Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Garotas de atitude! Cada vez mais elas estão dando o primeiro passo para um relacionamento

Garotas de atitude! Cada vez mais elas estão dando o primeiro passo para um relacionamento

Muitas meninas ainda deixam de tomar a primeira atitude em um relacionamento por terem medo de serem julgadas e ouvirem comentários ruins de seus amigos e familiares. No entanto, ao deixar de fazer o que tem vontade e ficar esperando a atitude de uma outra pessoa, você pode estar deixando passar muito coisa boa. Mas esse cenário vem mudando e, cada vez mais, elas estão dando o primeiro passo nas relações. Veja a história de algumas meninas que tomaram a primeira atitude e estão muito felizes por isso!

 

“Relacionamento para mim não importa quem toma a frente”

 

Natália Fernandes, de 23 anos, está em um relacionamento com Lucas há 3 anos. Eles estudaram juntos na época do colégio e tinham amigos em comum, mas nunca foram muito próximos. Depois de se formarem, os dois entraram para a mesma faculdade de engenharia, na qual acabaram tendo horários parecidos, e foi aí que a troca de olhares começou. Lucas sempre dava indícios de que estava afim, mas nunca falava nada. “A gente sempre se encontrava, se olhava, e nada acontecia, sabe?”, lembra Natália. Um dia, quando estava conversando com as amigas, contando que estava afim dele, Natália tomou uma decisão: resolveu mandar uma mensagem para Lucas o convidando para sair. “E aí, a gente vai sair quando?” foi a mensagem enviada por ela. “Ele ficou bem surpreso, mas muito animado”, conta.

 

Eles começaram então a se ver, e chegou o momento de oficializar o relacionamento. Natália conta que no começo falou que não queria saber de namorar, por isso quando mudou de ideia decidiu dar o primeiro passo mais uma vez. “Acho que ele era muito inseguro na época, para mim foi natural, eu senti que estava na hora, tinha que ser e não foi nada de errado. Nunca cobrei dele uma posição para agir porque relacionamento para mim não importa quem toma a frente”, conta ela. Ela teve que lidar, no entanto, com alguns comentários negativos.  “Aquele clichê que a gente conhece infelizmente de que se você toma uma atitude você é atirada, você está dando em cima, não está se dando valor, e que para mim não faz nenhum sentido”, diz ela.
 


Arquivo Pessoal


“As mulheres podem sim tomar a atitude”

 

Carolinne Rigotti, de 25 anos, conta que na sua adolescência ainda existia muito o estereótipo de que o homem deveria tomar a atitude. “Conforme fui crescendo, fui percebendo que também tenho que expor minhas vontades e tomar atitude quando sinto essa vontade”, conta. Até que ela se sentiu atraída pelo seu atual namorado e viu que era recíproco, então foram se aproximando, conversando e o papo foi fluindo. “Com isso, sugeri que fôssemos para um lugar mais reservado pra conversarmos melhor e não perdi tempo”, conta ela, rindo. Encontros depois, ele começou a dizer que era ela quem iria pedi-lo em namoro quando estivesse pronta, e foi o que aconteceu. “Quando vi que estava sentindo algo especial e percebi que era recíproco, o pedi em namoro e estamos juntos até hoje!”

 

Ela lembra que sempre foi tímida, por isso foi um pouco estranho. “Aos poucos fui tendo a noção de que, se eu tenho vontade de fazer algo, não preciso ficar esperando a atitude de outra pessoa, eu tenho que agir também”, afirma. Os comentários ouvidos por ela, diferente de Natália, não foram nada negativos. Pelo contrário, as pessoas a elogiaram. “Acho que isso ajuda também a todas as mulheres verem que elas podem sim tomar a atitude, que isso não pode mais ser considerado um tabu”, diz ela.



Arquivo Pessoal


“Se eu estou com vontade, quero fazer acontecer”

 

Carolina Boscá, de 21 anos, por sua vez, já havia tomado atitude em outros relacionamentos. “Eu não tenho paciência, então acho que é por causa disso que comecei a tomar atitude. E também porque se eu estou com vontade quero fazer acontecer”, explica ela. Carolina conta que seu interesse por seu namorado, Daniel, surgiu durante uma festa em que estavam conversando e ela começou a achar interessante o que ele dizia. “Comecei a vê-lo com um olhar diferente”, conta. Depois, em uma outra festa, ele a convidou para dançar uma música sertaneja, mas Carolina estava se relacionando com outra pessoa, por isso não se sentiu confortável. Como o menino insistia que a dança não era nada demais, ela precisou deixar claro o que estava sentindo. “Segurei a mão dele e falei “eu quero te beijar”. Ele ficou em choque!”, relembra. Ela descobriu que ele sentia o mesmo, e tempos depois, após o fim do seu relacionamento, eles começaram a sair, e estão juntos até hoje.

 

“Depois, quando conversamos sobre isso ele me falou que ficou chocado com essa situação. Pelo menos naquela época em que ele nunca pensou que iria fazer isso”, lembra. Carol conta que nas primeiras vezes em que tomou atitude se sentia nervosa, mas depois passou a se sentir mais confortável. Por ser uma pessoa direta, ela não gosta de “se fazer de difícil”, mas só faz isso em casos que sente abertura da outra pessoa. “Se a pessoa não mostra nenhum interesse não vou fazer”, diz ela, e conta que nunca ouviu comentários negativos. “Na verdade, tenho até uma amiga que fala: queria ser como você.”


Foto: Arquivo pessoal
Arquivo Pessoal

bottom1_batom_Carefree

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >