Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

DIU hormonal: 8 dúvidas sobre o método contraceptivo com hormônio

DIU hormonal: 8 dúvidas sobre o método contraceptivo com hormônio

O DIU hormonal é um método contraceptivo de longa duração. Também conhecido com SIU (Sistema Intrauterino), o dispositivo age liberando pequenas doses diárias de levonorgestrel, um tipo de progesterona sintética, que tem como objetivo tornar o tecido interno do útero mais fino e o muco cervical mais espesso, dificultando a motilidade do espermatozóide para alcançar o óvulo.

O DIU com hormônio é um dos métodos contraceptivos de maior eficácia e também pode ser utilizado como forma de controle da endometriose. Para tirar dúvidas sobre o DIU hormonal, o Só Delas conversou com o ginecologista Alexandre Pupo.

 

 

 

1. Como o DIU hormonal funciona? 

 

O DIU hormonal é um dispositivo em formato de T colocado dentro da cavidade uterina através do colo do útero. Ele possui uma haste que faz a liberação contínua de pequenas doses de levonorgestrel, um tipo de progesterona sintética que produz reações inflamatórias no útero. De acordo com o doutor Alexandre, a principal função do método é dificultar o caminho do espermatozóide até o óvulo e, para isso, ele age de duas maneiras: “O primeiro efeito é dificultar o encontro entre espermatozóide e óvulo, impedindo a fecundação. Porém, somado a isso, o hormônio tem um efeito que atrofia a camada do endométrio, dificultando a ascensão do espermatozóide até as tubas uterinas, local que ele encontra o óvulo para a fecundação”, explica. 

 

Embora seja um método contraceptivo hormonal, o médico afirma que este tipo de DIU não afeta o processo de ovulação que continua ocorrendo normalmente. “O DIU que contém hormônio não bloqueia o ciclo ovulatório, apenas bloqueia o crescimento do endométrio, reduzindo o fluxo menstrual e até cessando esse fluxo”, esclarece. Por esse motivo, muitas mulheres que fazem uso do DIU com hormônio notam uma redução significativa do sangramento menstrual ou, em alguns casos, a ausência de menstruação. 

 

 

 

2. Quais as vantagens do DIU hormonal?

 

 

A principal vantagem do DIU hormonal é a longa duração. O contraceptivo tem validade de 5 anos é um dos métodos contraceptivos mais eficazes. Para as mulheres que costumam lidar com fluxo menstrual intenso e cólica, o DIU hormonal é muito benéfico pois ajuda a reduzir o volume do sangramento e as dores, sendo muito utilizado também como alternativa para tratamento da endometriose. 

 

Outra vantagem do DIU hormonal é que ele pode ser utilizado por mulheres que estão em período de amamentação. Além disso, sua dose hormonal fica praticamente concentrada apenas no útero e uma pequena quantidade chega na corrente sanguínea. Por esse motivo, os possíveis efeitos colaterais do DIU hormonal são menores. 

 

 

 

3. Qual a diferença entre DIU hormonal e não hormonal?

 

 

A principal diferença entre o DIU hormonal e o DIU de cobre está na presença do hormônio e no seu impacto na menstruação. Enquanto o DIU hormonal libera pequenas doses de progesterona sintética e reduz a intensidade do fluxo menstrual, o de cobre, sem hormônio, pode aumentar o sangramento e causar mais cólicas durante o período menstrual. Outra diferença está no tempo de uso: o DIU hormonal tem validade de 5 anos, já o de cobre pode durar até 10 anos. 

 

 

 

4. Quem pode usar DIU hormonal?

 

 

O DIU hormonal pode ser utilizado por qualquer mulher com mais de 14 anos e vida sexual ativa. A única exigência é que a paciente não tenha fatores de risco para a Doença Inflamatória Pélvica ou anormalidades no útero - como câncer e lesões. Já mulheres com histórico de sangramento uterino anormal devem primeiro investigar a causa da alteração e iniciar um tratamento adequado antes de fazer a inserção do dispositivo no corpo. 

 

 

 

5. DIU hormonal pode provocar sangramento fora do período menstrual? 

 

 

De acordo com o médico, é possível que algumas pacientes tenham sangramentos de escape eventualmente, o que não invalida a eficácia do método. “A atrofia do endométrio pelo hormônio do DIU expõe os vasos da camada basal do endométrio, logo, qualquer movimentada do DIU ou mesmo uma elevação rápida da pressão, pode levar ao rompimento desses vasos e levar ao sangramento”, explica. 

 

Além disso, o médico pontua que o bloqueio da menstruação com o uso do DIU não é uma unanimidade e algumas mulheres continuam menstruando todos os meses. “O objetivo do DIU é diminuir o crescimento da camada interna do útero, o endométrio, que é a camada que descama no período menstrual. Mas cerca de 20% das mulheres utilizando o DIU hormonal vão manter o padrão de menstruação, seja uma borrinha escura que dura pouco tempo até o padrão menstrual de antes de colocar o DIU”, alerta. 

 

 

 

6. DIU hormonal engorda? 

 

 

Assim como todo método contraceptivo, o DIU hormonal pode provocar algumas alterações no organismo. “Algumas pacientes relatam que após a colocação do DIU com hormônio passaram a engordar. Mas não há uma relação direta com o hormônio do DIU”, comenta o médico. O que pode acontecer é que nos primeiros meses, a progesterona pode causar um aumento da retenção de líquido, provocando um inchaço confundido com o ganho de peso. Esse efeito tende a diminuir conforme a paciente se adapta ao novo hormônio. 

 

Segundo o médico, outro efeito colateral do DIU hormonal é o aparecimento de acne, principalmente em mulheres que já possuem tendência a desenvolver espinhas. Isso ocorre porque  o levonorgestrel pode levar ao aumento a produção sebácea. 

 

 

 

7. Quais as chances de engravidar com DIU hormonal?

 

 

O DIU hormonal é um método conhecido pela sua alta eficácia. Ele age diretamente no útero e apenas uma pequena quantidade hormonal passa para corrente sanguínea. “Para você ter uma ideia, a chance de engravidar com DIU hormonal é menor ou equiparável a laqueadura. Talvez o método mais eficaz de prevenção depois de evitar ter relação sexual”, reforça doutor Alexandre. 

 

O contraceptivo também é uma alternativa para quem não se adaptou ao uso diário da pílula anticoncepcional, evitando possíveis esquecimentos que podem diminuir a eficácia da pílula. Após a inserção, o dispositivo tem duração de até cinco anos e, logo após a retirada, se a mulher desejar, já pode colocar um novo. 

 

 

 

8. DIU previne IST? 

 

 

O único método contraceptivo que previne a contaminação de IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis) é a camisinha. O DIU hormonal atua somente na prevenção da gravidez ou como tratamento para endometriose, miomas uterinos e adenomiose. Por isso, o uso do preservativo é indispensável em todas as relações sexuais. 

 

Vale a pena reforçar que a presença do DIU é imperceptível durante a relação sexual e não dificulta o uso da camisinha feminina. Caso você sinta algum incômodo durante o sexo, o ideal é procurar um ginecologista, pois é provável que o dispositivo esteja deslocado.

 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Alexandre Pupo Nogueira - ginecologista e obstetra membro do corpo clínico do Hospital Albert Einstein, é também mastologista e Membro Titular do Núcleo de Mastologia do Hospital Sírio Libanês

CRM-SP: 84.414

 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • VOCÊ SABIA?
    Ih, choveu! Veja ideias do que fazer para se divertir com as amigas mesmo dentro de casa
    Tem dias que a gente combina de sair com as amigas, mas a previsão do tempo não colabora..
  • VOCÊ SABIA?
    6 coisas que você precisa saber antes de viajar com seus amigos
    Fazer uma viagem acompanhada de amigos é uma das melhores coisas da vida! Se divertir, pa..
  • VOCÊ SABIA?
    4 coisas que passam pela sua cabeça antes de chegar ao primeiro encontro
    Por mais que a gente seja confiante, o primeiro encontro com o carinha interessante sempre..
  • VOCÊ SABIA?
    Vai passar o dia na praia? Veja o que levar na bolsa!
    No verão, tudo o que a gente mais quer é relaxar, se divertir e ficar com aquele bronzea..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >