Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Colocando DIU pela primeira vez? Tudo o que você precisa saber sobre esse dispositivo

Colocando DIU pela primeira vez? Tudo o que você precisa saber sobre esse dispositivo

Está pensando em escolher o DIU como método contraceptivo? Antes da decisão é importante que você saiba tudo sobre o dispositivo intrauterino. Para começar, ele é um pequeno objeto inserido no útero da mulher para impedir a passagem do espermatozoide e, consequentemente, prevenir a gravidez. O contraceptivo pode ser encontrado em duas versões: de cobre (sem hormônio) e de progesterona (hormonal), sendo o não-hormonal mais popular entre as mulheres. O método é considerado eficiente pelos médicos e possui muitas vantagens. Veja quais são!

 

Vantagens e desvantagens do DIU

 

Entre as inúmeras vantagens, o ginecologista Gustavo Pereira destaca a longa duração do método, que pode ser, em média, 10 anos para o DIU não-hormonal e 5 para o hormonal. É importante verificar as especificações contidas na embalagem do DIU utilizado. “O DIU de cobre, por não ter hormônio, não apresenta os riscos e efeitos colaterais do uso de hormônios, a fertilidade retorna imediatamente após sua retirada e ele pode ser inserido imediatamente após o parto”, diz o médico.

 

Sobre o DIU hormonal, ele recomenda como opção para mulheres que querem diminuir o fluxo menstrual, pois ele tende a levar o ciclo à amenorréia (ausência de menstruação). “Pode ser usado no tratamento de metrorragia (menstruação excessiva) e dismenorréia (menstruação dolorosa)”, acrescenta o especialista.

 

Outras vantagens do método intrauterino:

 

  • Alta eficácia anticoncepcional;

  • Não interfere nas relações sexuais;

  • Não interfere na amamentação;

  • Não diminui o apetite sexual nem o prazer;

  • Pode ser usado até a menopausa;

  • Não interage com outra medicação;

  • Pode prevenir a gravidez ectópica (fora do útero).

 

Como o DIU é inserido no útero?

 

Segundo a ginecologista Fernanda Mauro, o procedimento de inserção do dispositivo no útero da mulher é bem simples: “A paciente fica na mesma posição da coleta do preventivo e é introduzido o espéculo vaginal (bico de pato)”, diz, acrescentando também que alguns médicos optam por realizar um anestesia local no colo do útero. Primeiro é feita a medição do tamanho do útero e depois introduzido o DIU. O procedimento pode ser feito no consultório ou internada sob sedação.  

 

Sobre a dor durante o procedimento, a médica diz que é relativa para cada paciente, mas pode ser comparada à cólica menstrual. “O uso de anti-inflamatórios ou analgésicos podem trazer um maior conforto para a paciente. Além disso, se o procedimento for realizado no período menstrual, momento em que o colo do útero está mais dilatado, pode facilitar”, acrescenta.

 

Quando o DIU começa a fazer efeito?

 

Os dois tipos de DIU possuem a ação mecânica de prevenir a gestação, logo, seu funcionamento começa a partir da introdução. No entanto, a ginecologista explica que alguns médicos preferem aguardar 15 dias ou o primeiro ciclo menstrual para avaliar a adaptação do corpo da mulher com o DIU e ter certeza que ele manteve a posição correta. O DIU de progesterona também tem a ação hormonal trazendo outra forma de proteção contra gestação.

 

Há risco do meu corpo não se adaptar e expulsar o DIU?

 

Para a médica, o risco de rejeição é baixo, mas existe. “A expulsão do DIU costuma ser acompanhada por cólica intensa e prolongada. Mas vale lembrar que após o procedimento a cólica é um sintoma normal e costuma melhorar com uso de medicação”, esclarece.

 

Vou precisar fazer manutenção? Quando devo trocar o dispositivo?

 

A manutenção do contraceptivo é a verificação da posição do dispositivo intrauterino. A primeira costuma ser feita após o primeiro ciclo menstrual e depois a cada 6 meses nas consultas de rotina com o ginecologista. Quanto à duração, o DIU hormonal deve ser trocado a cada 5 anos e o DIU de cobre a cada 10 anos.

 

Vou sentir o DIU durante a relação sexual? Pode espetar?

 

De acordo com a médica, não é comum sentir o DIU durante a relação sexual. “O dispositivo fica dentro do útero e um fio de segurança se estende até o colo do útero, ficando uma pequena parte (mais ou menos 1,5 cm) na vagina”, diz. Caso sinta espetar, procure seu ginecologista! Normalmente basta diminuir a parte que se encontra na vagina para não ter mais esse desconforto.

 

Este artigo tem a contribuição dos especialistas:
 

Dra. Fernanda Mauro - Ginecologista e Obstetra da Perinatal
CRM: 52-995185

 

Dr. Gustavo de Paula Pereira - Ginecologista
CRM: 119970 - SP

Arroba_OB

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Vai fazer preventivo pela primeira vez? 4 coisas que você precisa saber sobre o exame
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Primeira vez comprando absorvente? Tudo que você precisa saber sobre o item
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Menarca: tudo o que você precisa saber sobre a primeira menstruação
  • Menstruação
    Menstruação
    Menstruação de um jeito descomplicado: tudo o que você precisa saber sobre o sangramento
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Endometriose: 5 coisas que você precisa saber sobre esse distúrbio
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Anticoncepcional adesivo: tudo o que você precisa saber sobre o método contraceptivo
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Vai dividir um apê com o namorado? Tudo o que você precisa saber sobre essa experiência antes de se mudar!
  • PRIMEIRA VEZ
    PRIMEIRA VEZ
    Primeiro namoro: tudo o que você precisa saber para a relação ser incrível
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Mega hair: tudo o que você precisa saber antes de investir no alongamento de cabelo
  • Menstruação
    Menstruação
    5 curiosidades que você precisa saber sobre a TPM
  • Bottom_OB_celebration

    tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

    semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    Posso entrar na água de absorvente interno? Consultamos uma ginecologista para saber!
    Você não precisa deixar de aproveitar seu dia de sol porque está menstruada. A solução da...
  • SE CUIDA!
    Com que frequência você troca o sutiã? Veja cuidados importantes durante o verão para evitar alergias e ressecamento de pele
    Para muitas meninas, o sutiã é uma peça de uso diário. Por mais discreto que seja, ele é...
  • Menstruação
    SEMPRE LIVRE® Adapt Plus se adapta ao seu corpo e te deixa mais segura e confortável na menstruação
    Já se foi o tempo em que a menstruação era vista como algo negativo na vida das mulheres...
  • PODEROSAS
    5 frases de mulheres extraordinárias para inspirar um pouco o seu dia
    Empoderamento feminino, autoestima, sororidade... Esses são alguns dos termos mais...
  • VER TODAS >