Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

DIU hormonal pode aumentar a acne? Veja os efeitos colaterais do contraceptivo

DIU hormonal pode aumentar a acne? Veja os efeitos colaterais do contraceptivo

O DIU hormonal (SIU) é um contraceptivo de longa duração inserido no útero da mulher para prevenir a gravidez. O dispositivo intrauterino libera doses baixas do hormônio progesterona para dificultar a movimentação do espermatozóide até o óvulo. Assim como outros anticoncepcionais, o DIU com hormônio pode gerar alguns efeitos colaterais. Um dos mais relatados entre as mulheres que optam pelo método é o aumento da acne e da oleosidade da pele, principalmente nos três primeiros meses. Conversamos com a ginecologista Bárbara Murayama para entender porque isso acontece e quais são os outros possíveis efeitos colaterais do dispositivo intrauterino.

 

O DIU hormonal (SIU) é um contraceptivo de longa duração inserido no útero da mulher para prevenir a gravidez. O dispositivo intrauterino libera doses baixas do hormônio progesterona para dificultar a movimentação do espermatozóide até o óvulo. Assim como outros anticoncepcionais, o DIU com hormônio pode gerar alguns efeitos colaterais. Um dos mais relatados entre as mulheres que optam pelo método é o aumento da acne e da oleosidade da pele, principalmente nos três primeiros meses. Conversamos com a ginecologista Bárbara Murayama para entender porque isso acontece e quais são os outros possíveis efeitos colaterais do dispositivo intrauterino. 

 

Aumento da acne é causado pela ação da progesterona nos hormônios andrógenos 

 

Segundo a ginecologista Bárbara Murayama, o aumento da acne nos primeiros três meses após a colocação do DIU hormonal acontece devido ao efeito da progesterona isolada na composição. Diferente dos métodos combinados (com progesterona + estrogênio), o DIU com hormônio não contém estrogênio, que por sua vez, ajuda a controlar a oleosidade da pele e os quadros de acne hormonal. “ É um efeito androgênico (hormônio masculino) esperado do medicamento”, explica a médica. 

 

Os hormônios andrógenos estão presentes tanto nos homens como nas mulheres, mas em níveis diferentes. A testosterona, por exemplo, está em maior concentração nos homens, mas também pode ser encontrada no organismo feminino. Quando uma pessoa apresenta altos níveis de andrógenos, ela está mais propensa a ter acne, pois as glândulas sebáceas são estimuladas a produzir mais sebo, levando ao aumento da oleosidade. O sebo acumulado com as células mortas da pele entopem os poros e se manifestam como acne. 

 

Como os métodos contraceptivos de progesterona sintética tem ação androgênica no corpo, é normal que ocorra o aumento da acne, pelo menos nos primeiros meses. Além das espinhas no rosto, a médica também cita queda de cabelo, manchas na pele, inchaço, instabilidade emocional e irregularidade menstrual como outros  possíveis efeitos colaterais do DIU hormonal. 

 

Acne e oleosidade da pele tendem a diminuir após 3 meses de uso do DIU hormonal

 

Embora o aumento da acne seja considerado um efeito colateral negativo, a Dra. Bárbara afirma que ele não é motivo para a retirada do dispositivo. “Depende do caso, do incômodo que a paciente está sentindo. O ideal é sempre tentar tratamentos dermatológicos e outras estratégicas para evitar a retirada apenas por conta da acne”. 

 

De acordo com a médica, o corpo leva cerca de três a seis meses para se adaptar. “A maioria das mulheres terá pouco ou nenhum efeito (nos meses seguintes), porque o DIU libera hormônio que age mais localmente e menos sistemicamente”, diz. 

 

Veja também: 5 dúvidas comuns sobre DIU hormonal respondidas por um ginecologista!

 

DIU hormonal: como funciona, quem pode usar e como é colocado

 

O DIU hormonal pode ser usado pela maioria das mulheres, exceto meninas que ainda não iniciaram a vida sexual. A Dra. também cita pacientes com alergia ou contra-indicação ao uso de progesterona ou com complicações no fígado e alguns tipos de câncer. “Mulheres com corrimentos no dia da colocação ou outras infecções pélvicas devem tratar esses problemas antes de colocar”, alerta a ginecologista. 

 

O dispositivo é inserido no útero da mulher por um ginecologista e libera doses diárias de levonorgestrel (um tipo de progesterona). O hormônio ajuda a tornar o muco cervical mais espesso, dificultando o caminho do espermatozóide até o óvulo, e deixa o endométrio mais fino. Grande parte das mulheres que utilizam DIU hormonal tem a menstruação bloqueada. 

 

A colocação do dispositivo é simples e pode ser feita no próprio consultório. A(o) médica(o) utiliza um aplicador que leva o dispositivo para dentro da cavidade uterina através do colo do útero. Algumas mulheres podem sentir um certo desconforto ou dor na hora da colocação, mas que tende a desaparecer em poucas semanas. Se o incômodo persistir e causar incapacidade de andar, sentar ou urinar, a paciente deve retornar ao consultório para avaliar se o dispositivo está no lugar certo. Em alguns casos, o corpo rejeita o DIU. 

 

Vantagens do DIU hormonal incluem controle do fluxo menstrual e longa duração 

 

O DIU hormonal costuma ter alta eficácia e pode ser usado por até 5 anos. Por conta da progesterona, o dispositivo hormonal é uma boa opção para quem tem fluxo intenso e deseja diminuir, além de poder ser utilizado como tratamento para endometriose e cólicas intensas. Por conta do levonorgestrel (versão sintética da progesterona), o endométrio cresce muito fino e a maioria das mulheres que colocam DIU hormonal ficam sem menstruar durante o uso do método contraceptivo. 

 

Veja também: DIU de cobre ou hormonal: saiba quais são as diferenças entre os métodos contraceptivos

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Dra. Bárbara Murayama - Ginecologista 

CRM: 112527

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
    O adesivo anticoncepcional ou patch anticoncepcional é um método contraceptivo hormonal...
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
    Embora boa parte das mulheres já saiba para que serve a pomada vaginal, ainda existem...
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
  • Menstruação
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
    A primeira menstruação (nome científico: menarca) marca o fim da puberdade e o início da...
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
  • SE CUIDA!
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
    A ultrassonografia transvaginal (ou ultrassom transvaginal) é um exame de imagem usado...
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
  • VER TODAS >