Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Desequilíbrio hormonal: quais as consequências desse problema para o organismo feminino

Desequilíbrio hormonal: quais as consequências desse problema para o organismo feminino

A taxa de hormônios é uma característica importantíssima para o funcionamento do corpo. No caso feminino, por exemplo, sempre que a médica pede um exame de sangue ela dá uma conferida nesses números. O estrogênio e progesterona são os mais conhecidos. Mas, e quando esses níveis estão desequilibrados? Saiba sobre as consequências desse quadro para o organismo com as explicações da ginecologista Andréia Gozzi.


 

Conheça os fatores que podem influenciar o desequilíbrio hormonal

 

Segundo a médica, os principais hormônios femininos são produzidos no cérebro, pelo hipotálamo e hipófise, e nos ovários. “Portanto quando ocorre alguma falha de mecanismo destes órgãos,  pode haver uma produção em excesso ou diminuída dos hormônios, causando o desequilíbrio”, esclarece ela. As alterações geralmente ocorrem nos níveis de progesterona, estrogênio e testosterona. São inúmeros fatores que podem influenciar o desequilíbrio. A profissional destacou alguns exemplos: pílulas anticoncepcionais, certos medicamentos, estresse, alimentação desregrada, sedentarismo, atividade física em excesso, uso de álcool e drogas, alguns tipos de câncer e o avanço da idade.

 

Quais são as consequências do desequilíbrio hormonal para o organismo?

 

É importante destacar que esse quadro pode acontecer em pacientes de qualquer idade. Entretanto, os casos mais comuns acabam ocorrendo após a primeira menstruação até a menopausa. Por isso, é preciso ficar atenta em qualquer momento da vida. “Os efeitos podem ser diversos, como ganho de peso, dificuldade para emagrecer, aumento de acne e pelos corporais, alterações menstruais, ressecamento vaginal, insônia, alterações de humor”, destaca Dra. Andréia.

 

Como são feitos os tratamentos desses casos?

 

Assim como destaca a ginecologista, o tratamento vai depender de uma investigação minuciosa do desequilíbrio. Dessa maneira, a causa vai ser descoberta e solucionada, resultando nos níveis hormonais de volta à sua taxa normal. “Mas nem sempre se descobre a causa, e aí o tratamento é focado em corrigir os sintomas gerados”, comenta a médica. E ainda, há muito casos em que o quadro de desequilíbrio pode ser corrigidos através de terapias hormonais.

 

Dra. Andréia Gozzi, ginecologista do Instituto Lerner
CRM: 153790

Bottom_OB_celebration

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >