Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Corrimento branco, leitoso e com mau cheiro: o que pode ser?

Corrimento branco, leitoso e com mau cheiro: o que pode ser?

Corrimento branco, leitoso e com mau cheiro geralmente são sintomas da vaginose bacteriana, uma infecção vaginal muito comum que é provocada pelo crescimento excessivo de bactérias na flora vaginal, o que gera um desequilíbrio e ocasiona os sintomas citados. A vaginose não é considerada uma DST (doença sexualmente transmissível), já que as bactérias estão presentes na flora da vagina. Porém, a transmissão também pode ocorrer durante a penetração no sexo. Conversamos com a ginecologista Paula Bortolai Martins Araújo para entender como essa infecção genital acontece e a quais são as melhores opções de tratamento.

 

Veja também: Higiene íntima para evitar corrimentos: veja dicas de como fazer

 

Veja quais são os sintomas da vaginose bacteriana:

 

A Gardnerella é um microrganismo que normalmente está presente na flora vaginal, mas em equilíbrio. A vaginose ocorre quando há um desequilíbrio da flora, favorecendo a proliferação do agente. Isso pode ocorrer por causa do uso de antibióticos, em situações de estresse, na realização de duchas vaginais e em doenças crônicas sistêmicas descompensadas, como o diabetes. A infecção genital geralmente não manifesta inflamação na região íntima, por isso, o reconhecimento dos seus sintomas requer maior atenção da mulher com a região íntima para serem identificados rapidamente. Os sinais comuns são: 

 

  • Corrimento branco e leitoso;
  • Odor;
  • Coceira;
  • Ardência. 

 

Como a vaginose é diagnosticada? 

 

Ao observar sintomas como corrimento branco, coceira e ardência na região íntima, recomenda-se procurar um ginecologista para uma avaliação. De acordo com a médica, a principal forma de diagnóstico é o exame clínico com a visualização do corrimento associado aos sintomas relatados pela paciente. Também é possível diagnosticar a presença dessas bactérias por meio do exame laboratorial de cultura da secreção vaginal, testes imunológicos e através do exame preventivo, que toda mulher sexualmente ativa deve fazer anualmente.
 

Quais são as opções de tratamento?
 

O tratamento para vaginose é feito com antibiótico por via oral ou tópico, com uso de um creme vaginal. Ambos devem ser utilizados durante 7 dias e precisam ser receitados e indicados pelo ginecologista. Nesse processo, recomenda-se evitar o uso de roupas que apertem e abafem a região da vulva. O ideal é dar preferência por saias, vestidos e calças de tecidos leves para não impedir a circulação de ar. Além disso, a camisinha em toda relação sexual é indispensável para prevenir uma nova contaminação da vaginose ou de doenças sexualmente transmissíveis.  

 

Como evitar que a vaginose retorne depois do tratamento?
 

De acordo com a ginecologista, por ser uma doença causada por uma bactéria que está presente na flora vaginal e pode entrar em desequilíbrio, a melhor forma de prevenção é manter uma boa higiene íntima no banho, encontrar mecanismos que reduzam o estresse diário e usar preservativo em todas as relações sexuais. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Paula Bortolai Martins Araujo, Ginecologista-obstetra do IPGO – Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia
CRM: 127.101

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento com mau cheiro: o que pode estar acontecendo com sua saúde íntima?
    Corrimento com mau cheiro: o que pode estar acontecendo com sua saúde íntima?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Estou com um corrimento esverdeado: o que pode ser?
    Estou com um corrimento esverdeado: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento transparente com sangue: o que pode ser?
    Corrimento transparente com sangue: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento com mau cheiro: saiba quais doenças ginecológicas podem causar esses sintomas
    Corrimento com mau cheiro: saiba quais doenças ginecológicas podem causar esses sintomas
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Estou com corrimento branco. O que pode ser?
    Estou com corrimento branco. O que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento com mau cheiro: sintomas, principais causas e como tratar
    Corrimento com mau cheiro: sintomas, principais causas e como tratar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento amarelo esverdeado: o que pode ser?
    Corrimento amarelo esverdeado: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mau cheiro na virilha e região íntima da mulher o que pode ser e como tratar?
    Mau cheiro na virilha e região íntima da mulher o que pode ser e como tratar?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Menstruei muito pouco comparado a outros meses. O que pode ser?
    Menstruei muito pouco comparado a outros meses. O que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Estou com um corrimento marrom: o que pode ser e como devo tratar?
    Estou com um corrimento marrom: o que pode ser e como devo tratar?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    CAREFREE® pode ser seu aliado da higiene íntima no Carnaval: veja como usar!
    Fantasia ok, maquiagem ok, o glitter está ok, unhas coloridas ok! Agora só falta checar...
    CAREFREE® pode ser seu aliado da higiene íntima no Carnaval: veja como usar!
  • VOCÊ SABIA?
    Descubra qual atividade física pode te ajudar a amenizar os sintomas da menstruação
    Aliviar os sintomas da menstruação e da TPM é um desejo de toda mulher. Uma ótima dica...
    Descubra qual atividade física pode te ajudar a amenizar os sintomas da menstruação
  • SE CUIDA!
    Candidíase é transmissível? Ginecologista tira dúvidas sobre a infecção vaginal
    A candidíase é uma infecção vaginal muito comum na vida das mulheres. O problema é...
    Candidíase é transmissível? Ginecologista tira dúvidas sobre a infecção vaginal
  • VOCÊ SABIA?
    10 músicas boas para dançar e afastar a irritabilidade da TPM
    Tem dias que só uma playlist com músicas boas para dançar é capaz de fazer a gente...
    10 músicas boas para dançar e afastar a irritabilidade da TPM
  • VER TODAS >