Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Coceira no clitóris é normal? Saiba se isso pode ser um sinal de infecção

Coceira no clitóris é normal? Saiba se isso pode ser um sinal de infecção

Estar atenta aos sinais do corpo é uma boa forma de manutenção da saúde, especialmente na região íntima. Já sentiu uma coceira no clitóris e na vulva? Aparentemente pode ser um desconforto sem importância, que aparece de vez em quando, mas, por outro lado, quando aparece insistentemente também pode ser um sintoma de infecção vulvar. Saiba mais!

 

A região do clitóris (e de toda a vulva) é um ambiente propício para vários tipos de infecções. De acordo com a ginecologista Lara Somma, a coceira é uma manifestação clínica de inúmeras doenças vulvares ou sistêmicas de difícil diagnóstico. “O clima tropical associado à condições locais de umidade, falta de arejamento vulvar, uso de material sintético em roupas justas fazem da vulva uma sede frequente de doenças”, diz.

 

Além da coceira, vermelhidão e irritação no clitóris podem ser sinais de candidíase?

 

Segundo a médica, sintomas como coceira, vermelhidão e irritação local podem ser sinal de candidíase, uma infecção causada por fungos, que podem se proliferar por diversos motivos. Entre eles, más condições de higiene, excesso de doces, aumento dos níveis de estrogênio, roupas apertadas, entre outros.

 

Por outro lado, a profissional não descarta que podem representar problemas mais grave como líquen, dermatite, eczema vulvar, infecções vulvares (herpes, vaginose) e verminoses, por exemplo. Por isso, ao perceber os sintomas, o ideal é procurar o seu ginecologista de confiança para realizar exames e indicar o tratamento adequado para o seu diagnóstico.

 

Como tratar a coceira?

 

A especialista explica que o tratamento é individualizado e, dependendo da origem, são necessários longos períodos para percepção de melhora ou a resolução definitiva. O mais importante é adotar medidas educativas como higiene correta da região vulvar, usar sabonete líquido neutro para a área íntima, evitar calças justas, calcinhas de tecidos sintéticos (dê preferência pelo algodão) e uso de biquínis por longos períodos, por conta da umidade que favorece a proliferação de fungos.

 

De acordo com a médica, durante o tratamento ou investigação dos sintomas também é bom evitar tomate, álcool, alimentos com ácido ascórbico, chocolate, cafeína, adoçantes e temperos artificiais.

 

Dra. Lara Somma, ginecologista e obstetra da Perinatal.
CRM: 52-809730

bottom1_batom_Carefree

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Saúde da mulher
    SOP: sintomas e tratamentos da síndrome que atinge as mulheres
    A Síndrome do Ovário Policístico é uma disfunção hormonal que leva ao crescimento de...
    SOP: sintomas e tratamentos da síndrome que atinge as mulheres
  • SE CUIDA!
    5 tipos de depilação feminina: prós e contras de cada método
    A depilação íntima faz parte da vida de muitas mulheres. Para isso, é possível encontrar...
    5 tipos de depilação feminina: prós e contras de cada método
  • SE CUIDA!
    Corrimento ou lubrificação feminina? Saiba diferenciar as secreções vaginais
    Muitas pessoas ficam em dúvida sobre qual a diferença entre corrimento e secreção vaginal...
    Corrimento ou lubrificação feminina? Saiba diferenciar as secreções vaginais
  • SE CUIDA!
    Tabelinha: por que o método é falho e outras opções de anticoncepcionais com mais eficácia
    A tabelinha é um método contraceptivo natural baseado na análise do ciclo menstrual....
    Tabelinha: por que o método é falho e outras opções de anticoncepcionais com mais eficácia
  • VER TODAS >