Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Candidíase atrasa a menstruação?

Candidíase atrasa a menstruação?

Muitas mulheres têm dúvidas se a candidíase atrasa a menstruação. A infecção fúngica, quando acomete a região íntima feminina, é marcada por sintomas como vermelhidão, coceira na vagina e presença de corrimento branco espesso. Contudo, em alguns casos, quem sofre deste tipo de infecção vaginal, ou está em tratamento, pode ficar com a menstruação atrasada e, por isso, acredita-se que a condição seja responsável pelo atraso. Para esclarecer essa e outras dúvidas sobre a relação entre candidíase vaginal e ciclo menstrual, nós conversamos com a Dra. Rafaela Batisti.

 

 

Candidíase pode atrasar menstruação? Infecção não provoca alterações no menstrual

 

De acordo com a Dra. Rafaela, a candidíase sozinha não causa o atraso menstrual, pois sua ação interfere apenas no ambiente natural da vagina e não nas funções fisiológicas do organismo. “A candidíase não provoca alterações hormonais, ou seja, ela não altera o ciclo menstrual. Entretanto, é comum ela aparecer nos dias que antecedem a menstruação”, explica a médica. Por esse motivo, podemos dizer que existe uma relação entre candidíase e menstruação, mas ela não tem a ver com o atraso na descida do fluxo.

 

Segundo a ginecologista, os dias que antecedem a chegada do fluxo criam na vagina o ambiente perfeito para a proliferação do Candida Albicans, fungo responsável pelo quadro da candidíase. “A candidíase comumente aparece no período pré menstrual devido a ser uma fase do ciclo no qual apresentamos naturalmente alteração de humor, aumento da umidade vaginal e redução da nossa imunidade”, comenta. Esses fatores levam ao desequilíbrio do pH vaginal e, consequentemente, o enfraquecimento de microorganismos responsáveis pelas defesas naturais da vagina, os chamados lactobacilos. 

 

Mas o que explica os casos de mulheres com candidíase e atraso menstrual simultâneos? Apenas coincidência. A infecção fúngica costuma estar associada a baixa imunidade, que por sua vez, pode provocar alterações no ciclo menstrual. Logo, a menstruação atrasada não é um reflexo da candidíase em si, mas de desequilíbrios no sistema imunológico da mulher.  

 

 

Pode usar pomada para candidíase menstruada?

 

Quem está no período menstrual não pode usar pomada para tratamento da candidíase. O sangramento acaba retirando o medicamento e compromete a eficácia da terapia. Por essa razão, os médicos sugerem que a mulher aguarde a menstruação terminar para usar o creme vaginal para candidíase. Caso o fluxo menstrual desça quando o tratamento já estiver em andamento, o aconselhado é suspender o uso da medicação e retornar apenas quando a menstruação acabar. “Os sintomas no geral melhoram no período menstrual”, afirma a Dra. Rafaela. 

 

A melhor alternativa para conciliar o tratamento da candidíase com a menstruação é fazer uso de medicação oral. Converse com o ginecologista para que o profissional possa indicar o método mais adequado com a sua necessidade.

 

 

 Efeitos colaterais da candidíase a longo prazo

 

Apesar de não oferecer riscos para a saúde da mulher, a candidíase vaginal precisa ser tratada de forma adequada. A Dra. Rafaela comenta que, a longo prazo, os episódios repetidos de candidíase podem levar a irritação local com fissuras e infecções secundárias. “Assim como disúria (sensação de ardência e dificuldade para urinar) e prejuízo na vida sexual feminina”, completa.

 

Para saber como acabar com a candidíase rápido, o primeiro passo é consultar um ginecologista. Somente um profissional saberá indicar qual a terapia mais adequada para o seu caso. As opções de tratamento caseiro para candidíase só devem ser realizadas sob a orientação médica. 

 

Além do tratamento, é importante saber como se prevenir da candidíase.  Evite o uso de calças apertadas e passar muito tempo com roupa íntima molhada. O abafamento e a umidade favorecem a proliferação de fungos na região genital. Outro cuidado importante é usar apenas sabonete íntimo líquido para higienizar a região íntima. Outros produtos podem causar desequilíbrio no pH vaginal e aumentar ainda mais as chances da candidíase. 

 

A candidíase pode ser transmitida através da relação sexual. Veja formas de prevenção e tratamento

 

 

Este artigo tem a contribuição da especialista:

Dra Rafaela Batisti, ginecologista e obstetra da Perinatal

CRM RJ 52-109.017-8

 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Saúde da mulher
    SOP: sintomas e tratamentos da síndrome que atinge as mulheres
    A Síndrome do Ovário Policístico é uma disfunção hormonal que leva ao crescimento de...
    SOP: sintomas e tratamentos da síndrome que atinge as mulheres
  • SE CUIDA!
    5 tipos de depilação feminina: prós e contras de cada método
    A depilação íntima faz parte da vida de muitas mulheres. Para isso, é possível encontrar...
    5 tipos de depilação feminina: prós e contras de cada método
  • SE CUIDA!
    Corrimento ou lubrificação feminina? Saiba diferenciar as secreções vaginais
    Muitas pessoas ficam em dúvida sobre qual a diferença entre corrimento e secreção vaginal...
    Corrimento ou lubrificação feminina? Saiba diferenciar as secreções vaginais
  • SE CUIDA!
    Tabelinha: por que o método é falho e outras opções de anticoncepcionais com mais eficácia
    A tabelinha é um método contraceptivo natural baseado na análise do ciclo menstrual....
    Tabelinha: por que o método é falho e outras opções de anticoncepcionais com mais eficácia
  • VER TODAS >