Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Diafragma contraceptivo: como funciona, benefícios e efeitos colaterais

Diafragma contraceptivo: como funciona, benefícios e efeitos colaterais

O diafragma contraceptivo, também conhecido com diafragma vaginal, é um método anticoncepcional não hormonal de barreira. Ele é um dispositivo de silicone, com formato semelhante a uma cúpula, que tem como função cobrir o colo do útero e impedir que os espermatozóides presentes na ejaculação entrem em contato com o óvulo, evitando a fecundação. O diafragma deve ser inserido na vagina da mulher cerca de 30 minutos antes da relação sexual e pode ser mantido por até 12 horas.

 

Veja também: Método contraceptivo diafragma: o que é, como funciona e passo a passo para colocar

 

Por ser um método contraceptivo sem hormônio, o diafragma não apresenta efeitos colaterais e ainda protege contra algumas infecções uterinas e pélvicas, como a doença inflamatória pélvica e o vírus HPV. Entretanto, o dispositivo não é suficiente para proteger contra todas ISTs e o uso da camisinha continua sendo indispensável. Saiba mais sobre como funciona o diafragma, benefícios e como colocar corretamente. 

 

Veja também: Camisinha, sim! Listamos 5 motivos para você usá-la sempre

 

Diafragma contraceptivo protege colo do útero do contato com espermatozóides. Veja como funciona o diafragma 

 

O diafragma funciona como um contraceptivo de barreira que bloqueia a passagem do esperma pelo colo do útero e retém os espermatozóides no canal vaginal. Antes de começar a usar o diafragma contraceptivo, a mulher precisa consultar um ginecologista para saber o tamanho e diâmetro mais adequado. Caso o dispositivo tenha um tamanho menor que o necessário, o colo do útero não é protegido por completo e o método pode ficar sujeito a falhas. Nos casos em que o diafragma é maior, o tamanho pode dificultar a colocação e até causar dor durante a relação sexual. 

 

O diafragma contraceptivo pode ser comprado em uma farmácia sempre com prescrição médica. O preço do diafragma varia entre 30 a 100 reais, dependendo do tamanho e da marca. O dispositivo não é descartável e pode ser usado por no máximo 3 anos. Também é possível adquirir o diafragma pelo SUS (Sistema Único de Saúde). 

 

Veja também: Diafragma: vantagens e desvantagens do método contraceptivo

 

Como usar o diafragma: confira passo a passo e cuidados necessários 

 

Introduzir o diafragma no canal vaginal é semelhante a colocar um absorvente interno. Primeiro, é preciso encontrar uma posição confortável. Você pode escolher ficar sentada com os joelhos abertos, agachada de cócoras ou em pé com uma das pernas apoiadas em um local mais alto. Em seguida, verifique se o diafragma está limpo e não se esqueça de lavar bem as mãos antes de manusear o dispositivo. 

 

Confira um passo a passo de como colocar o diafragma: 

 

Passo 1) Passe um pouco de pomada espermicida no diafragma; 

 

Passo 2) Dobre o diafragma nas extremidades deixando a parte redonda para baixo até que ele fique com um formato parecido com o número 8;  

 

Passo 3) Insira o diafragma dentro do canal vaginal até atingir o colo do útero; 

 

Passo 4) Com o diafragma dentro do canal vaginal, ajuste a borda do dispositivo a fim de que ele fique bem encaixado no colo do útero;

 

Passo 5) Para retirar o diafragma, forme uma “pinça” com o dedo indicador e o médio e puxe-o pelas bordas com cuidado;

 

Veja também: Tudo sobre métodos contraceptivos não hormonais

 

Para conferir se o diafragma foi colocado corretamente, tente dar uma caminhada, sentar e ficar agachada. Se sentir algum incômodo é sinal de que a posição do diafragma dentro da vagina está incorreta. O ideal é que você não perceba a presença do diafragma dentro do corpo. 

 

Após o uso, o diafragma deve ser higienizado com água e sabão neutro. Deixe-o , secar naturalmente e guarde em um local seguro e longe de poeira e sujeira, de preferência dentro de uma caixa. 

 

Tempo de permanência com o diafragma não pode ultrapassar 24 horas

 

O diafragma pode permanecer por até 24 horas dentro do canal vaginal, mas o ideal é que ele seja colocado pelo menos 30 minutos antes da relação sexual e retirado somente 8 horas após a ejaculação. Esse tempo de espera é necessário para garantir que não haja nenhum resquício de ejaculação masculina presente no canal vaginal. 

 

Caso você retire o diafragma logo após o sexo, os espermatozóides que ainda estão vivos no canal vaginal podem atingir o colo do útero e chegar nas trompas, aumentando os riscos de fecundação. 

 

Ausência de efeitos colaterais e longa duração são benefícios do uso do diafragma

 

O diafragma é um método contraceptivo não hormonal. Por esse motivo, ele não possui efeitos colaterais e não interfere no ciclo menstrual feminino. O dispositivo não leva a alterações físicas nem emocionais, não diminui a libido e não incomoda nem a mulher nem o parceiro durante a relação sexual. 

 

Outra vantagem do diafragma é o tempo de uso de até 3 anos. Além disso, o dispositivo ainda pode ser um um reforço na proteção de algumas doenças, como a doença inflamatória pélvica e a contaminação pelo vírus HPV, o que pode ajudar na prevenção do câncer de colo de útero. Entretanto, o diafragma não é considerado um método de proteção contra a maioria das ISTs e deve ser utilizado sempre em conjunto com a camisinha.  

 

Veja também: Os efeitos colaterais são iguais para todos os métodos contraceptivos?

 

Contraindicações do uso do diafragma incluem casos de infecção vaginal, pélvica e urinária

 

O diafragma pode ser usado pela maioria das mulheres, exceto virgens ou aquelas que estejam em tratamento de infecção vaginal, pélvica ou urinária. O método também não é indicado para pessoas com problemas no colo do útero, como câncer.  

 

É importante reforçar que o diafragma não pode ser utilizado durante período menstrual, pois o dispositivo acaba retendo o sangramento, o que pode provocar uma inflamação ou infecção na região íntima.

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Pílula do dia seguinte: como tomar, tipos, efeitos colaterais e mais
    Pílula do dia seguinte: como tomar, tipos, efeitos colaterais e mais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Pílula do dia seguinte: veja como tomar corretamente e os possíveis efeitos colaterais
    Pílula do dia seguinte: veja como tomar corretamente e os possíveis efeitos colaterais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Não se assuste! Veja efeitos colaterais mais comuns da pílula anticoncepcional
    Não se assuste! Veja efeitos colaterais mais comuns da pílula anticoncepcional
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Emendar cartela de anticoncepcional tem efeitos colaterais?
    Emendar cartela de anticoncepcional tem efeitos colaterais?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Como manter a sensação de calcinha limpa e fresca até o fim do dia? Veja os benefícios do protetor diário
    Como manter a sensação de calcinha limpa e fresca até o fim do dia? Veja os benefícios do protetor diário
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Ciclo menstrual: o que é, como funciona, quando começa, fases e características
    Ciclo menstrual: o que é, como funciona, quando começa, fases e características
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    5 possíveis efeitos colaterais do DIU de cobre para conhecer antes de colocar
    5 possíveis efeitos colaterais do DIU de cobre para conhecer antes de colocar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Os efeitos colaterais são iguais para todos os métodos contraceptivos?
    Os efeitos colaterais são iguais para todos os métodos contraceptivos?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Como a alimentação e mudança de estilo de vida ajudam no combate aos efeitos do ovário policístico
    Como a alimentação e mudança de estilo de vida ajudam no combate aos efeitos do ovário policístico
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Anticoncepcional injetável mensal: como funciona, onde aplicar e mais
    Anticoncepcional injetável mensal: como funciona, onde aplicar e mais
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    5 posições que podem ajudar a aliviar cólica menstrual
    A cólica menstrual é uma consequência das contrações que o útero faz para expelir a...
    5 posições que podem ajudar a aliviar cólica menstrual
  • Menstruação
    Menstruação com cheiro forte é normal?
    A menstruação com cheiro forte é sempre um sinal de alerta. Normalmente, ela está...
    Menstruação com cheiro forte é normal?
  • Menstruação
    Infográfico mostra como acontece a menstruação
    O período menstrual é um processo conhecido por todas as mulheres em idade fértil, ou...
    Infográfico mostra como acontece a menstruação
  • Menstruação
    Menstruação irregular tomando anticoncepcional: o que pode ser?
    A pílula anticoncepcional interrompe a produção hormonal natural da mulher e passa a...
    Menstruação irregular tomando anticoncepcional: o que pode ser?
  • VER TODAS >