Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Creme vaginal: o que é, para que serve, como usar

Creme vaginal: o que é, para que serve, como usar

O creme vaginal é um medicamento frequentemente indicado para tratar corrimentos e infecções vaginais como a candidíase e a vaginose bacteriana. Existem diversos tipos de cremes e pomadas vaginais para tratar doenças. O que vai definir qual é o mais apropriado são os sintomas e condições específicas de cada infecção. Por isso, antes de iniciar qualquer tratamento, procure uma avaliação médica.

 

Veja também: Pomada para candidíase: como usar?

 

Para que serve o creme vaginal: entenda a função do medicamento

 

O creme vaginal geralmente é composto por substâncias antifúngicas e costuma ser indicado por médicos para o tratamento de infecções vaginais. As substâncias mais conhecidas são o Clotrimazol, Miconazol e Nistatina. Antes de iniciar o uso do medicamento, é importante passar por uma avaliação individualizada. Apenas o(a) ginecologista poderá prescrever a medicação mais adequada para o seu caso. 

 

A candidíase e a vaginose bacteriana são exemplos comuns de infecções tratadas com creme vaginal. A vaginose bacteriana é provocada pela proliferação excessiva de bactérias na região íntima feminina, sendo a bactéria Gardnerella Vaginalis o principal agente causador. Seu tratamento normalmente é feito com antibióticos em forma de creme vaginal. 

 

Já a candidíase é uma infecção vaginal causada por fungo (Candida albicans) que tem como principal tratamento uma pomada antifúngica ou comprimido. Após o diagnóstico, o(a) ginecologista poderá recomendar o creme vaginal mais adequado. 

 

Veja também: Tratamento candidíase: qual a diferença entre pomada vaginal, creme e gel?

 

Qual momento do dia é mais indicado aplicar o creme vaginal?

 

O recomendado é aplicar o creme vaginal à noite, antes de se deitar para dormir. Desta forma, você passará mais tempo em repouso e na posição horizontal, evitando possíveis vazamentos indesejados potencializando a ação do medicamento. 

 

Os cremes vaginais geralmente agem no corpo ao “grudar” nas paredes da vagina. Por isso, a interação prolongada que acontece entre o medicamento e a vagina durante a noite é tão importante. Para evitar que o conteúdo escorra, o ideal é ficar quietinha e deitada após a aplicação do creme vaginal. 

 

Também não é aconselhável ter relação sexual durante o tratamento com creme vaginal. Além de alterar o pH da região íntima feminina, o contato íntimo também atrapalha a aderência do creme nas paredes vaginais e, portanto, sua ação. 

 

Como aplicar o creme vaginal: veja o passo-a-passo

 

Passo 1) Encaixe a bisnaga do creme ou pomada no bico do aplicador (que normalmente acompanha o medicamento);

 

Passo 2) Aperte gentilmente a bisnaga para que seu conteúdo seja transferido para o aplicador, que deve permanecer na vertical para evitar vazamentos;

 

Passo 3) Certifique-se de preencher o aplicador até a dosagem indicada pelo(a) ginecologista ou fabricante;

 

Passo 4) Encontre uma posição confortável para a aplicação. Lembrando que você deve estar com as pernas abertas para inserir o aplicador;

 

Passo 5) Após o banho, introduza delicadamente o aplicador no canal vaginal e, em seguida, pressione o êmbolo do aplicador para despejar o creme dentro da vagina. Você pode fazer isso com uma mão e, com a outra, separar os lábios vaginais para facilitar o processo;

 

Passo 6) Remova o aplicador vazio da vagina e jogue-o fora. Caso o aplicador seja reutilizável, é importante lavar bem e deixar secar antes de usá-lo novamente;

 

Dica: para não correr o risco de sujar a calcinha com possíveis vazamentos, você pode utilizar um protetor diário.

 

Pode usar creme vaginal menstruada?

 

Sim, o creme vaginal pode ser usado durante a menstruação. No entanto, o ideal é iniciar o tratamento com o creme vaginal fora do período menstrual, pois a umidade e o sangue menstrual podem acabar comprometendo a ação do medicamento. 

 

Caso a menstruação desça no meio do tratamento com o creme ou pomada vaginal, o uso do medicamento não deve ser interrompido. Continue utilizando o creme vaginal durante todo o tempo indicado pelo(a) ginecologista, que pode variar entre poucos dias até algumas semanas.

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Cravos no nariz: saiba como os pontinhos pretos aparecem na sua pele e como se livrar deles
    Sabe aqueles pontinhos escuros que vez ou outra surgem na nossa pele? Eles são chamados d..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Aprenda 5 truques de maquiagem que vão levantar sua autoestima!
    Sabe aqueles dias que você não acorda muito satisfeita com o espelho? Ou quando você es..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Confira 4 dicas para ter unhas fortes e saudáveis!
    Ter unhas bonitas não é uma tarefa tão simples como parece, né? Mas com cuidado a gent..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Vai sair com um boy novo? Veja 8 dicas para um encontro perfeito!
    Pode ser aquela pessoa que pega o mesmo transporte que você todos os dias ou o garoto da ..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >