Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Cólica menstrual forte: o que pode ser, o que fazer e como aliviar

Cólica menstrual forte: o que pode ser, o que fazer e como aliviar

A cólica menstrual é bastante comum entre as mulheres. Geralmente, esse desconforto aparece um pouco antes da menstruação e tende a desaparecer até o fim do período menstrual. Embora seja mais recorrente no abdômen, a dor também pode acometer outras partes do corpo, como a região lombar e pernas. Quando a dor pélvica se torna mais intensa e demora muito a passar, atrapalhando as atividades diárias da mulher, recomenda-se uma investigação aprofundada do quadro. A cólica muito forte pode ser indicativo de diversas condições, incluindo a endometriose e miomas uterinos.

 

Veja também: 5 mitos e verdades sobre cólica menstrual

 

Conversamos com a ginecologista Lívia Migowski para entender o que pode ser a cólica forte e quais são as possíveis formas de tratamento. Tire todas as suas dúvidas a seguir!

 

A cólica menstrual forte é considerada anormal quando se torna mais intensa e duradoura 

 

A cólica menstrual costuma ser classificada em dois tipos: dismenorreia primária (desconforto causado pela própria menstruação) e dismenorreia secundária (dor associada a algum problema de saúde). Em circunstâncias normais, a cólica menstrual costuma ser provocada pelo excesso de prostaglandinas no organismo. Essas substâncias estimulam as contrações do útero, a fim de possibilitar a descamação e eliminação do endométrio (tecido que reveste as paredes intrauterinas) em forma de sangramento menstrual. 

 

Ao observar alterações no padrão da cólica menstrual, como maior intensidade ou duração prolongada, é necessário procurar uma avaliação médica. “A cólica diferente da habitual, mais intensa e mais duradoura, fala a favor de alguma doença ginecológica que merece investigação”, orienta a doutora Lívia. Nestas circunstâncias, é possível que a dor caracterize uma dismenorreia secundária, que é quando a cólica muito forte compromete as atividades cotidianas e está relacionada a alterações do sistema reprodutivo como miomas, endometriose e pólipos endometriais. Portanto, é necessário um tratamento adequado. Dito isto, o ideal é estar sempre atenta a mudanças bruscas nas características das cólicas menstruais. 

 

Veja também: Tipos de cólica: saiba quando o sintoma não tem a ver com o ciclo menstrual

 

Cólica menstrual forte ou dismenorreia secundária: endometriose e miomas uterinos estão entre as possíveis causas

 

“Excluída a cólica menstrual normal, a causa patológica mais comum de cólica menstrual [muito intensa] é a endometriose, uma doença que pode atingir entre 10% a 15% das mulheres [no geral] e até 40% das mulheres com dificuldade de engravidar”, alerta a profissional. A endometriose é uma doença ocasionada pelo crescimento indevido do endométrio fora da cavidade uterina. Além da cólica muito forte e a dificuldade para engravidar, outros sintomas da endometriose incluem incômodo ao praticar relações sexuais, sangramento menstrual excessivo, fadiga e exaustão. Mulheres que sofrem com a endometriose ainda podem observar o aparecimento da cólica sem estar menstruada. 

 

Segundo a doutora Lívia, adenomiose (quando o tecido endometrial cresce na parede uterina) e miomas uterinas também podem ter manifestações como a cólica menstrual intensa. Ao notar o aumento da dor, indica-se procurar um(a) ginecologista. A cólica depois da menstruação, em especial, é um fator que merece atenção. O(a) especialista poderá fazer um diagnóstico certeiro da origem do problema e, a partir disso, iniciar o tratamento indicado. 

 

Tratamento para a cólica menstrual forte vai depender da origem do problema

 

Afinal, o que é bom para cólica menstrual? No caso da dismenorréia primária (dor natural provocada pela própria menstruação), a mulher pode recorrer a algumas alternativas para aliviar o incômodo. “A cólica forte pode ser aliviada com compressa de água morna, antinflamatórios e analgésicos”, recomenda a especialista. 

 

Entretanto, caso a dor tenha origem patológica (dismenorreia secundária), como a cólica fora do período menstrual, o tratamento deve ser direcionado para o problema em questão. “A causa exata da dor deve ser investigada”, esclarece. A endometriose, por exemplo, costuma ser tratada com o uso de medicamentos hormonais e, em situações mais graves, até mesmo com cirurgias. 

 

Veja também: Tratamento para endometriose: porque é importante ficar atenta

 

Cólica forte e menstruação atrasada é sinal de gravidez?

 

Mulheres com a vida sexual ativa, especialmente as que não usam nenhum tipo de método contraceptivo (como a camisinha ou a pílula anticoncepcional, por exemplo), podem ter suspeitas de gravidez ao notar a cólica menstrual forte acompanhada do atraso da menstruação. De fato, a gestação é uma possível justificativa para o quadro. 

 

Sendo assim, recomenda-se fazer um teste de gravidez de farmácia ou um exame de sangue realizado em hospitais para verificar os níveis do hormônio HCG no organismo. Essa substância é altamente produzida no início da gestação e é um dos principais indicativos de que a mulher está grávida. Também vale observar a presença de outros sintomas característicos dos primeiros meses de gravidez, como: sensibilidade mamária, cansaço, enjôos, aparecimento de manchas (melasma) no rosto e escurecimento das aréolas. 

 

De acordo com a doutora Lívia, ainda existem outras explicações para o atraso menstrual em conjunto com a cólica forte. Como, por exemplo, obstruções no trato genital feminino. Por essa razão, é imprescindível confirmar ou descartar a gravidez através de exames para dar continuidade ao diagnóstico. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Dra. Livia Migowski, ginecologista e obstetra da Perinatal

CRM: 52.90682-4

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • Menstruação
    Menstruação
    Sabia que uma posição para dormir pode ajudar a aliviar cólica menstrual? Saiba qual é!
    Sabia que uma posição para dormir pode ajudar a aliviar cólica menstrual? Saiba qual é!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Cólica menstrual: o que é, tipos, causas e como aliviar
    Cólica menstrual: o que é, tipos, causas e como aliviar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Chás para cólica menstrual: 12 tipos que podem aliviar o desconforto
    Chás para cólica menstrual: 12 tipos que podem aliviar o desconforto
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Cólicas fortes: causas, como aliviar e o que fazer para tratar
    Cólicas fortes: causas, como aliviar e o que fazer para tratar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Tabela de menstruação: o que é, como fazer e cacular o ciclo menstrual
    Tabela de menstruação: o que é, como fazer e cacular o ciclo menstrual
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Existe uma posição para aliviar cólicas menstruais? Saiba o que fazer
    Existe uma posição para aliviar cólicas menstruais? Saiba o que fazer
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Fluxo menstrual intenso é um problema de saúde? Saiba como identificar e o que fazer nesse caso!
    Fluxo menstrual intenso é um problema de saúde? Saiba como identificar e o que fazer nesse caso!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Inchaço corporal durante a menstruação: veja o que você pode fazer para aliviar os sintomas
    Inchaço corporal durante a menstruação: veja o que você pode fazer para aliviar os sintomas
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Que tal mudar o visual? Cabelo cresce e você pode ajudar alguém. Saiba como fazer doações de cabelo
    Que tal mudar o visual? Cabelo cresce e você pode ajudar alguém. Saiba como fazer doações de cabelo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Fazer natação menstruada: é possível? Dicas que podem facilitar a atividade física no período menstrual
    Fazer natação menstruada: é possível? Dicas que podem facilitar a atividade física no período menstrual
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Cravos no nariz: saiba como os pontinhos pretos aparecem na sua pele e como se livrar deles
    Sabe aqueles pontinhos escuros que vez ou outra surgem na nossa pele? Eles são chamados d..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Aprenda 5 truques de maquiagem que vão levantar sua autoestima!
    Sabe aqueles dias que você não acorda muito satisfeita com o espelho? Ou quando você es..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Confira 4 dicas para ter unhas fortes e saudáveis!
    Ter unhas bonitas não é uma tarefa tão simples como parece, né? Mas com cuidado a gent..
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Vai sair com um boy novo? Veja 8 dicas para um encontro perfeito!
    Pode ser aquela pessoa que pega o mesmo transporte que você todos os dias ou o garoto da ..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    Sempre Livre com cobertura suave ou seca, qual devo escolher?
    O absorvente externo SEMPRE LIVRE® é um verdadeiro companheiro das mulheres durante a...
    Sempre Livre com cobertura suave ou seca, qual devo escolher?
  • SE CUIDA!
    Carefree TodoDia Flexi: conheça o protetor diário que se ajusta a todos os tipos de calcinha
    CAREFREE® TodoDia Flexi é um protetor diário respirável fino, flexível e com formato que...
    Carefree TodoDia Flexi: conheça o protetor diário que se ajusta a todos os tipos de calcinha
  • Menstruação
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
    Ao notar a menstruação com mau cheiro, o ideal é buscar uma avaliação médica para...
    Menstruação com mau cheiro forte: o que pode ser?
  • Saúde da mulher
    Ginecologista responde 3 dúvidas frequentes sobre escape menstrual
    O escape menstrual, também conhecido como spotting, é caracterizado por um pequeno...
    Ginecologista responde 3 dúvidas frequentes sobre escape menstrual
  • VER TODAS >