Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Dia da Mulher: 4 motivos para amar a sua existência todos os dias!

Dia da Mulher: 4 motivos para amar a sua existência todos os dias!

O Dia Internacional da Mulher é comemorado anualmente no dia 8 de março. A data é uma lembrança de todas as reivindicações e conquistas que nos fizeram chegar até aqui. Mesmo que ainda estejamos longe de alcançar a tão sonhada igualdade, cada passo dessa trajetória merece ser valorizado. Porém, mais do que isso, o Dia da Mulher também é uma oportunidade para colocarmos em prática aqueles conceitos feministas tão presentes no nosso vocabulário: empoderamento feminino, sororidade, luta contra a objetificação e vários outros. Praticar o amor próprio todos os dias faz parte desse trabalho de desconstrução e nós vamos explicar o porquê!

 

Veja também: “Mulher não pode”. Mas por que não? A importância de debater o direito das mulheres e como os tabus prejudicam o dia a dia

 

Veja 4 motivos para amar a sua própria existência nesse Dia da Mulher e em todos os outros momentos da sua vida:

 

1) Você é forte! Nunca se esqueça disso

 

Ser mulher é sinônimo de força! O Dia Internacional da Mulher está aí para não nos deixar esquecer. A data é um marco na luta por direitos humanos e, no Brasil, é comumente associada ao incêndio ocorrido no dia 25 de março de 1911 em uma fábrica norte-americana, no qual 125 operárias foram mortas. O evento é conhecido por revelar às péssimas condições enfrentadas pelas mulheres durante a Revolução Industrial, mas, está longe de ser o único episódio da luta pelos direitos da mulher. 

 

Toda vez que você se sentir fraca, incapaz e até mesmo inferior, lembre-se das mulheres guerreiras (inclusive da sua família) que vieram antes de você e de como o seu papel no mundo pode fazer a diferença para várias meninas no futuro. Somos fortes só por existir. É verdade que já avançamos muito, porém, ainda é preciso resistir e enfrentar muitos obstáculos pela frente. Nunca se esqueça da sua força e do seu poder de transformar as pessoas e as circunstâncias ao seu redor. 

 

2) Sua trajetória é única e exclusivamente sua! Deixe as comparações de lado

 

Se comparar com outras mulheres é uma verdadeira pedra no caminho do amor próprio. Não entre nessa furada! Ao entender que cada pessoa possui uma trajetória única, você vai estar a um passo mais próxima da tão desejada autoestima. As suas experiências fazem com que você vivencie as circunstâncias de forma diferenciada. Ninguém é igual a ninguém e, portanto, não é justo comparar as suas conquistas e privilégios com os de outra pessoa.

 

Quando o assunto é a luta feminista, é importante compreender que não existe apenas um feminismo. Mulheres por todo o mundo devem lidar com contextos, situações sociais e opressões distintas. Por isso, todas merecem o devido respeito e admiração, incluindo você. Essa ideia de que devemos ser rivais em busca da validação masculina é bastante antiga e pode ser considerada uma das principais estratégias do patriarcado. Abrace a sua personalidade e o seu jeitinho único de ser! Não tem fórmula do sucesso mais simples que essa.   

 

Veja também: Os termos do feminismo que você precisa conhecer

 

3) Se empoderar é também empoderar outras mulheres

 

Que tal ser um exemplo de mulherão para as amigas? O empoderamento feminino tem tudo a ver com o incentivo a outras mulheres. Quando dominamos a nossa própria força, respeitamos os próprios limites e não aceitamos menos do que o justo, as pessoas ao nosso redor tendem a se inspirar e seguir o mesmo caminho. Todo esse processo também inclui a busca constante pelo amor próprio, é claro!

 

Por isso, deixe a tristeza para os dias de TPM! Quando acordar meio para baixo, lembre-se que você também pode ser um modelo para outras mulheres. E, se ainda assim estiver difícil se livrar da famigerada insegurança, inverta essa linha de raciocínio em pense em todas as manas incríveis que lutam diariamente para acabar com esse tipo de sentimento. Juntas somos mais fortes! 

 

Veja também: Sororidade só entre amigas? É preciso pensar sobre isso

 

4) Se amar é um ato político!

 

Ninguém é obrigada a acordar feliz consigo mesma todos os dias. É normal ter momentos de desânimo e até mesmo descontentamento com a nossa imagem. Porém, essas fases ruins não podem se sobrepor aos momentos em que você está em paz com o próprio corpo. Mais do que isso: é preciso entender porque esse padrão de perfeição inalcançável é vendido para as mulheres a todo segundo! 

 

Do feed do Instagram às capas de revista: a oferta exacerbada de recursos estéticos, como dietas milagrosas e a tão falada harmonização facial, faz o possível para te convencer de que esses artifícios são necessários para a sua autoaceitação. Por essas e outras, se amar e abraçar até mesmo as suas imperfeições (se é que podemos chamar assim) é um verdadeiro ato político! Até porque, do que adianta encher a amiga gorda de elogios se, a cada quilinho ganho, você entra em uma crise de insegurança? 

 

O discurso de aceitação de todos os corpos precisa sair da teoria e se transformar em prática. Lembrando que isso não está restrito à aparência física! Mulheres recebem o dobro (ou muito mais que isso) de cobrança em todos os aspectos, desde o físico até o profissional e familiar. Portanto, ame a sua existência e dê início a sua própria revolução. 


Veja também: Documentários sobre feminismo que você não pode deixar de ver

semprelivre_bottom1_dance_new

  • A MÚSICA ME MOVE
    Sem tempo de ir à academia? Veja 5 canais no Youtube para dançar e queimar calorias em casa
    Trabalhar, se divertir, dormir direito e ainda se preocupar com a saúde… Ufa! Taí uma ..
  • A MÚSICA ME MOVE
    12 músicas para animar sua viagem de férias na praia com amigos
    Com o verão rolando, nada melhor do que viajar com os amigos e curtir uns dias na praia. ..
  • A MÚSICA ME MOVE
    Conheça Kiana Léde, a menina que está bombando no Youtube com versões acústicas de hits!
    Já ouviu algum cover de Kiana Ledé? Não? Então fica a dica: procura o canal dela no Yo..
  • A MÚSICA ME MOVE
    Ouvir música, dançar, ler: 5 coisas que você pode fazer para esquecer a TPM!
    A gente já falou por aqui que a TPM é supernormal e toda mulher tem, pelo menos, algum s..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
    O adesivo anticoncepcional ou patch anticoncepcional é um método contraceptivo hormonal...
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
    Embora boa parte das mulheres já saiba para que serve a pomada vaginal, ainda existem...
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
  • Menstruação
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
    A primeira menstruação (nome científico: menarca) marca o fim da puberdade e o início da...
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
  • SE CUIDA!
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
    A ultrassonografia transvaginal (ou ultrassom transvaginal) é um exame de imagem usado...
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
  • VER TODAS >