Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Como acabar com corrimento: confira 12 dicas de uma ginecologista

Como acabar com corrimento: confira 12 dicas de uma ginecologista

O corrimento vaginal é uma secreção espessa com coloração amarela ou esverdeada originada por tipos de infecções vaginais. Diferente da secreção transparente e fisiológica que aumenta no período fértil, o corrimento com mau cheiro surge acompanhado de outros sintomas como odor desagradável, coceira e ardência ao urinar. Portanto, esse corrimento precisa ser avaliado por um ginecologista e tratado com o medicamento adequado. A ginecologista e obstetra Lívia Migowski esclarece quando o corrimento não é considerado normal e explica o que é necessário fazer para acabar com o corrimento.

 

 

Veja também: Corrimento vaginal: a cor pode dizer muito sobre ele. Entenda!

 

Como acabar com corrimento: higiene íntima adequada e roupas frescas estão entre as principais dicas

 

Para acabar com o corrimento é preciso observar hábitos da sua rotina que aumentam a umidade íntima e podem desregular a flora vaginal. “Alguns hábitos podem ser adotados, como usar calcinha de algodão, evitar roupas apertadas, dormir com roupas largas. Evitar ficar com biquíni molhado também é uma medida”, aconselha a médica. 

 

Pensando nisso, preparamos uma lista com dicas que vão te ajudar a manter distância de infecções que podem provocar o corrimento vaginal, como a candidíase e a tricomoníase. Confira:

 

1) Mantenha a região íntima sempre seca: ambientes úmidos aumentam a chance de proliferação excessiva de bactérias e fungos. Por isso, após o banho, seque bem toda a área íntima e suas dobras.
 

2) Faça a higiene íntima com a frequência adequada: a ausência ou o excesso de limpeza na região íntima podem alterar o pH vaginal e favorecer a multiplicação de microorganismos prejudiciais à saúde. Fazer a limpeza no banho 2 vezes ao dia é mais que suficiente.
 

3) Evite o uso da ducha vaginal: a região interna da vagina possui propriedades autolimpantes e, portanto, não precisa ser higienizada internamente. Além disso, recorrer ao objeto pode desregular a flora vaginal.
 

4) Dê preferência a calcinhas de algodão: calcinhas de tecidos sintéticos podem abafar a região, tornando o local úmido e mais suscetível a infecções. Opte por calcinhas de algodão, que permitam a circulação de ar na área.
 

5) Evite usar calças apertadas: assim como as calcinhas de tecidos sintéticos, calças justas, especialmente jeans, aumentam a transpiração na região íntima e abafam, favorecendo a multiplicação de bactérias.
 

6) Durma com roupas largas: na hora de dormir, deixa a região íntima respirar e invista em roupas larguinhas. Dormir sem calcinha também é uma boa medida recomendada por ginecologistas.
 

7) Não fique com o biquíni ou maiô molhado por muito tempo: ao sair da piscina ou do mar, evite ficar com a roupa de banho molhada secando no corpo. A umidade na vagina tende a tornar o ambiente mais propício a fungos e bactérias.
 

8) Não deixe a calcinha secando no box: algumas mulheres preferem lavar as calcinhas durante o próprio banho. Desde que a limpeza seja feita com um produto apropriado, o hábito não oferece grandes riscos. Porém, nada de deixar a calcinha pendurada secando no box! O ambiente úmido favorece a proliferação de bactérias e fungos.
 

9) Não faça sexo sem camisinha: usar preservativo em todas as relações sexuais é fundamental para evitar DST’s e infecções que podem provocar o corrimento e outros sintomas mais graves.
 

10) Utilize um sabonete íntimo líquido: o sabonete utilizado para lavar a área externa do órgão genital no banho deve ser específico para a região íntima. Desta forma, você não corre riscos de alterar o pH da vagina. Também o prefira sabonete íntimo líquido, já que o sabão em barra geralmente é compartilhado com outras pessoas da casa e também pode ser um agente transmissor de bactérias.
 

11) Evite desodorante vaginal e outros cosméticos com perfume: produtos íntimos com perfume podem desequilibrar a flora vaginal e ainda causar alergias e irritações na vagina.
 

12) Não fique muito tempo com o mesmo absorvente: tanto o absorvente interno quanto o externo devem ser trocados com regularidade. Essa frequência vai depender do fluxo menstrual da mulher, que pode variar para cada uma. Porém, recomenda-se a troca a cada 3 horas. 

 

Saiba como identificar um corrimento vaginal causado por infecção
 

Para identificar o corrimento patológico, recomenda-se que a mulher observe as características padrão de sua secreção vaginal natural, que não deve ter cheiro ou coloração específica. Qualquer alteração nestes aspectos pode ser considerada um sinal de alerta. Segundo a Dra. Lívia, corrimentos associados a infecções e doenças ginecológicas “podem ser esverdeados e amarelados”. Além disso, o episódio costuma estar relacionado a outros sintomas, como ardência e coceira na região íntima, incômodo ao praticar relações sexuais e dor vaginal e pélvica. 

 

“Algumas doenças que podem levar ao corrimento vaginal patológico são: candidíase, vaginose bacteriana, tricomoníase e cervicite. Sendo essas duas últimas sexualmente transmissíveis”, adverte a profissional. Por isso, o tratamento para o corrimento vai depender da doença ou infecção em questão. Geralmente, a abordagem dos(as) médicos(as) costuma ser a prescrição de antibióticos ou antifúngicos, que podem ser em comprimidos via oral ou em forma de cremes e pomadas genitais. De acordo com a Dr. Livia, “nenhum tratamento caseiro é recomendado”. Por isso, ao notar o aparecimento de um ou mais sintomas como os descritos acima, procure o(a) seu(a) ginecologista!

 

“Lembrando que o corrimento fisiológico (secreção transparente e sem odor) não demanda tratamento. É muito importante que a mulher com corrimento procure atendimento médico porque somente após o exame físico conseguimos tratar corretamente”, acrescenta. 
 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Livia Migowski, ginecologista e obstetra da Perinatal
CRM: 52.90682-4

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Como fazer a depilação íntima corretamente para ir à praia. Confira dicas de uma ginecologista!
    Como fazer a depilação íntima corretamente para ir à praia. Confira dicas de uma ginecologista!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Como recuperar uma amizade desfeita? Confira dicas para voltar a falar com a sua amiga
    Como recuperar uma amizade desfeita? Confira dicas para voltar a falar com a sua amiga
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Sabia que seus absorventes precisam de um cuidado especial? Confira algumas dicas de como guardar e preservar o produto!
    Sabia que seus absorventes precisam de um cuidado especial? Confira algumas dicas de como guardar e preservar o produto!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Não é o fim do mundo! Confira 6 dicas de como lidar com o término do primeiro namoro
    Não é o fim do mundo! Confira 6 dicas de como lidar com o término do primeiro namoro
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Dança, corrida, yoga: confira dicas para escolher uma atividade física que combine com o seu estilo de vida
    Dança, corrida, yoga: confira dicas para escolher uma atividade física que combine com o seu estilo de vida
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Chapéu está de volta! Confira dicas de como combinar e os modelos
    Chapéu está de volta! Confira dicas de como combinar e os modelos
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Lingerie não é para esconder: confira dicas de como usar sutiã à mostra no look de forma estilosa!
    Lingerie não é para esconder: confira dicas de como usar sutiã à mostra no look de forma estilosa!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Endometriose pode levar à infertilidade. Ginecologista fala em que faixa etária ela costuma dar sinais e como diagnosticar a doença
    Endometriose pode levar à infertilidade. Ginecologista fala em que faixa etária ela costuma dar sinais e como diagnosticar a doença
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Pegar sol durante a menstruação faz mal? Livre-se desse mito e confira dicas de como se cuidar no verão
    Pegar sol durante a menstruação faz mal? Livre-se desse mito e confira dicas de como se cuidar no verão
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    Tendência no Instagram: como criar um feed em tons rosados? Confira dicas de quem entende do assunto
    Tendência no Instagram: como criar um feed em tons rosados? Confira dicas de quem entende do assunto
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • PODEROSAS
    Viajada: 7 dicas para quem quer viajar sozinha nessas férias!
    A gente sabe que as mulheres estão cada vez mais independentes, inclusive na hora de viaj..
  • PODEROSAS
    Férias em casa: 5 dicas de livros de autoras fortes para curtir o tempo livre
    Em meio a tantos best-sellers com protagonistas homens, existe um universo de autoras mulh..
  • PODEROSAS
    10 segredos para você se sentir mais confiante sem mudar o visual
    Às vezes tudo o que a gente precisa para se achar mais confiante é inserir pequenos háb..
  • PODEROSAS
    Girl power! Listamos 9 filmes para assistir com mulheres empoderadas como protagonistas
    Uma das melhores formas de descontrair e buscar se empoderar é conhecendo e se inspirando..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Higiene íntima
    Higiene íntima feminina e prevenção de doenças infecciosas: o que você precisa saber
    A higiene íntima feminina é um cuidado indispensável para a saúde da mulher. Além de...
    Higiene íntima feminina e prevenção de doenças infecciosas: o que você precisa saber
  • Saúde da mulher
    INFOGRÁFICO: Sintomas da tpm x sintomas da gravidez
    Os dias que antecedem a chegada da menstruação podem causar um pouco de ansiedade para...
    INFOGRÁFICO: Sintomas da tpm x sintomas da gravidez
  • Menstruação
    Tipos de cólica menstrual: sintomas, como identificar e o que fazer para aliviar
    A cólica menstrual é um dos sintomas da menstruação mais comuns. Sua intensidade varia...
    Tipos de cólica menstrual: sintomas, como identificar e o que fazer para aliviar
  • SE CUIDA!
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
    A infecção urinária geralmente é causada pela entrada de bactérias que se proliferam no...
    10 sintomas de infecção urinária para ficar atenta e procurar um médico
  • VER TODAS >