ponto negativo: a depilação com cera é dolorosa, principalmente, a depilação com cera fria. Além disso, outra parte chatinha é que, para depilar novamente, a mulher precisa esperar algumas semanas até os pelos crescerem o suficiente;

 

3) Creme para depilação íntima não agride peles sensíveis
 

O creme depilatório é um dos métodos mais simples e indolores. A aplicação é bem fácil: basta colocar o produto sobre a região a ser depilada e aguardar alguns minutos (indicados na embalagem do cosmético). Depois é só retirar o creme de depilação com uma espátula ou esponja com água fria. Dependendo do ritmo de crescimento dos seus pelos, o resultado da depilação com creme pode durar de 3 a 5 dias.
 

Pontos positivos: usar um creme depilatório não dói e agride menos a pele do que as outras técnicas, ou seja, faz toda diferença para mulheres que têm a pele sensível. Porém, antes de usá-lo em regiões íntimas, vale a pena passar em outra parte do corpo e ver se não vai dar nenhum tipo de reação alérgica, como vermelhidão e coceiras; 
 

Ponto negativo: o creme depilatório pode manchar a pele caso não seja removido dentro do prazo indicado;
 

4) Depilador elétrico remove até os pelos mais curtos
 

Sabe aqueles dias em que não deu tempo de marcar a depilação e você quer ir à praia ou usar um vestido? O depilador elétrico pode ser um grande aliado nessas horas! Além do aparador tradicional (para pernas e axilas), o aparelho vem com uma segunda opção que corta os pelos e é ideal para usar na região da virilha.
 

Pontos positivos: este tipo de depilação remove até os pelos mais curtos, não faz sujeira e é rápido;
 

Ponto negativo: depilar a região íntima com o depilador elétrico pode doer bastante, dependendo da sensibilidade e resistência a dor da mulher;

 

5) Depilação íntima com linha é muito higiênica e dura mais tempo
 

A famosa técnica egípcia faz sucesso nos salões e é conhecida pela precisão dos belos desenhos de sobrancelhas. Para as meninas que preferem ter uma depilação duradoura, apesar de sentir um pouco mais de dor, o método com linha de algodão pode ser muito eficiente. A remoção é feita através de um entrelaçamento da linha com o pelo, arrancando-o pela raiz.
 

Pontos positivos: dura mais tempo do que as outras técnicas, não utiliza produtos e não dá alergia;
 

Pontos negativos: a depilação com linha é mais cara que os métodos tradicionais e, além disso, a dor também pode ser bem incômoda;

 

6) Depilação a laser na virilha é um investimento a longo prazo
 

A depilação com laser é uma das técnicas mais modernas e caras: a tecnologia gera uma energia captada pela melanina (pigmento presente no pelo), que destrói a estrutura (folículo piloso) geradora de novos fios. O processo dura entre 8 a 10 sessões, com, no mínimo, 15 dias de intervalo. Quando chegar no resultado desejado, você só precisará fazer a manutenção da depilação uma vez por ano.

 

Pontos positivos: com a depilação a laser, os pelos realmente vão sumir da sua vida e a manutenção será necessária apenas uma vez por ano;
 

Pontos negativos: quem faz depilação a laser não pode pegar sol durante o período de tratamento;
 

Veja também: Depilação a laser na virilha: tudo o que você precisa saber antes de fazer

 

Depilação íntima total? Veja dicas importantes para quem prefere um toque lisinho
 

Existem diversos modelos de depilação íntima feminina. Algumas mulheres preferem manter o formato original dos pelos na virilha, enquanto outras, por sua vez, se sentem mais confortáveis com a retirada total dos pelos. Vai da opção de cada uma! Tirar todos os pelos não é um problema, desde que a higiene íntima seja feita correta e diariamente para evitar a entrada ou a proliferação de bactérias. Assim como os cílios e as sobrancelhas, os pelos pubianos têm a função de, entre outras coisas, proteger a vagina de impurezas e até prevenir doenças. Por isso, é tão importante manter a região íntima higienizada, principalmente, no caso da depilação total. Dica para o dia seguinte: use calcinhas de algodão e roupas pouco apertadas, que facilitem a ventilação, evitando alergias ou pelos encravados.

 

Matéria atualizada em: 09 de junho de 2020

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Cuidados antes da depilação: saiba como preparar sua pele e evitar pelos encravados e queimaduras
    Cuidados antes da depilação: saiba como preparar sua pele e evitar pelos encravados e queimaduras
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    7 tipos de alimentos que ajudam a equilibrar problemas hormonais
    7 tipos de alimentos que ajudam a equilibrar problemas hormonais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    6 coisas que te fizeram acreditar sobre menstruação e que não são verdades!
    6 coisas que te fizeram acreditar sobre menstruação e que não são verdades!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mitos da higiene íntima: o que pode ou não usar na limpeza da vagina
    Mitos da higiene íntima: o que pode ou não usar na limpeza da vagina
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Com que frequência você troca o sutiã? Veja cuidados importantes durante o verão para evitar alergias e ressecamento de pele
    Com que frequência você troca o sutiã? Veja cuidados importantes durante o verão para evitar alergias e ressecamento de pele
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    #ELASRESPONDEM Música é uma das paixões de Giovanna Grigio. Quer conhecer mais? Veja os segredinhos da influenciadora
    #ELASRESPONDEM Música é uma das paixões de Giovanna Grigio. Quer conhecer mais? Veja os segredinhos da influenciadora
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    10 tipos de amiga que toda mulher tem
    10 tipos de amiga que toda mulher tem
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    "Não pode tomar sorvete ou andar descalça": veja alguns mitos que meninas de diferentes países ouvem sobre estar menstruada
    "Não pode tomar sorvete ou andar descalça": veja alguns mitos que meninas de diferentes países ouvem sobre estar menstruada
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Quem toma anticoncepcional por muitos anos tem dificuldade para engravidar? Veja o que especialistas dizem sobre isso
    Quem toma anticoncepcional por muitos anos tem dificuldade para engravidar? Veja o que especialistas dizem sobre isso
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Cisto no ovário e Síndrome dos Ovários Policísticos: entenda a diferença
    Cisto no ovário e ovário policístico não são a mesma coisa. A Síndrome dos Ovários...
    Cisto no ovário e Síndrome dos Ovários Policísticos: entenda a diferença
  • Menstruação
    Menstruação fraca pode ser sinal de ciclo anovulatório. Veja 7 causas para a anovulação!
    Anovulação significa ausência de ovulação no ciclo menstrual, uma condição que influencia...
    Menstruação fraca pode ser sinal de ciclo anovulatório. Veja 7 causas para a anovulação!
  • Menstruação
    Mito ou verdade: pode fazer tatuagem menstruada?
    Afinal, pode ou não pode fazer tatuagem menstruada? A resposta para essa pergunta é...
    Mito ou verdade: pode fazer tatuagem menstruada?
  • SE CUIDA!
    Sangramento de escape: 5 dúvidas sobre a origem do spotting
    Você sabe o que é sangramento de escape? É todo sangramento que ocorre fora do período...
    Sangramento de escape: 5 dúvidas sobre a origem do spotting
  • VER TODAS >