Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Candidíase vaginal: causa, sintomas, tratamento do corrimento e como evitar infecções

Candidíase vaginal: causa, sintomas, tratamento do corrimento e como evitar infecções

A candidíase vaginal é uma infecção que tem como principal sintoma o corrimento esbranquiçado e espesso. A coceira na vagina e na vulva e ardor ao urinar também são incômodos que acompanham esse problema. Ela é causada pelo crescimento excessivo do fungo Candida, que geralmente acontece quando estamos com imunidade baixa, uso de antibióticos, entre outros fatores. O problema pode aparecer em homens e mulheres e tem tratamento.

 

Como saber se estou com candidíase?

 

Se você não sabe muito bem como identificar a candidíase, fique atenta aos sinais que sua região íntima te dá. Você vê um corrimento branco na calcinha com frequência? Sente muita coceira na vulva? E uma ardência ao fazer xixi? Esses são os sintomas clássicos da doença infecciosa. Vermelhidão, inchaço na região íntima e desconforto durante a penetração sexual também podem acontecer.

 

A candidíase apresenta riscos para a saúde?

 

Apesar de ser uma condição clínica de fácil solução, segundo a médica, a candidíase pode ser um facilitador para outras infecções vaginais e DSTs. “Em pacientes imunodeprimidos, pode facilitar a disseminação da infecção fúngica e outras”, diz. Por isso, o tratamento é fundamental para descartar complicações futuras.

 

O que pode provocar candidíase e como evitar?

 

É muito comum que a candidíase se manifeste quando seu sistema imunológico está enfraquecido ou durante um tratamento com antibióticos. Durante a gravidez também pode acontecer proliferação deste fungo, provocando os sintomas que citamos acima. Além disso, pessoas com diabetes, AIDS e HPV também estão mais suscetíveis à infecção.

 

A candidíase também pode estar associada aos cuidados íntimos diários feitos incorretamente, por isso, veja algumas dicas:

 

- É importante higienizar a vulva com sabonete líquido íntimo no banho;

- Evitar o uso do chuveirinho para higienizar a região;

- Evitar calça jeans muito apertada (abafando a região) a semana toda;

- Evitar biquíni molhado durante muitas horas.

 

Como é feito o tratamento para candidíase vaginal?

 

Para a ginecologista, o melhor tratamento para candidíase é a mudanças de hábitos, como as dicas que sugerimos anteriormente. “O tratamento com medicamento também é eficaz, mas se não ocorrer mudança nos hábitos o processo pode ser recorrente”, afirma. Desta forma, a especialista recomenda manter a vagina o mais arejada possível: “Usar lingerie de algodão, evitar roupas apertadas e calça jeans, secar bem a região após o banho e evitar duchas vaginas internas (pois tiram a lubrificação vaginal protetora)”, diz.

 

O tratamento medicamentoso da candidíase pode ser feito via oral com os imidazólicos (fluconazol, clotrimazol, itraconazol) ou com pomadas vaginais com base de nistatina ou imidazólicos. Para alívio mais rápido dos sintomas, a médica afirma que podem ser realizados banhos de assento diariamente e, em casos recorrentes, deve-se suspeitar de espécies resistentes e ser colhida uma cultura vaginal para identificação do agente e realização do antibiograma.

 

Este conteúdo tem a contribuição da especialista:
Dra. Paula Bortolai Martins Araujo, Ginecologista-obstetra do IPGO – Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia.
CRM: 127.101

Bottom_OB_celebration

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >