Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Estou com cheiro forte na vagina: o que fazer?

Estou com cheiro forte na vagina: o que fazer?

Toda vagina tem secreções naturais que nada têm a ver com a falta de higiene íntima feminina ou com a presença de doenças. Por isso, é absolutamente normal ter um odor vaginal específico, que tende a ser sutil e não é considerado desagradável. Entretanto, caso o odor na vagina se torne mais intenso do que o habitual e/ou surja acompanhado de outros sintomas como corrimento vaginal anormal, ardência e coceira na vulva, recomenda-se buscar uma avaliação médica. Nestas circunstâncias, o cheiro forte na vagina pode indicar infecções vaginais e até IST’s (Infecções Sexualmente Transmissíveis), como a tricomoníase e a gonorreia.

 

Veja também: Odor na vagina: o que pode ser e como evitar?

 

É importante observar conhecer o cheiro natural da sua vagina para não perder tempo com preocupações desnecessárias. Tendo isso em vista, conversamos com o ginecologista Alexandre Zabeu para entender melhor quando o cheiro forte na região íntima deve ser considerado anormal e o que fazer para tratar o odor desagradável. Veja a seguir!

 

O odor da vagina pode variar ao longo do ciclo menstrual

 

Segundo o médico, a vagina possui um cheiro característico que pode mudar de acordo com a fase do ciclo menstrual em que a mulher se encontra. “Durante a menstruação, o cheiro na vagina pode ficar mais intenso devido ao fato do sangue menstrual e as secreções do colo do útero e vagina se misturarem, sofrendo uma decomposição e necrose mais rápida”, explica o especialista. 

 

Nestes dias do mês, é importante reforçar os cuidados com a higiene íntima e se certificar de trocar o absorvente (externo ou interno) com a frequência correta. Além de agravar o odor forte na vagina, o hábito de ficar muito tempo com o mesmo absorvente também favorece a proliferação de fungos e bactérias causadores infecções vaginais. “Se esse cheiro se intensificar ou for acompanhado de corrimento, pode ser sinal de infecção”, alerta.

 

Veja também: Passar muito tempo com o mesmo absorvente prejudica a saúde íntima. Entenda!

 

Mau cheiro forte na vagina pode ser sinal de infecção vaginal 

 

Ao notar a vagina com cheiro forte acompanhada de outros sintomas, como corrimento vaginal anormal, vermelhidão, inchaço, ardência e coceira na região íntima, o ideal é agendar uma consulta ginecológica. “Nestes casos, o cheiro ruim na vagina pode ser resultante de infecções vaginais, como a vaginose bacteriana, a tricomoníase e a gonorreia”, indica o especialista. Saiba mais sobre cada uma: 

 

1. Vaginose bacteriana

 

A vaginose é causada pela multiplicação excessiva da bactéria Gardnerella Vaginalis, a infecção tem como principais sintomas a presença de corrimento com mau cheiro, ardência ao urinar e coceira na vulva. O diagnóstico costuma ser feito através do exame preventivo e seu tratamento inclui o uso de antibióticos (via oral ou em creme vaginal). Para prevenir a infecção, é importante manter uma boa higiene íntima;

 

Veja também: As principais dicas e cuidados para se livrar de uma vaginose bacteriana

 

2. Tricomoníase

 

A tricomoníase é uma Infecção Sexualmente Transmissível e seu agente causador é o protozoário Trichomonas vaginalis. A condição pode ser assintomática, mas, quando apresenta sintomas, os principais são corrimento com cheiro fétido (normalmente esverdeado ou amarelado) e aspecto bolhoso, dor durante a relação sexual, vermelhidão e pequenas lesões na vagina. A melhor forma de prevenir a doença é utilizando o preservativo em todas as relações sexuais. Já o tratamento é realizado por meio de antibióticos e deve ser estendido também ao(a) parceiro(a) da mulher infectada;

 

Veja também: Existe cura para tricomoníase? Entenda sintomas e riscos da doença

 

3. Gonorreia

 

A gonorreia é uma IST causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, que afeta, principalmente, a uretra, mas também pode atingir partes como pele, olhos, ânus e faringe. Seus sintomas mais conhecidos incluem aumento do corrimento vaginal com mau cheiro, dores abdominais, sangramento irregular e dor ao urinar. A doença pode ser transmitida por contato oral, anal e vaginal e, por isso, o uso da camisinha é uma medida indispensável para a prevenção. Geralmente, o tratamento da gonorreia é feito com medicamentos antibióticos;

 

Veja também: Saiba quais são os primeiros sintomas de DST nas mulheres e como se prevenir

 

Ao perceber o mau cheiro na vagina e suspeitar destes transtornos, não hesite em procurar ajuda médica. 

 

Dicas para evitar o cheiro forte na vagina

 

Para evitar o mau cheiro nas áreas íntimas, é imprescindível adotar hábitos saudáveis e manter uma higiene íntima adequada. O ideal é lavar a vulva (parte externa da vagina) com água e sabonete íntimo duas vezes ao dia (lembrando que a limpeza em excesso também pode alterar o pH vaginal e favorecer o aparecimento de infecções). 

 

“É importante lembrar de trocar as roupas íntimas e o absorvente com frequência e evitar a ingestão em excesso de alimentos com carboidratos, leite e derivados. Essas são medidas que ajudam muito como prevenção de mau cheiro [e infecções vaginais]”, complementa o ginecologista. 

 

Mais um detalhe fundamental é o uso do preservativo (feminino ou masculino) em todas as relações sexuais, não apenas no momento da penetração. Desta forma, você também estará protegida contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis capazes de provocar o mau cheiro na vagina, entre outros sintomas ainda mais graves. 

 

Veja também: Partes da vagina: saiba como fazer a higiene em cada região

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Alexandre Zabeu Rossi - Especialista em Ginecologia e Obstetrícia e Diretor da Clínica Rossi

CRM: 79963

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Odor forte na vagina: o que pode ser e como evitar?
    Odor forte na vagina: o que pode ser e como evitar?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mau cheiro na vagina: o que pode ser?
    Mau cheiro na vagina: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Como saber que não estou ovulando? Isso indica algum problema de saúde?
    Como saber que não estou ovulando? Isso indica algum problema de saúde?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mau cheiro na vagina: 4 causas que você deve ficar de olho
    Mau cheiro na vagina: 4 causas que você deve ficar de olho
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Odor na vagina: veja o que o cheiro na região íntima pode indicar
    Odor na vagina: veja o que o cheiro na região íntima pode indicar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mau cheiro na virilha e região íntima da mulher o que pode ser e como tratar?
    Mau cheiro na virilha e região íntima da mulher o que pode ser e como tratar?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Urina amarelada, com cheiro forte e espumosa deve ser uma preocupação? Conversamos com um médico!
    Urina amarelada, com cheiro forte e espumosa deve ser uma preocupação? Conversamos com um médico!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento com sangue e cheiro forte: o que pode ser?
    Corrimento com sangue e cheiro forte: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    A camisinha estourou na minha primeira vez. O que devo fazer?
    A camisinha estourou na minha primeira vez. O que devo fazer?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    5 posições que podem ajudar a aliviar cólica menstrual
    A cólica menstrual é uma consequência das contrações que o útero faz para expelir a...
    5 posições que podem ajudar a aliviar cólica menstrual
  • Menstruação
    Menstruação com cheiro forte é normal?
    A menstruação com cheiro forte é sempre um sinal de alerta. Normalmente, ela está...
    Menstruação com cheiro forte é normal?
  • Menstruação
    Infográfico mostra como acontece a menstruação
    O período menstrual é um processo conhecido por todas as mulheres em idade fértil, ou...
    Infográfico mostra como acontece a menstruação
  • Menstruação
    Menstruação irregular tomando anticoncepcional: o que pode ser?
    A pílula anticoncepcional interrompe a produção hormonal natural da mulher e passa a...
    Menstruação irregular tomando anticoncepcional: o que pode ser?
  • VER TODAS >