Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Ciclo menstrual: o que é, como funciona, quando começa, fases e características

Ciclo menstrual: o que é, como funciona, quando começa, fases e características

Descobrir o que é ciclo menstrual e entender seu funcionamento é uma ótima forma de conhecer o seu corpo. Conhecendo suas etapas, sintomas e necessidades, fica mais fácil compreender e calcular em que período do ciclo reprodutivo você está e quando será sua próxima menstruação. Outra vantagem é que, além de te manter informada, seu conhecimento cíclico pode auxiliar também na higiene íntima, já que existe um produto íntimo para cada fase, como o protetor diário respirável, o protetor para sangramentos leves, o absorvente regular e o absorvente interno.

 

Veja também: Como calcular o ciclo menstrual: infográfico mostra em 4 passos simples

 

Dito isto, para entender melhor o que é ciclo menstrual e como identificar suas características, confira a seguir! 

 

O que é ciclo menstrual?

 

O ciclo menstrual significa um conjunto de alterações no corpo feminino que ocorrem em mulheres em idade reprodutiva (férteis, após a menstruação) com o objetivo de gerar uma gravidez. Para isso, o ciclo menstrual é regulado pelo sistema endócrino e recebe estímulos hormonais da progesterona e do estrogênio principalmente, dois importantes hormônios sexuais. 

 

O evento cíclico da mulher é dividido em três fases pelos ginecologistas: folicular, ovulatória e lútea. Veja, a seguir, o que acontece em cada uma!

 

Fases do ciclo menstrual: folicular, ovulação e lútea

 

O ciclo menstrual inicia no primeiro dia da menstruação, portanto, o período menstrual é considerado a primeira etapa, conhecida como fase folicular. Em seguida, vem a ovulação (acompanhada do período fértil) e a fase lútea, terceira e última etapa reprodutiva. Cada um desses momentos do mês age de uma forma diferente no corpo da mulher e provoca alterações específicas. 

 

1) Fase folicular é marcada pela menstruação e pela preparação do óvulo

 

A fase folicular dura aproximadamente 14 dias (em um ciclo menstrual regular) e é marcada por dois momentos diferentes: a menstruação, que representa a descamação do endométrio na ausência de gravidez e dura, em média, 7 dias, e a preparação do óvulo que, quando ficar maduro, será liberado pelo ovário durante a ovulação (próxima fase do ciclo). 

 

Se o tempo de duração do período menstrual for maior ou menor do que esta estimativa de 7 dias, consequentemente, a duração da fase folicular também irá oscilar. O aconselhável é observar as características do seu padrão menstrual para saber exatamente como lidar com estes dias do mês. 

 

Veja também: Como acontece a menstruação? Fizemos um infográfico para explicar. Veja!

 

A boa notícia é que, passada a menstruação, já na segunda parte da fase folicular, quando o corpo está recebendo estímulos do hormônio estrogênio e preparando o óvulo para a ovulação, os sintomas desagradáveis tendem a desaparecer e dar lugar a alterações benéficas, como bem-estar, pele e cabelo viçosos e libido cada vez maior. Aí sim, né?!

 

2) Ovulação é determinada pela liberação de um óvulo maduro e vem acompanhada do período fértil

 

A ovulação funciona como uma espécie de passagem entre a primeira e terceira fases do ciclo menstrual. Isso porque o período ovulatório se inicia logo após a fase folicular e, diferente das outras etapas do ciclo, é bastante rapidinho (durando apenas um dia). É na ovulação que o óvulo que vinha sendo preparado desde a fase folicular se desenvolve por completo e é liberado pelo ovário em direção às tubas uterinas. 

 

Este comportamento possibilita o encontro da célula reprodutora feminina com o espermatozóide do homem e, consequentemente, viabiliza a gravidez. É por isso que a ovulação sempre vem acompanhada do período fértil (ou seja, aqueles dias em que a mulher tem mais chances de engravidar). 

 

No entanto, vale ressaltar um detalhe: embora sejam ligados, a ovulação e o período fértil não são a mesma coisa. O óvulo da mulher vive apenas 24 horas, mas, o espermatozóide pode sobreviver por até 5 dias e, por isso, o período fértil começa 5 dias antes da ovulação e se estende até 1 dia após a mesma. 

 

Para calcular a ovulação e o período fértil, é preciso considerar a duração do seu ciclo menstrual. Geralmente, o período ovulatório se inicia por volta do 14º dia (em um ciclo menstrual normal de 28 dias). Mas, dependendo da regularidade do seu ciclo, esta previsão pode variar. Apostar em aplicativo de ciclo menstrual ou calendário menstrual ajuda bastante a registrar os momentos do ciclo e prever a chegada da ovulação. 

 

Além disso, também é importante prestar atenção nos sintomas desta etapa do mês. As principais alterações fisiológicas associadas à ovulação são o aumento da libido, elevação da TCB (Temperatura Corporal Basal), aumento do muco cervical (que se torna mais espesso e elástico para facilitar a mobilidade do espermatozóide no sistema reprodutivo feminino) e, às vezes, uma leve cólica e um pequeno sangramento vaginal (conhecido como sangramento de ovulação). 

 

Veja também: Como saber se estou ovulando? Conheça os principais sinais!

 

3) Fase lútea é caracterizada, principalmente, pelos famigerados sintomas da TPM 

 

Por último, mas não menos importante, temos a fase lútea! Nesta etapa, que tem duração fixa de 14 dias, o folículo que continha o óvulo liberado passa a se chamar corpo lúteo (ou corpo amarelo) e, esta estrutura, então, estimula a produção dos hormônios progesterona e estrogênio. 

 

Essas alterações hormonais no organismo feminino, por sua vez, são as grandes responsáveis pelos sintomas da TPM (Tensão Pré-Menstrual), incluindo variações de humor, maior oleosidade na pele e cabelo, aparecimento de acne (cravos e espinhas), retenção de líquido, sensibilidade mamária, cólica menstrual, entre outros. 

 

Quando o óvulo que foi exposto durante a ovulação é fertilizado pelo espermatozóide e consegue se implantar no endométrio (camada que reveste as paredes internas do útero), acontece a gravidez. Mas, se o óvulo não for fecundado durante o período fértil, este corpo lúteo se desfaz e os níveis de progesterona e estrogênio passam a cair. Com isso, o tecido endometrial se descama e é expelido pela vagina em forma de sangue menstrual. Ou seja, a mulher fica menstruada e um novo ciclo menstrual se inicia. 

 

Entendeu agora o que acontece com o seu corpo todos os meses? Agora sim você está preparada para o que der e vier. :)

 

Veja também: Tipos de TPM: conheça as diferentes classificações da Tensão Pré-Menstrual

 

Como calcular o ciclo menstrual?

 

Para calcular a duração do ciclo menstrual, é simples: basta registrar o 1ª dia da menstruação (que, no caso, é o 1ª dia do ciclo) e contar os dias até o início do próximo período menstrual. 

 

Esse controle é mais fácil em mulheres com o ciclo menstrual regular, mas, também pode ser feito por quem sofre com a irregularidade no ciclo. Nestas circunstâncias, o ideal é anotar a duração do ciclo durante três meses e, após ter estes dados em mãos, criar uma média entre os três resultados.

 

Por exemplo, se os seus últimos três ciclos duraram 28, 30 e 31 dias, a conta seria essa: 28 + 30 + 32 = 90 / 3 = 30. Portanto, a média de duração do seu ciclo seria de 30 dias. 

 

Veja também: Como contar o ciclo menstrual: guia prático para entender

 

Ciclo menstrual pode ser regular ou irregular. Entenda essas características!

 

A duração do ciclo menstrual pode variar entre 21 e 35 dias, tendo 28 dias como média regular. Nestes casos, o ciclo é considerado regular. Mas, se o ciclo for inferior ou superior a essa estimativa (ou seja, menor que 21 dias ou maior que 35 dias), considera-se um ciclo menstrual irregular.

 

Um ciclo menstrual curto (inferior a 21 dias) pode ser normal e não oferecer nenhum risco à saúde, desde que seja uma característica natural, ou seja, represente o padrão menstrual daquela mulher. Se, por outro lado, um ciclo que era normal começar a encurtar com o tempo, é aconselhável buscar uma avaliação médica para descartar (ou diagnosticar) possíveis complicações.

 

O produto de higiene íntima adequado para cada fase do seu ciclo menstrual 

 

Durante a menstruação, escolher um absorvente apropriado para a sua rotina e, principalmente, para a intensidade do seu fluxo menstrual é fundamental. Fora do período menstrual, o protetor de calcinha se faz útil para absorver a umidade e secreções naturais para manter a região íntima sempre seca e arejada, além de evitar que pequenos sangramentos do início ou finalzinho da menstruação vazem na sua peça íntima. Veja quando usar cada um:

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SEMPRE LIVRE (@semprelivrebr) em

 

Nos dias anteriores a menstruação... 

 

Antes do fluxo menstrual de fato chegar, podem surgir pequenos sangramentos na calcinha dando indicios de que a menstruação está vindo. Nesse caso, você pode usar o CAREFREE® Proteção, que tem uma película protetora capaz de reter pequenos fluxos e sangramentos leves como o primeiro e último dia da menstruação, quando o fluxo costuma sair bem fraquinho, além de reter também o escape menstrual comum a muitas mulheres e o sangramento de ovulação.

 

Na menstruação...
 

Para o período menstrual, SEMPRE LIVRE® tem o modelo de absorvente adequado para a necessidade de cada mulher. Mulheres com o fluxo menstrual leve a moderado encontram no SEMPRE LIVRE® Adapt Plus um grande aliado durante a menstruação. O item, que está disponível em versões com cobertura seca e suave, é anatômico e seguro e absorve até 5x mais por até 8 horas. Já o SEMPRE LIVRE® Adapt Plus Noite e Dia é o mais indicado para quem tem fluxo intenso ou muito intenso e menstruação prolongada, porque oferece proteção por até 10 horas de uso.

 

Há ainda a opção do absorvente interno, que também protege e garante toda a tranquilidade necessária durante o período menstrual. O.B.® é fácil de usar, se adapta ao contorno do seu corpo e oferece máxima proteção. O produto pode ser encontrado em três tamanhos:  mini, médio ou super e deve ser escolhido de acordo com a intensidade do seu fluxo menstrual. 

 

No dia a dia e no período fértil... 

 

Para reter a secreção vaginal natural que provoca uma certa umidade na calcinha, tanto no período fértil quanto nos outros dias do mês em que você não está menstruada, vale apostar no uso do protetor diário respirável. O CAREFREE® TodoDia é feito de um material respirável e ajuda a absorver a umidade da região íntima, neutralizando ainda possíveis odores. 

 

Com os itens adequados, você estará livre para viver o seu ciclo sem medo de imprevistos!

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Menstruação
    Corrimento marrom depois da menstruação com cólicas pode ser gravidez?
    O corrimento marrom depois da menstruação com cólicas pode ser considerado normal....
    Corrimento marrom depois da menstruação com cólicas pode ser gravidez?
  • SE CUIDA!
    Enquete: Você usa protetor diário?
    Conte para o Só Delas se você usa o protetor diário todos os dias!
    Enquete: Você usa protetor diário?
  • SE CUIDA!
    5 coisas que toda mulher precisa saber sobre pílula do dia seguinte
    Muitas já ouviram falar, mas entender como a pílula do dia seguinte funciona é...
    5 coisas que toda mulher precisa saber sobre pílula do dia seguinte
  • SE CUIDA!
    Como tratar infecção urinária? Ginecologista explica como prevenir e tratar a doença
    A infecção urinária acontece quando bactérias invadem o trato urinário e se multiplicam...
    Como tratar infecção urinária? Ginecologista explica como prevenir e tratar a doença
  • VER TODAS >