Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

DIU hormonal: veja como funciona o contraceptivo intrauterino e para quem é indicado

DIU hormonal: veja como funciona o contraceptivo intrauterino e para quem é indicado

O DIU hormonal, também conhecido como DIU hormonal, medicado ou SIU, é um método anticoncepcional intrauterino. Ele é inserido pelo médico no útero da mulher e ajuda a impedir que o espermatozoide chegue ao óvulo, bloqueando a geração de uma gravidez. Ao contrário do DIU de cobre, ele libera o hormônio levonorgestrel (um tipo de progesterona) em pequenas doses por dia e atua principalmente no útero, portanto, a absorção do organismo é mínima. Saiba mais sobre o método contraceptivo!

 

Conheça as vantagens de escolher o DIU hormonal como contraceptivo

 

O DIU hormonal possui diversas vantagens compartilhadas com o DIU de cobre (sem hormônio). Ambos possuem longa duração e alta eficácia anticoncepcional. No entanto, o medicado (hormonal) costuma durar 5 anos, enquanto o de cobre pode chegar a 10 anos.

 

O DIU com hormônio é um bom método para quem sofre com sangramentos intensos todo mês, pois ele tende a diminuir o fluxo menstrual com o tempo de uso. Além disso, pode ser usado no tratamento de metrorragia (menstruação excessiva) e dismenorréia (menstruação dolorosa).

 

Conheça outros benefícios:
 

- Não interfere nas relações sexuais;

- Não interfere na amamentação, portanto, pode ser colocado após o parto;

- Não diminui o apetite sexual e nem o prazer;

- Não interage com outra medicação;

- Pode prevenir a gravidez ectópica.

 

Como o DIU hormonal é colocado?

 

Segundo o ginecologista Gustavo de Paula Pereira, a inserção do SIU é feita durante um exame ginecológico e é colocado dentro da cavidade uterina através do colo. Para isso, o médico utiliza o aplicador do próprio dispositivo. Quanto ao desconforto, vai depender da resistência de cada mulher. “A inserção é desconfortável e pode ser dolorosa, mas geralmente é bem tolerada para se inserir no próprio consultório. Em casos excepcionais ou por solicitação da mulher, pode-se inseri-lo sob anestesia, em centro cirúrgico”, esclarece.

 

Quem pode usar o DIU hormonal?
 

No geral, toda mulher pode usar o DIU hormonal, a menos que tenha as restrições abaixo sejam confirmadas: 
 

- Gravidez confirmada ou suspeita;

- Infecção pós-parto ou pós-aborto;

- Sangramento genital de natureza desconhecida;

- Doença inflamatória pélvica atual ou recente;

- Câncer genital ou pélvico. (No caso do câncer de mama, o DIU de cobre pode ser usado sem restrições);

- Alterações anatômicas uterinas que comprometam o correto posicionamento do dispositivo;

- Mulheres com comportamento de risco para DSTs (com múltiplos parceiros ou parceiro com múltiplas parceiras);

- Mulheres que possuem AIDS. “Deve ser avaliada cuidadosamente quanto a outras opções de método contraceptivo e sempre usar camisinha associada”, diz o médico.

 

Alguns casos específicos não impedem o uso do DIU hormonal como: idade maior que 35 anos, após um aborto sem complicações, hipertensão, diabetes, obesidade e eplepsia. Além disso, também podemos destacar os casos em que os benefícios superam os riscos como em mulheres que possuem anemia, miomas, endometriose e dismenorréia.

 

Antes de escolher um método anticoncepcional para usar, é importante lembrar que a decisão consciente deve ser sua, porém, sempre sob supervisão do seu médico de confiança. Juntos, vocês devem avaliar e levar em conta os riscos e benefícios de cada método. ;)

 

Dr. Gustavo de Paula Pereira - Ginecologista
CRM: 119970 - SP

Carefree_Lingerie_327_520

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    O DIU é um método contraceptivo indicado para quem tem ovário policístico?
    O DIU é um método contraceptivo indicado para quem tem ovário policístico?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Injeção anticoncepcional engorda? Veja como funciona o método contraceptivo
    Injeção anticoncepcional engorda? Veja como funciona o método contraceptivo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Como funciona o protetor térmico para o cabelo? Veja tipos e como usar
    Como funciona o protetor térmico para o cabelo? Veja tipos e como usar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Qual é a diferença entre DIU e SIU? Entenda como funcionam os métodos contraceptivos
    Qual é a diferença entre DIU e SIU? Entenda como funcionam os métodos contraceptivos
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Método contraceptivo diafragma: o que é, como funciona e passo a passo para colocá-lo
    Método contraceptivo diafragma: o que é, como funciona e passo a passo para colocá-lo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Métodos contraceptivos sem estrogênio: quais são as opções e para quem eles são indicados
    Métodos contraceptivos sem estrogênio: quais são as opções e para quem eles são indicados
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Como acontece a menstruação? Fizemos um infográfico para explicar. Veja!
    Como acontece a menstruação? Fizemos um infográfico para explicar. Veja!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Quer parar de remover as cutículas? Veja dicas de como lidar no início do processo
    Quer parar de remover as cutículas? Veja dicas de como lidar no início do processo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    É verdade que quem usa DIU não menstrua? Veja o que dizem especialistas
    É verdade que quem usa DIU não menstrua? Veja o que dizem especialistas
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Quem tem DIU pode usar absorvente interno? Veja o que explica um ginecologista
    Quem tem DIU pode usar absorvente interno? Veja o que explica um ginecologista
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • bottom1_batom_Carefree

    tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

    semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • VOCÊ SABIA?
    Clitóris: 10 coisas que toda mulher precisa saber sobre o órgão do prazer
    Se você ainda não sabe exatamente o que é o clitóris, a gente te explica agora. O pequeno...
    Clitóris: 10 coisas que toda mulher precisa saber sobre o órgão do prazer
  • SE CUIDA!
    Sintomas de DST: saiba quando é necessário fazer exames
    Conhecer os sintomas de DST (Doença Sexualmente Transmissível) é fundamental para buscar...
    Sintomas de DST: saiba quando é necessário fazer exames
  • Menstruação
    Como diminuir o fluxo intenso: ginecologista comenta possibilidades de tratamentos
    O fluxo menstrual intenso é caracterizado por uma menstruação que dura mais de 7 dias ou...
    Como diminuir o fluxo intenso: ginecologista comenta possibilidades de tratamentos
  • Menstruação
    Polimenorreia: o que é, causas e tratamentos
    A polimenorreia é o termo utilizado para descrever ciclos menstruais com duração inferior...
    Polimenorreia: o que é, causas e tratamentos
  • VER TODAS >