Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Corrimento amarelo: o que pode ser?

Corrimento amarelo: o que pode ser?

Corrimento amarelo pode ser uma secreção vaginal fisiológica ou um indicativo para infecção vaginal. Quando ele aparece no tom de amarelo claro e sem nenhum outro sintoma, está associado a produção de muco cervical que costuma ser mais abundante durante a ovulação. No entanto, se ele for constante e, além da coloração amarelada, apresentar mau cheiro e você sente ardência ao urinar e coceira na vagina, podem ser um sinal de infecção vaginal causada pela proliferação de bactérias na região íntima ou Doenças Sexualmente Transmissíveis.

 

Em todo caso, o corrimento vaginal sempre deve ser avaliado por um ginecologista para diagnosticar a origem do problema e indicar o tratamento adequado para combater o agente causador. Conversamos com a ginecologista Carolina Ambrogini para saber quais problemas estão relacionados ao corrimento amarelo. 

 

 

Todo corrimento amarelo com mau cheiro pode estar relacionado à uma infecção vaginal

 

Depois de um dia inteiro usando a mesma calcinha, a secreção acumulada pode ficar um pouco amarelada, mas sem odor forte, no máximo o cheiro de suor. Esse tipo é o que chamamos de secreção fisiológica, porque ela é é considerada natural e pode variar em quantidade durante o ciclo menstrual. Porém, quando a secreção ganha textura mais espessa, além da coloração amarelada e odor fétido pode representar um corrimento causado por infecção vaginal. Segundo a ginecologista, o corrimento é sempre patológico: “Ele representa a presença de microorganismos que podem ou não pertencer à flora vaginal, mas está em desequilíbrio”, explica Carolina.

 

Corrimento amarelo pode ser um sintoma de infecção vaginal como candidíase e vaginose bacteriana


O corrimento amarelo é um dos principais sintomas da vaginose bacteriana, uma infecção causada pelo crescimento excessivo da bactéria Gardnerella Vaginalis na flora vaginal, causando desequilíbrio. Além da cor amarelada, o corrimento também apresenta um odor forte, semelhante a peixe podre, que fica mais intenso durante a menstruação. Isso porque nessa fase o pH da vagina está mais alcalino, aumentando a ação da bactéria na região íntima. Outros sintomas característicos são a ardência ao urinar e coceira vaginal. O tratamento para a vaginose bacteriana pode variar de acordo com a gravidade da infecção, mas normalmente o antibiótico é o medicamento escolhido pelos médicos.

 

A candidíase é outra infecção muito frequente entre as mulheres e acontece devido ao crescimento fungo Candida albicans no interior da vagina. Seu principal sintoma é o corrimento branco, mas em alguns casos, pode apresentar um tom mais puxado para o amarelo. Em ambas situações, o corrimento tem um aspecto grumoso (parecido com leite coalhado), com mau cheiro e pode causar coceira e ardência vaginal.  A candidíase é comum entre as mulheres que estão com o sistema imunológico mais enfraquecido ou após um tratamento longo com uso de antibiótico. O tratamento é feito com medicação antifúngica oral ou local, dependendo da indicação do médico. Além disso, outra maneira de tratar e prevenir a infecção é manter a região íntima bem higienizada e evitar o abafamento e umidade da área. 

 

Corrimento amarelo esverdeado com mau cheiro pode ser indicativo de DST

 

O corrimento amarelo esverdeado também é um indicativo de infecção na região íntima. A mais comum é a tricomoníase, uma Doença Sexualmente Transmissível causada pelo  protozoário Trichomonas vaginalis. A tricomoníase pode ser assintomática ou manifestar sintomas como corrimento amarelo esverdeado com mau cheiro,  ardência ao urinar e coceira genital, além de favorecer outras infecções como a uretrite, vaginite e cistite. O tratamento é feito com antibiótico oral e deve incluir não apenas a mulher, mas também seu(a) parceiro(a). Outras DSTs como gonorréia e clamídia também podem causar corrimento com tom amarelado-esverdeado. 


 

Saiba como evitar corrimento amarelo claro ou esverdeado 

 

Muitas vezes as infecções vaginais estão ligadas à alterações provocadas por hábitos da nossa rotina. Por isso, é importante fazer uma higiene íntima correta, com uso de sabonete íntimo neutro que não altere o pH natural da vagina. Além disso, a higienização deve ser feita apenas na parte externa da região íntima, ou seja, apenas na vulva. Sendo assim, o uso de duchas vaginais e chuveirinho é indispensável. Aliás, esses objetos provocam o desequilíbrio na flora vaginal, tornando a área íntima mais propensa a infecções. Confira outras recomendações para se prevenir das infecções vaginais: 

 

Evitar o abafamento da região íntima; 

Usar calcinhas de algodão ao invés de peças com tecido sintético; 

Não permanecer com o biquíni e maiô molhados por muito tempo; 

Optar por roupas mais largas, como saia e vestidos, principalmente nos dias mais quentes; 

Não usar perfumes ou produtos com aromas na região íntima. Eles alteram o pH da vagina e podem provocar alergias e irritações; 

Usar camisinha em todas as relações sexuais; 

Não ficar mais de 4 horas com o mesmo absorvente, seja ele interno ou externo;

Ir regularmente ao ginecologista. 

 

Este artigo teve a contribuição do especialista:
Dra. Carolina Ambrogini - Ginecologista
CRM: 102706-SP

 

Matéria atualizada em: 09 de junho de 2020

Arroba_OB

Symantic Display

  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento amarelo esverdeado: o que pode ser?
    Corrimento amarelo esverdeado: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento branco, leitoso e com mau cheiro: o que pode ser?
    Corrimento branco, leitoso e com mau cheiro: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento branco com mau cheiro: o que pode ser?
    Corrimento branco com mau cheiro: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Cólica e corrimento marrom: o que pode ser?
    Cólica e corrimento marrom: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Corrimento marrom escuro: o que pode ser? Conheça as possíveis causas
    Corrimento marrom escuro: o que pode ser? Conheça as possíveis causas
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento rosado: o que pode ser?
    Corrimento rosado: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento transparente com sangue: o que pode ser?
    Corrimento transparente com sangue: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento após relação sexual: o que pode ser?
    Corrimento após relação sexual: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Estou com um corrimento esverdeado: o que pode ser?
    Estou com um corrimento esverdeado: o que pode ser?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Corrimento branco: o que pode ser? Veja possíveis causas e tratamentos
    Corrimento branco: o que pode ser? Veja possíveis causas e tratamentos
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Bottom_OB_celebration

    tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

    semprelivre_bottom1_dance_new

  • PODEROSAS
    Viajada: 7 dicas para quem quer viajar sozinha nessas férias!
    A gente sabe que as mulheres estão cada vez mais independentes, inclusive na hora de viaj..
  • PODEROSAS
    Férias em casa: 5 dicas de livros de autoras fortes para curtir o tempo livre
    Em meio a tantos best-sellers com protagonistas homens, existe um universo de autoras mulh..
  • PODEROSAS
    10 segredos para você se sentir mais confiante sem mudar o visual
    Às vezes tudo o que a gente precisa para se achar mais confiante é inserir pequenos háb..
  • PODEROSAS
    Girl power! Listamos 9 filmes para assistir com mulheres empoderadas como protagonistas
    Uma das melhores formas de descontrair e buscar se empoderar é conhecendo e se inspirando..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Higiene íntima
    Higiene íntima feminina e prevenção de doenças infecciosas: o que você precisa saber
    A higiene íntima feminina é um cuidado indispensável para a saúde da mulher. Além de...
    Higiene íntima feminina e prevenção de doenças infecciosas: o que você precisa saber
  • Saúde da mulher
    INFOGRÁFICO: Sintomas da tpm x sintomas da gravidez
    Os dias que antecedem a chegada da menstruação podem causar um pouco de ansiedade para...
    INFOGRÁFICO: Sintomas da tpm x sintomas da gravidez
  • Menstruação
    Tipos de cólica menstrual: sintomas, como identificar e o que fazer para aliviar
    A cólica menstrual é um dos sintomas da menstruação mais comuns. Sua intensidade varia...
    Tipos de cólica menstrual: sintomas, como identificar e o que fazer para aliviar
  • SE CUIDA!
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
    A infecção urinária geralmente é causada pela entrada de bactérias que se proliferam no...
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
  • VER TODAS >