Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Como fazer a troca de anticoncepcional: saiba quais são os cuidados

Como fazer a troca de anticoncepcional: saiba quais são os cuidados

A pílula anticoncepcional é um método contraceptivo hormonal que previne a gravidez ao bloquear a ovulação e tornar o ambiente uterino inóspito para a implantação de um possível embrião fertilizado. Além destes mecanismos de prevenção, suas doses hormonais podem causar alguns efeitos colaterais, como enjoo, aumento da oleosidade da pele, retenção de líquido, maior incidência de escapes menstruais, entre outros. Tais sintomas costumam variar de acordo com a composição da pílula e, é claro, do organismo de cada mulher. Por isso, a troca de anticoncepcional tende a ser a melhor opção para contornar estes e outros incômodos associados ao método.

 

Veja também: A mudança no anticoncepcional pode causar irregularidades na menstruação?

 

Se você quer saber como trocar de anticoncepcional, aqui é o seu lugar! Conversamos com o ginecologista Alexandre Pupo Nogueira para entender quais são os cuidados necessários para fazer essa troca de pílula anticoncepcional de forma segura e eficaz. Confira:

 

Quanto tempo esperar para mudar de anticoncepcional?

 

Segundo o especialista, não existe uma regra em relação a isso. Porém, o ideal é insistir por, pelo menos, três cartelas da pílula antes de concluir que aquele medicamento realmente não funciona para você. “Isso para dar tempo de entender como o corpo se relaciona com aquele anticoncepcional. Se ao fim de três cartelas a paciente permanecer muito incomodada com os efeitos colaterais, nós fazemos a mudança”, indica o profissional. 

 

Veja também: Como tomar anticoncepcional: um guia com tudo o que você precisa saber

 

Quando começar a tomar o anticoncepcional novo?

 

O recomendado é dar início à cartela do anticoncepcional novo no primeiro dia do sangramento conhecido como menstruação. Lembrando que este sangramento não representa o período menstrual propriamente dito e é apenas um reflexo da ausência de hormônios no corpo da mulher (por isso, mulheres que usam o anticoncepcional tendem a ficar “menstruadas” no intervalo entre uma cartela e outra). 

 

“Se você estiver usando uma pílula anticoncepcional e interromper essa cartela, em média de 2 a 5 dias após vai vir um sangramento. No primeiro dia desse sangramento, inicia-se a nova cartela. Essa seria a maneira mais segura de fazer essa troca de anticoncepcional”, orienta o ginecologista.

 

Veja também: Comecei a tomar pílula anticoncepcional e não menstruei durante a pausa. É normal?

 

A troca do anticoncepcional pode alterar minha menstruação?

 

É normal notar alterações no padrão menstrual logo após trocar de pílula anticoncepcional. “As pílulas têm diversas dosagens e diversas composições diferentes, principalmente, no que se refere ao tipo de progestágeno (tipo de progesterona colocado na pílula) e quantidade de estrogênio. Então, isso muda um pouquinho o padrão de menstruação”, esclarece o doutor Alexandre Pupo Nogueira. 

 

“Quanto menos estrogênio tiver a pílula, maior será a probabilidade de escapes e menor será o fluxo menstrual na interrupção (ou seja, na pausa entre uma cartela e outra). Isso acontece porque há uma atrofia tão intensa no endométrio [camada interna do útero] que a mulher começa a ter pequenos sangramentos causados pelo rompimento dos vasos sanguíneos da região”, acrescenta. 

 

Portanto, não se assuste ao observar mudanças na intensidade do fluxo ou até mesmo na duração da menstruação após fazer a troca do anticoncepcional. Este efeito é esperado e não costuma representar problemas de saúde. 

 

O que faz perder o efeito do anticoncepcional?

 

De acordo com o ginecologista, a principal causa de perda de efeito de anticoncepcional é o uso inadequado ou errado da pílula. “É aquela paciente que esquece de usar ou toma em horários indefinidos (um dia de manhã, outro dia à noite, por exemplo)”, explica. “A pílula anticoncepcional, de preferência, deve ser tomada sempre no mesmo horário do dia e não deve ser esquecida sob hipótese nenhuma”, adiciona. 

 

Veja também: Qual é o melhor horário para tomar a pílula anticoncepcional?

 

Em casos de esquecimentos, consulte a bula do medicamento ou entre em contato com o(a) seu(a) médico(a). Geralmente, se o atraso é inferior a 12 horas, a mulher pode recuperar o prejuízo ao ingerir a pílula assim que lembrar. Havendo um atraso superior a 12 horas, o indicado é tomar dois comprimidos de uma vez (dentro do horário habitual no dia seguinte).  

 

“Além disso, existem medicações, em especial, alguns tipos de antibióticos que podem interferir no efeito do anticoncepcional, quebrando o seu efeito e liberando o ovário para funcionar”, alerta o especialista. “Sempre que for iniciar um tratamento com alguma medicação por período prolongado de tempo é interessante que se discuta com o médico se aquela medicação interfere na ação da pílula anticoncepcional e, se sim, usar outro método como o preservativo”, aconselha. 

 

Veja também: É verdade que antibióticos podem cortar o efeito do anticoncepcional?

 

Troquei de anticoncepcional, quanto tempo demora pra fazer efeito?

 

Afinal, após a troca, quando o anticoncepcional começa a fazer efeito? “Se a mulher iniciar a pílula anticoncepcional no período menstrual e fizer o uso adequado da cartela desde o início [sem esquecimentos ou atrasos], ela já estará protegida a partir da primeira cartela”, orienta o especialista. “Se o início do uso do anticoncepcional não bater com o início da menstruação, nesse cenário, provavelmente, a primeira cartela não vai ser o suficiente para bloquear a produção de óvulo pelo ovário”, destaca.

 

De qualquer forma, se você está se perguntando se a troca de anticoncepcional pode engravidar, a recomendação do médico é a seguinte: use camisinha neste primeiro mês. “Um conselho que eu costumo passar às minhas pacientes é que, nesta troca, na primeira cartela, ela associe a pílula ao uso de preservativo para garantir que nada de errado aconteça. Mesmo que, em teoria, fazendo a troca dessa maneira, ela esteja segura só usando a pílula, sem a necessidade da camisinha”, finaliza. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Alexandre Pupo Nogueira - ginecologista e obstetra membro do corpo clínico do Hospital Albert Einstein, é também mastologista e Membro Titular do Núcleo de Mastologia do Hospital Sírio Libanês

CRM-SP: 84.414

semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
    O adesivo anticoncepcional ou patch anticoncepcional é um método contraceptivo hormonal...
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
    Embora boa parte das mulheres já saiba para que serve a pomada vaginal, ainda existem...
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
  • Menstruação
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
    A primeira menstruação (nome científico: menarca) marca o fim da puberdade e o início da...
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
  • SE CUIDA!
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
    A ultrassonografia transvaginal (ou ultrassom transvaginal) é um exame de imagem usado...
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
  • VER TODAS >